Tudo para organizar seu casamento – parte II

Quanto mais ouro na fórmula, mais caro e luxuoso será o produto
Quanto mais ouro na fórmula, mais caro e luxuoso será o produto Foto: Divulgação, stock.xchng

Organizador ou cerimonialista

Se você puder contratar um profissional para a organização do evento, terá muito menos dor-de-cabeça. Esses consultores costumam conhecer fornecedores, ganhar descontos e, com a ajuda dele, o casal é capaz até de poupar. Os profissionais costumam ouvir os noivos, saber quanto eles pretendem gastar e fazer um orçamento. Com a aprovação, desenvolvem um projeto que chegam a contar até com croquis detalhando tudo, do cerimonial à decoração, passando pela comida e a identidade visual das peças gráficas. Vocês se reunirão muitas vezes da assinatura do contrato até o grande dia. São capazes até de virar amigos, tamanha a ajuda que esses anjos da guarda costumam dar.

Confirmação de presença

É uma necessidade hoje, enfatiza Joice Ribas, porque os noivos tomam todas as providências a partir do número de convidados. A sigla francesa R.S.V.P. (répondez s’il vous plait) continua sendo muito usada, mas você pode substituí-la por um simples “Favor confirmar presença pelo telefone…”. “É melhor do que ‘Sua presença já está confirmada, caso não vá, ligue…’, pois a pessoa que não vai sequer costuma lembrar de ligar”, diz a organizadora. Confirmar positivamente dá melhores resultados.

Reserve a data

Já ouviu falar no save the date? É uma ideia bacana, de europeus e norte-americanos, que, por meio de um cartão, informam os convidados sobre a data do casamento antes de enviarem o convite. A intenção é que os convidados reservem este dia para comparecer à festa, explica Gabrieli Chanas. A tradução no Brasil seria “guarde esta data”, “reserve a data” ou “reserve esta data”. Devem receber o cartão todos que forem formalmente chamados para a festa. O cartão deve ser mandado pelos Correios com a antecedência que você desejar (alguns dias antes de entregar o convite ou até oito meses antes). O cartão deve conter data, locais da cerimônia e da festa.

Lembrancinhas

Os bem-casados são apontados como a opção do momento. Os organizadores indicam lembrancinhas úteis, como as comestíveis, para que o mimo não pare na gaveta dos convidados. Portanto, um bem-casado numa embalagem bacana pode ser boa solução.

– Uma foto do convidado na festa também é interessante, mas hoje todos tiram suas próprias fotos com as suas câmeras nos casamentos. Também gosto de uma vela que ilumina o jantar e, depois, só troca a parafina e coloca em uma caixinha. Você pode usar um dizer do tipo ‘Para iluminar o seu jantar de hoje e os seus próximos dias’ –sugere Joice Ribas. Amêndoas, canecas e chinelos personalizados são outras opções, diz Denise Rocha. Os padrinhos também podem ganhar mimos especiais, pela ajuda que costumam dar na pré-festa, mas os presentes devem ser pequenos.

– Bombons colocados em uma caixa linda são uma boa opção – indicam Patrícia e Lisandra.

Convite

– O convite indica o tipo de cerimônia e a hora – salienta Joice Ribas. Pelo convite, o convidado deve saber até como se vestir para o evento.

– Uma boa medida é 20 x 16 cm até 20 x 26 cm. Não caia em formatos maiores – aconselha Claudia Matarazzo. Os tradicionais não saem nunca de moda e podem ou não ter a foto dos noivos. Se o casamento for descontraído, você pode sair do convencional, usando, por exemplo, caricaturas dos noivos. Hoje em dia, como muitos noivos bancam a própria festa, eles mesmos podem convidar (e não os seus pais). O papel merece atenção e deve ter uma gramatura mais incorpada. Joice sempre sugere que os noivos coloquem nome e sobrenome dos convidados no envelope dos convites. E se os convidados forem um casal, nome e sobrenome de ambos. Convites de padrinhos e pessoas muito chegadas devem ser entregues pessoalmente. Peça ajuda aos pais na entrega do convite dos amigos deles. Os de fora da cidade podem ser enviados pelos Correios, mas, neste caso, você deve colocar outro envelope por fora do envelope do convite.

