William e Kate agradecem a funcionários do hospital onde nasceu herdeiro

Família deve deixar o hospital nesta terça ou na quarta-feira, quando o mundo deve ver pela primeira vez o rosto do bebê

O casal Cambridge em foto de outubro de 2012: família deve deixar o hospital hoje ou amanhã
O casal Cambridge em foto de outubro de 2012: família deve deixar o hospital hoje ou amanhã Foto: Adrian DENNIS

O príncipe William e sua esposa Kate agradeceram nesta terça-feira aos funcionários do hospital onde seu bebê nasceu, enquanto o mundo inteiro esperava o anúncio de seu nome e a possibilidade de ver o futuro rei da Grã-Bretanha.

:: Página especial reúne notícias sobre o herdeiro real

“A mãe, o filho e o pai estão bem nesta manhã” disse o palácio de Kensington, a secretaria do casal.

“Queremos agradecer aos funcionários” do hospital St Mary de Londres “pela formidável atenção que recebemos”, acrescentaram os pais em seu primeiro comunicado após o nascimento do bebê.

“Sabemos que é um período extremamente agitado para o hospital e queremos agradecer a cada um deles ? aos funcionários, aos pacientes e aos visitantes ? por sua compreensão neste período”, acrescentaram no comunicado.

Espera-se que a família deixe o hospital na tarde desta terça-feira ou na quarta-feira, o que talvez permita que os meios de comunicação internacionais obtenham a tão ansiada primeira fotografia do bebê.

Muitos consideram que o casal formado por William e Kate renovou a imagem da realeza após décadas de escândalos e da morte da princesa Diana em um acidente automobilístico em 1997.

O palácio disse que o nome da criança será anunciado mais adiante, mas que ele já detém o título de príncipe de Cambridge.

Oficialmente, o bebê ainda não tem nome, embora o palácio tenha informado que será divulgado “no momento apropriado”. George e James, nomes tradicionais que remontam a monarcas anteriores, são os favoritos dos apostadores.

“Não poderíamos estar mais felizes”, afirmou William, filho do príncipe Charles e a da falecida princesa Diana, em um breve comunicado.

William é piloto da Real Força Aérea e tirará duas semanas de licença-paternidade para estar junto a sua esposa, como fez durante o parto.

São esperadas as tradicionais salvas de canhão em celebração ao nascimento no Green Park e na Torre de Londres, enquanto a Abadia de Westminster se prepara para fazer seus sinos soarem durante três horas.

No Palácio de Buckingham, a multidão que se esforçava para ver o anúncio oficial do nascimento colocado em um cavalete real pôde presenciar uma edição especial da Troca da Guarda na manhã desta terça-feira.

O bebê, chamado de Sua Alteza Real, Príncipe (nome) de Cambridge, é o herdeiro direto na linha de sucessão do trono, atrás de Charles e de seu filho mais velho, William.

Segundo as informações divulgadas pela imprensa nos últimos meses, Kate desejava um filho homem, depois de ter afirmado a um soldado durante o desfile do dia de St. Patrick, em março, que “gostaria de ter um menino e William gostaria de ter uma menina”.

É a primeira vez desde 1894 que três herdeiros diretos do trono estão vivos simultaneamente. A última vez em que isso ocorreu foi no reinado da Rainha Victoria.

? Minha esposa e eu estamos exultantes de alegria com a chegada de meu primeiro neto ? disse o príncipe Charles, casado com Camila.

? Estou extremamente orgulhoso e contente de ser avô pela primeira vez e esperamos ansiosamente para ver o bebê ? acrescentou.

O bebê é o terceiro bisneto da Rainha Elizabeth, de 87 anos, que afirmou estar encantada com o nascimento.

? É um momento importante na vida de nossa nação ? disse o primeiro-ministro britânico, David Cameron.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, liderou as mensagens internacionais de felicitações, que também chegaram da Austrália, Nova Zelândia, Canadá, França, Israel, Japão e Cingapura.

Até o Irã se somou ao coro de mensagens, deixando de lado suas divergências com a Grã-Bretanha pelo controverso programa nuclear iraniano para felicitar a rainha, afirmando que este nascimento era uma “fonte de felicidade”.

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna