Wilza Carla (1935-2011): de vedete a Dona Redonda

Corpo da atriz foi enterrado ontem no Rio de Janeiro

Wilza Carla em "Saramandaia"
Wilza Carla em "Saramandaia" Foto: TV Globo

Uma das cenas mais marcantes das novelas brasileiras pertence a Saramandaia (1976). Nela, uma mulher muito gorda chega ao centro da cidade de Bole-Bole, onde uma banda toca, e explode de tanto comer. Ela é Dona Redonda, interpretada pela ex-vedete Wilza Carla, que morreu na madrugada do último domingo, aos 75 anos, vítima de diabetes e de problemas cardíacos.

Antes de iniciar sua carreira na televisão, Wilza Carla fez teatro de revista. Tornou-se conhecida por sua carreira como vedete e estrela de pornochanchadas. Entre as partipações em novelas, destaca-se Cambalacho, trama de 1986 assinada por Silvio de Abreu. A última novela em que atuou foi A História de Ana Raio e Zé Trovão, de 1990, produzida pela Rede Manchete. Foi também jurada em programas de calouros, em especial o de Silvio Santos.

Sobre a infância de Wilza, Paola Faenza Bezerra da Silva, filha da atriz, conta que foi de grande fartura, mas que faltava a companhia dos pais – a mãe de Wilza Carla ficou doente muito jovem, e o pai, o jornalista Wilton Pereira da Silva, colocou a menina num colégio católico no Rio. Foi em função dessa carência que Wilza começou a engordar, conta Paola. Mas a atriz se negava a fazer dieta.

Depois de sofrer um AVC, em 1994, e de passar a viver mais em casa, Wilza reclamava do abandono dos amigos. Segundo Paola, a atriz costumava dizer que, por estar sem dinheiro e não ter mais fama, os amigos que antes lotavam sua casa tinham se afastado.

O pesquisador Daniel Marano, que conheceu Wilza Carla quando trabalhava no livro As Grandes Vedetes do Brasil ao lado de Neide Veneziano, agora prepara uma biografia de Wilza Carla, que se chamará Exagerada.

Carreira

:: Wilza Carla começou sua carreira no teatro de revista e trabalhou em chanchadas antes de ficar famosa na TV, na década de 1970.

:: Dona Redonda, da novela Saramandaia (1976), foi sua personagem mais famosa. A trama foi escrita por Dias Gomes e exibida pela TV Globo. Em uma das sequências mais conhecidas do folhetim, Dona Redonda caminha pela rua quando começa a inflar espontaneamente até explodir. O estouro provoca um abalo em toda a cidade. A cena contava com Yoná Magalhães, Juca de Oliveira e Eloísa Mafalda.

:: Wilza Carla também fez trabalhos no cinema, como nos longas Macunaíma, Os Campeões, O Menino Arco-íris e As Loucuras de um Sedutor.

Leia mais
Comente

Hot no Donna