Tradição milenar, o banho ganhou uma série de preparos especiais ao longo do tempo

Ritual é cercado de mitos e verdades e vai muito além da higiene corporal

Que tal se render a este pequeno luxo?
Que tal se render a este pequeno luxo? Foto: Case Studios, Divulgação

Que o banho limpa o corpo e lava a alma todo mundo sabe. O que muita gente desconhece são as diversas formas nas quais ele pode ser preparado. Os spas, estabelecimentos especializados em tratamentos voltados para a saúde e beleza, oferecem uma série de banhos especiais com ingredientes para lá de exóticos. Mas se você é do tipo que não troca o aconchego da sua banheira por nada, é possível usar ingredientes encontrados na cozinha e no banheiro nesse momento relaxante e saudável.

Em lugares do mundo inteiro, o banho é considerado um ritual religioso ou esotérico, uma celebração de momentos importantes ou mesmo um tratamento de saúde. No Japão, por exemplo, trata-se de uma cerimônia diária. As casas têm sala de banho ? onde as pessoas se limpam antes de entrar na água e usam bacias, canecas, esponjas e chuveiro manual. Geralmente, substâncias aromatizantes, revigorantes, simbólicas e medicinais são acrescentadas à água para tornar o momento mais relaxante.

Os primeiros registros do ato individual de se banhar vêm do antigo Egito, por volta de 3000 a.C. Segundo a história, os egípcios realizavam rituais sagrados na água e os dedicavam aos deuses da fertilidade e do conhecimento. Para os gregos antigos, o banho era o momento de invocar a proteção da esposa de Zeus, Hera, considerada deusa do matrimônio e da honra aos compromissos.

Mil e um benefícios

Seja na banheira ou no chuveiro, os benefícios de um bom banho para a saúde são muitos. Segundo a especialista em banhos e aromaterapeuta Sylvia de Seganttini, o ato pode contribuir para o bem-estar diário, evitando o estresse, eliminando dores e tensões, melhorando o sono e revigorando, além ? é claro ? de cuidar da aparência da pele.

Entre as diferentes formas de banho, os preparados com frutas, com algas marinhas e com leite são famosos nos spas e prometem relaxamento instantâneo. De acordo com a especialista, que presta consultoria para empresas do ramo, tanto optar por águas termais ricas em minerais quanto acrescentar produtos cosméticos ? sais, ervas e óleos essenciais ? são boas opções para que um banho tenha bons resultados. Mas, segundo Sylvia, a temperatura é a alma do negócio.

? Na banheira, o ideal é a temperatura próxima à do corpo, a 36ºC, 37ºC no verão, com um tempo maior de imersão. Para pessoas que não têm problemas de saúde, o banho pode ser mais quente no inverno, o que alivia as dores comuns no fim do dia ? explica.

Para os que preferem arriscar banhos mais quentes, é preciso controlar a temperatura rigorosamente. Segundo Sylvia, com a água a partir de 38ºC a 39ºC não se pode passar mais de 15 minutos dentro da banheira. O metabolismo do corpo é alterado rapidamente, podendo causar de pressão e, consequentes, tonturas e desmaios. Para melhorar a experiência, variar a temperatura entre quente e frio é uma boa pedida, desde que a pessoa tenha a saúde em perfeito estado. Além de ativar a circulação, o contraste dá firmeza à pele. No entanto, após o banho de chuveiro ou de banheira, são suficientes, no máximo, dois minutos de ducha fria.

? Banhos mornos na ducha proporcionam pele mais firme, e é o ideal para o dia a dia ? conclui.

Faça você mesmo
Usufruir de serviços de beleza profissional é sempre bom, mas se você é do tipo que prefere aproveitar o local e os produtos que têm à mão, não se preocupe. Sylvia de Seganttini garante que é possível transformar seu banheiro em uma verdadeira sala de banhos de spa. Segundo ela, ervas comestíveis encontradas na despensa de casa podem mudar completamente o aspecto do ritual.

? O manjericão, a melissa, a camomila, o hortelã, o alecrim e a sálvia são ótimos ingredientes. Para a banheira, é necessário um punhado de 200g a 400g para obter a ação dos princípios ativos ? ensina.

De acordo com a especialista, o sal grosso também é eficaz no preparo do banho. Além de evitar a queda da pressão, é excelente para aliviar dores corporais, eliminar o estresse e oxigenar a pele. O ideal é usá-lo apenas uma ou duas vezes por semana, já que, com frequência, pode causar a sensação de desvitalização.

Leia mais
>> Dicas para renovar o seu banheiro
>> Propostas customizadas para o banheiro
>> Banho de espuma: tipos de banheira
>> Espaços de banho para todos os gostos
>> Deixe o banheiro mais seguro para as crianças
>> Conheça o Pense Imóveis 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna