Xico Gonçalves ensina a arrasar com a legging, a calça que é xodó da estação

Peça substitui a meia-calça no inverno e garante look cheio de estilo

Use a legging conforme seu tipo físico
Use a legging conforme seu tipo físico Foto: Xico Gonçalves

Desde os anos 80, a moda e as consumidoras se tornaram obcecadas pela legging. Essa calça colada ao corpo é fundamental no inverno, pois substitui a meia-calça como uma alternativa segura para usar as peças curtas sem passar frio, além de se ajustar em qualquer silhueta que usa o bom senso na hora de vestir.

Modo de usar

:: A maneira mais elegante é combinando com blusas ou peças que tapem os quadris, evitando marcar as formas do bumbum. Use com camisetas largas e compridas, blazers, cardigã, parkas, trench-coat, tricô, alfaiataria e jaquetas longas.

:: Vestidos, shorts e saias também vestem muito bem sobre leggings.

:: Quem tem um corpo espetacular pode combinar com blusas curtas e justas – sempre lembrando que qualquer deslize no visual pode parecer vulgar para algumas pessoas.

:: Para não correr este risco, a legging não deve marcar o quadril e muito menos a virilha.

:: Evite também decotes muito ousados, pois a legging já é justa. Equilíbrio é sempre elegante.

:: Consumidoras “plus size” devem adotar a legging em cor escura ou preta.

:: Sobreposição da blusa mais larga com a legging ajuda a disfarçar volume.

:: Mulheres com pernas grossas devem evitar legging opaca e brilhante de cor clara que engrossam ainda mais as pernas e as coxas. Adote cores escuras.

:: Mulheres baixas são favorecidas com o legging logo abaixo do joelho ou até o tornozelo para alongar a silhueta.

:: Mulheres altas devem marcar a legging na altura da panturrilha.

:: Usar legging com sandália deixa o look feminino, mas o scarpin de bico fino alonga as pernas.

:: As botas de cano longo não devem deixar aparecer as pernas emendando com a calça.

:: Ankle boot e sapatilha equilibram legal o visual, mas diminuem a estatura de quem usa, mesmo com salto alto.

:: As mais baixas devem optar por legging e calçado nas mesmas cores ou tons bem próximos para um efeito alongador.

:: Existem leggings em diversas cores, estampas e estilos. As lisas são mais fáceis de combinar.

:: As de paetê, com estampa de animais ou xadrez exigem pernas magras ou estampas escuras para disfarçar volume.

:: As novidades em legging para temporada são a wet legging, extra brilhante e a jegging, que mistura o conceito do jeans com legging.

Wet legging

:: Em matérias-primas lustrosas como látex, lamê, couro, lurex, vinil e poliéster com elastano. Leggings brilhantes e metálicas são para consumidoras jovens e ousadas. São perfeitas para a noite ou na balada, mas podem circular de dia combinando com roupas foscas e de cor neutra.

:: As cores de wet legging vão do preto básico aos tons mais brilhantes e chamativos como o dourado, cobre e prata. Na dúvida, invista em cores escuras e básicas que funcionam em qualquer estilo. O efeito da wet legging é brilhante, por isso evite peças com brilho ou ajustadas também na parte superior do corpo. A legging é estrela do look.

:: Combine com blusas de tecido natural, alfaiataria em lã, shorts em jeans boyfriend e peças amplas como paletós, tricô e camisas longas. Sapatos mais pesados, sandálias meia pata e botas futuristas vestem bem com este estilo de legging. Ideal para mulheres magras com pernas finas e silhuetas alongadas.

Jegging

:: A jegging tem aparência de jeans, o conforto da legging e o look de uma calça skinny. O tecido é o denim, mais leve, flexível e fino que o jeans tradicional e com elastano e poliéster na composição. A receita de usar o jegging corretamente continua sendo a mesma para qualquer tipo de calça colada ao corpo, como combinar com blusa longa mais solta, complementada por ankle boot ou sandália pesada.

Leia mais
Comente

Hot no Donna