Veja 5 dicas para evitar que seu filho atinja o sobrepeso

Obesidade na infância e adolescência pode ser determinada pelo comportamento dos pais

Foto: Stock.Xchng

Se você tem filhos e está acima do peso, saiba que seus hábitos alimentares e sua condição física podem influenciar diretamente a saúde de seu filho no futuro. Uma pesquisa recente da Universidade Norte do Paraná (Unopar) revela que quando os pais atingem o sobrepeso, a probabilidade dos filhos chegarem a este quadro aumenta seis vezes. O alerta é do pesquisador e professor da Unopar, Juliano Casonatto.

– Percebemos que pais obesos, na maioria das vezes, têm filhos obesos. Não tem como essas crianças viverem num ambiente propenso à obesidade sem serem influenciadas – diz Casonatto.

O estudo, feito com 691 adolescentes entre 11 e 17 anos, apontou que 14,8% deles apresentam obesidade abdominal, que é o acúmulo de gordura na região da cintura. A pesquisa revela ainda que adolescentes com mães e/ou pais envolvidos em atividades esportivas apresentaram maior predisposição a prática de esportes. Para o especialista, a relação da obesidade está diretamente relacionada ao comportamento dos pais.

Os fatores que provocam a obesidade infantil são conhecidos. Dentre eles, segundo Casonatto, os piores são o sedentarismo e a má alimentação.

– A falta da prática de atividades físicas tem um impacto muito grande nas crianças. Elas estão menos ativas, consomem mais energia e gastam menos. Por isso engordam – explica o pesquisador. Ele afirma que as crianças de hoje estão mais preguiçosas também.

Veja 5 dicas para evitar que seu filho atinja o sobrepeso:

1. Deixe os bebês e crianças pequenas longe do açúcar. Não adoce alimentos como o leite nem sucos. Além de desnecessário é prejudicial;

2. Ofereça novos alimentos mais de uma vez. Combine com a criança para que ela experimente o alimento pelo menos 10 vezes antes de decidir que não gostam;

3. É normal a criança não gostar de um ou outro alimento, mas não se pode aceitar que a criança rejeite um grupo inteiro de alimentos. Criança que não come nenhuma fruta ou nenhum tipo de salada precisa de reeducação alimentar;

4. Os pais também devem comer de tudo, mesmo coisas que não gostam, principalmente na frente das crianças. Nunca devem rejeitar alimentos porque estarão ensinando isso a elas;

5. Evite doces como sobremesas. Prefira frutas. Além disso, a sobremesa nunca deve ser oferecida como um prêmio. Doces devem ser consumidos apenas nos finais de semana. E, mesmo assim, moderadamente.

Leia mais
Comente

Hot no Donna