Vaticano diz que ordenar mulheres é um delito grave contra a fé

Novas normas foram anunciadas em documento mostrado à imprensa hoje

Mulheres estão bebendo mais que os homens na Grã-Bretanha
Mulheres estão bebendo mais que os homens na Grã-Bretanha Foto: Divulgação, Xchng

Qualquer tentativa de ordenar uma mulher constitui um delito grave contra a fé, afirma o Vaticano no documento que apresentou nesta quinta-feira à imprensa, onde, além disso endurece as regras contra a pedofilia no clero.

O Vaticano decidiu também equiparar a pedofilia aos abusos contra deficientes físicos, com o que estende suas novas normas a essa categoria de adultos.

As novas normas preveem procedimentos acelerados para os casos mais urgentes envolvendo pedofilia e aumenta de 10 para 20 anos o período de prescrição depois da maioridade da vítima.

As normas anunciadas em um documento mostrado à imprensa nesta quinta-feira não abordam a possibilidade de entregar às autoridades civis os autores dos abusos, precisamente uma das principais reivindicações dos grupos de defesa das vítimas de pedofilia.

Leia mais
Comente

Hot no Donna