Clipes

Se vocês decidirem apresentar um clipe, optem por um de pouco tempo e feito por profissionais que saibam “casar” áudio e vídeo para que o interesse do convidado não caia, indica Joice Ribas. Uma boa opção é deixar instalado um telão em que fiquem passando fotos do making of do casamento, por exemplo, enquanto isso, a festa vai rolando.

Filmagem

‘Não deixe que ele (o videomaker) se transforme no dono da cerimônia, atrapalhando as cenas mais bonitas e espontâneas do ritual’, escreve Gloria Kalil no seu Chic[érrimo] – Moda e Etiqueta em Novo Regime. Assista a algum registro feito pelo profissional e veja se é isso mesmo que você espera do resultado.

Livros, revistas, sites e blogs

A oferta de material é imensa. Na Internet, você pode bisbilhotar de tudo, mas para que não perca tanto tempo e para que não gaste tanta grana em livros e revistas, aqui vão algumas dicas do que há de interessante no mercado. Entre os livros, destaque para Casamento Sem Frescura, de Claudia Matarazzo. Ele traz orientações básicas em linguagem bem informal e acessível. Tem várias dicas interessantes, embora algumas não sirvam para a realidade local. Sim! Case do Seu Jeito, das experts no ramo Patrícia Broggi e Carla Leirner, mostra que é possível realizar cerimônia e festa de casamento impecáveis sem, necessariamente, prender-se a padrões tradicionais. Entre as revistas, Festa Viva e Decorando Casamentos trazem boas dicas de decoração, cardápio, tendências. Uma interessante cobertura dos casamentos estaduais está na Inesquecível Casamento. A Vogue Noivas, além dos vestidos incríveis, traz as dicas mais luxuosas sobre casamento. O Anuário Noivas, da Caras, também mostra a tendência em vestidos de noivas, traje de noivos e madrinhas e várias dicas sobre festa, lua-de-mel e lista de presentes, entre outros. Um dos sites mais bacanas sobre o assunto é o www.marthastewart.com/weddings. Em inglês, é um dos mais famosos por reunir dicas de quase tudo, decoração, convites, maquiagem, bolo etc. O blog Noiva.com, da Gabrieli Chanas, é bacana porque é feito por uma gaúcha bem-antenada no assunto, afinal, ela própria está de casamento marcado. Tem várias dicas sobre tudo o que se refere a preparativos de casamento. O da Constance Zahn, filha da Wanda Borges (a criadora de vestidos maravilhosos), é outro com dicas bem atuais.

Música

É melhor um bom som mecânico do que alguém maltratando o ouvido dos convidados. Joice diz que a música ao vivo é gostosa e valoriza uma festa se for tocada por um tempo determinado. Um DJ profissional oferece ao casal a oportunidade de discutir o que os noivos gostam e, principalmente, o que não gostam.

– Mas também é importante que os noivos deixem o DJ trabalhar, porque eles costumam saber tratar os convidados – aconselha a organizadora. Alguns sugerem dois DJs, em nome de uma maior variedade de estilos. Norberto diz que gosta de montar uma sala musical para recepcionar os convidados. Adereços e fantasias distribuídos entre os convidados ainda são esperados e levantam o astral da festa.

Mais dicas

– Há várias formas de jogar um buquê. Muitas noivas compram um segundo buquê para guardar o da Igreja ou presentear a mãe. Outras estão jogando um sapo de pelúcia, “que vira príncipe”, e outras jogam minibuquês com recadinhos engraçados

– O Mês das Noivas mudou, dizem os organizadores. Como maio também é Mês das Mães e as flores sobem bastante de preço, os meses da primavera e os primeiros meses do ano costumam ser os mais procurados atualmente pelos pombinhos

Voltar para a parte I do Guia

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna