Unicef diz que lavar as mãos com sabão salvaria milhões de vidas

Cerca de cinco mil mortes por dia poderiam ser evitadas

Estilo da festa pode variar de acordo com o gosto do casal
Estilo da festa pode variar de acordo com o gosto do casal Foto: Divulgação

Um fato tão simples como lavar as mãos com sabão antes de comer ou após ir ao banheiro reduziria à metade o número de mortes de crianças por diarréia, afirma o Fundo das Nações Unidos para a Infância (Unicef), que comemora hoje, dia 18, a primeira edição do Dia Mundial de Lavagem das Mãos.

Segundo esta entidade, 5 mil crianças com menos de cinco anos morrem a cada dia –1,7 milhão por ano – por causa de doenças diarréicas perfeitamente evitáveis.

A metade destas mortes poderia ser prevenidas com o simples procedimento de lavar as mãos com sabão nos momentos certos, disse a porta-voz do Unicef em Genebra, Veronique Taveau.

Lavar as mãos com sabão também pode reduzir a incidência de infecções respiratórias em 23% dos casos, entre elas a pneumonia, a primeira causa de morte de crianças com menos de cinco anos e que mata a cada ano 1,8 milhões pequeninos.

A entidade considera que lavar as mãos com sabão é “a intervenção mais efetiva e de menor custo” para evitar estas doenças. O Dia Mundial de Lavagem de Mãos será celebrado amanhã em mais de 60 países em desenvolvimento, sobretudo na Ásia e na África, com diferentes atividades.

– O que estamos lançando é uma verdadeira batalha em nível planetário – declarou Taveau, que destacou o fato de “os protagonistas serem crianças”. – São eles que vão ensinar os adultos, seus pais, que um gesto simples como lavar as mãos com sabão pode salvar milhões de vidas – acrescentou.

Em inúmeros países africanos, o Unicef organizou eventos em escolas, durante as aulas ou no intervalo entre elas, para mudar o comportamento e favorecer a lavagem das mãos antes das refeições e após ir ao banheiro. Esta prática é muito menos freqüente do que se pensa. No mundo todo, 34% são adeptos dela.

– Queremos que as atividades para ensinar esta prática sejam um momento lúdico, divertido e higiênico – declarou a porta-voz.

Leia mais
Comente

Hot no Donna