Uso incorreto de toucas causa prejuízos ao couro cabeludo

Térmicas, de lã ou as usadas na natação podem provocar caspas e queda de fios

Foto: Pena Filho

No inverno é comum o uso de toucas de lã e bonés para combater o frio e o sereno. Os acessórios protegem, mas também podem trazer complicações. O uso contínuo bloqueia a respiração do cabelo e prejudica o couro cabeludo. A touca ainda pode aumentar a oleosidade da área, facilitando o aparecimento de caspas e queda de cabelo. Usá-la com cabelos molhados, nem pensar. O ambiente quente e úmido é ideal para desenvolver fungos, o que pode desencadear dermatite seborréica.
 
Usadas para hidratar o cabelo, as toucas térmicas também podem ser um perigo. Por esquentar muito rápido, o uso pode “fritar” os fios, principalmente para quem já tem um cabelo danificado, que apresenta escamas mais abertas e córtex exposto. Ao invés de um  cabelo hidratado, o resultado pode ser o inverso.

De acordo com a dermatologista Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, o ideal é usar touca com bolinhas de isopor, pois aquece gradativamente e esquenta o suficiente para a ação dos cremes hidratantes, sem danificar.
 
Já quem pratica natação ou hidroginástica, a touca garante proteção aos fios, evitando danos provocados por agentes químicos. No entanto, é necessário ter cuidado ao usá-la para evitar quebra dos fios. O ideal é usar um modelo de lycra sob a de silicone. O truque protege o cabelo de quebras. Acrescentando que, logo após o uso é necessário higienizar com sabonete neutro e água corrente.
 
Para não marcar touca:
 
:: Lavar o cabelo e a touca diariamente para retirar o excesso de oleosidade
:: Deixar a touca secar ao sol
:: Trocá-la com freqüência e dar preferência a modelos mais ventilados, com furinhos que permitem a entrada de ar 
 
Fonte: Dra Valéria Marcondes, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna