Você se veste conforme sua idade?

Falta de bom senso ao montar o guarda-roupa é crime fashion

Victoria Beckham foi eleita a mais mal vestida de 2008
Victoria Beckham foi eleita a mais mal vestida de 2008 Foto: Evan Agostini, AP

Los Angeles, 15 de setembro de 2008. A atriz Kate Hudson, eleita pela revista People como a mulher mais bem vestida do ano, pisa o tapete vermelho na première de seu mais recente filme, A Namorada do Meu Melhor Amigo, e causa histeria entre paparazzi e fãs. Todos querem saber qual o modelito da vez: um vestido tomara-que-caia bege brilhante. Não muito longe dali, a ex-spice girl Victoria Beckham carrega o fardo de ter sido eleita a celebridade mais mal vestida de 2008, de acordo com o ferino colunista de moda Mr. Blackwell, do jornal New York Post. Em comum, elas têm o dinheiro, a fama e a beleza. Mas, enquanto Kate esbanja elegância e usa a moda a seu favor, Victoria se revela recorrente na prática dos “crimes fashion”.

Um dos motivos pelos quais a senhora David Beckham está longe de fazer sucesso no mundo da moda, dizem os especialistas, é a falta de bom senso na hora de montar o guarda-roupa. Aos 34 anos, a moça insiste nos extremos. Combinações monocromáticas ou estampadas, todas curtíssimas e bem decotadas. Babados imensos e transparências vulgares que dão a impressão de que a Posh Spice continua refém da época em que tinha seus 20 e poucos anos. Não que os decotes ou microvestidos estejam proibidos para as balzaquianas, mas certos excessos, de acordo com a estilista e consultora de moda Rosmari Zonta, pós-graduada em moda pela Metrocamp, de Campinas, pegam mal para mulheres maduras. Da mesma forma que algumas roupas fi cam ótimas nas de 30, 40 ou 50 anos, mas não caem bem em garotas. É o que a turma da moda chama de “idade fashion”: a faixa etária que seu guarda-roupa lhe confere.

A estilista ressalta que é válido usar a moda como aliada para ganhar ou perder alguns anos de vida, mas com moderação.

– Com alguns truques, dá para mudar totalmente a idade fashion sem perder o estilo – acredita.

Valorizar pontos positivos do corpo e usar cores vibrantes e tecidos modernos, por exemplo, são formas de rejuvenescer. Para quem quer parecer madura, cores sóbrias e neutras, e modelos comportados ou clássicos colaboram para a criação do visual. A dica para não cometer gafes é defi nir qual a idade fashion coerente com sua personalidade, ocupação e estilo. O que não tem necessariamente ligação com a data de nascimento, quilos ou a quantidade de rugas no rosto.

 – Mesmo mulheres com mais idade, que têm o corpo supermalhado, devem ser coerentes. Há modelos sensuais e recatados para cada idade. O segredo é saber escolher bem para não cair no ridículo – analisa a especialista

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna