Transmitir o casamento pela internet vira moda

Ideia é levar a cerimônia e a festa ao vivo para quem não pode estar presente

Com alguns cuidados, dá até para perder peso para o dia do "sim"
Com alguns cuidados, dá até para perder peso para o dia do "sim" Foto: Divulgação, stock.xchng

As noivas que querem compartilhar o dia do casamento com os amigos que moram fora do país, a família que está em outro estado ou com aqueles convidados que não vão poder participar da festa por algum motivo vão gostar da novidade. Já é possível transmitir a cerimônia e a festa de casamento em tempo real pela internet. O preço do serviço é salgado: o pacote mais simples sai por R$ 3,5 mil, enquanto as filmagens mais elaboradas podem chegar a R$ 60 mil.

O produtor Leonardo Gazillo, diretor comercial da empresa Lindas Noivas/HBC International, um dos pioneiros neste mercado, costuma fazer a transmissão em tempo real de dois casamentos por mês. A união ganha ares de superprodução, já que a equipe envolvida no projeto é grande e inclui cinegrafistas, editores de imagem e até repórteres.

– Os custos variam de acordo com o local, o tamanho do espaço, a qualidade da internet na região, o número de câmeras usadas, a quantidade de pessoas que vão assistir à transmissão e se a noiva vai querer incluir também o dia da noiva, a arrumação do noivo e depoimentos de familiares – explica Gazillo.

O sistema para assistir o casamento é simples. Junto com o convite, os convidados recebem o endereço, um login e uma senha para poder acessar o link de casa. Dependendo da empresa, o vídeo da festa fica disponível na internet até um mês depois da cerimônia.

O fotógrafo Reynaldo Cavalcanti, sócio da Foto Studio Equipe, afirma que o serviço costuma atrair pessoas que têm parentes mais idosos ou no hospital. 

– Uma vez, uma noiva solicitou o serviço porque sua melhor amiga, que também seria sua madrinha, teve bebê dois dias antes da cerimônia. Ela não queria que a amiga ficasse sem ver seu casamento. Também já transmiti casamentos de noivas com amigos na China e no Iraque – revela Cavalcanti.

A transmissão via web pode mudar um pouco a preparação do casamento, por isso é ideal buscar o profissional adequado no mínimo seis meses antes do evento. Reynaldo Cavalcanti explica que os principais cuidados são com a maquiagem da noiva e com algumas cores ou tecidos que podem não ficar bem no vídeo.

– Como a transmissão é feita em alta definição, os detalhes aparecem muito mais. Por isso, recomendo sempre que a noiva faça a maquiagem a jato de alta definição, disponível nos melhores salões. Como a técnica é usada em televisão, ela esconde melhor as imperfeições.

A montagem do equipamento é rápida – dura até uma hora – mas o local deve ter internet banda larga (no mínimo dois megas), senão a transmissão não pode ser feita.

– No fim da festa, os convidados já podem assistir a um clipe com os melhores momentos do casamento e, algumas semanas depois, a noiva recebe o pacote completo com fotos e DVD em casa. O serviço ainda é pouco conhecido, mas sem dúvida é uma moda que veio para ficar – completa o fotógrafo.

Leia mais
Comente

Hot no Donna