Vacinação de cães e gatos que previne contra doenças letais ainda gera dúvida entre proprietários

Cuidados devem ser tomados desde que os animais são filhotes, aos dois meses

A vacina V8 ou V10 previne contra sete tipos de doenças e deve ser aplicada em cães a partir dos dois meses
A vacina V8 ou V10 previne contra sete tipos de doenças e deve ser aplicada em cães a partir dos dois meses Foto: Emílio Pedroso

A vacinação de cães e gatos é fundamental para a saúde dos pets, mas ainda pairam dúvidas dos proprietários sobre qual vacina aplicar e quando realizar a aplicação. Os cuidados devem ser tomados desde que os animais são filhotes, aos dois meses, para evitar doenças prejudiciais tanto para os pets quanto aos seres humanos.

Seguir corretamente o calendário vacinal dos animais previne enfermidades virais e bacterianas que podem ser transmitidas ao homem, as chamadas zoonoses. Entre elas, estão a giardíase (que causa diarreia, vômito, dores abdominais, perda de peso e desidratação) e a leishmaniose (doença transmitida pela picada de mosquito infectado que provoca perda de peso, debilidade, e, em casos mais graves, anemia, insuficiência renal e hemorragia nasal). A raiva, uma das zoonoses mais conhecidas e preocupantes, é incurável e transmitida entre os cães e aos humanos. O vírus atinge o sistema nervoso e provoca perturbações de origem cerebral, depressão, paralisia e morte do animal.

Em casos mais graves, as zoonoses podem ser letais, por isso é necessária atenção redobrada.

? Como os pets são hoje membros da família, tendo um convívio intenso com as pessoas da casa, a vacinação passa a ser item de obrigatória atenção a todos os proprietários ? avalia o veterinário e diretor comercial da PetGroom, Jefferson Garotti.

O mercado disponibiliza oito tipos de vacinas para cães e gatos. Os proprietários devem sempre buscar orientação de profissionais para realizar a aplicação das doses e saber quais são as vacinas indicadas para cada zoonose.

Confira algumas dicas sobre vacinação canina e felina:

:: Cães

A vacina V8 ou V10, que previne contra sete tipos de doenças, entre elas a leptospirose, que pode ser transmitida ao homem, deve ser aplicada em cães a partir dos dois meses de idade. Uma dose deve ser aplicada mensalmente até os quatro meses, em um total de três doses.

Aos cinco meses, o animal deverá receber a vacina contra a raiva e contra gripe. Após esse período, essas vacinas deverão ser repetidas anualmente, em dose única.

Já a vacina contra a leishmaniose pode ser feita em qualquer idade. Três doses devem ser aplicadas a cada 21 dias. Após as primeiras aplicações, a vacina deve ser reforçada a cada ano. A vacina contra a giardíase deve ser aplicada somente a partir de oito semanas de vida, duas vezes enquanto o animal ainda é filhote, com reforço anual.

:: Gatos

A exemplo dos cães, a vacinação dos gatos deve ter inícios aos dois meses de idade, com a aplicação da quadrupla, vacina que previne doenças como clamidiose (que provoca tosse, dificuldade respiratória, pneumonia e febre) e a panleucopenia (causadora de febre, falta de apetite, depressão, vômitos e diarreia e desidratação). A dose da quadrupla deve ser aplicada mensalmente até o quarto mês de vida no felino, (total de 3 doses).

No quarto mês também deverá ser aplicada a vacina contra a raiva.

Leia mais
Comente

Hot no Donna