Xico Gonçalves: Escolha seu vestido para o Natal

Vestido natalino só não pode ser vermelho
Vestido natalino só não pode ser vermelho Foto: Renato Gualdi

Se ainda não escolheu o que vestir no Natal, opte pelos vestidos. Existem mil variações de modelagens adequadas a qualquer silhueta. Valem os curtos e longos. Quanto à cor, fica a critério de cada um, mas bem longe do vermelho natalino. Afinal, ninguém quer combinar com a decoração. Esqueça também o pretinho básico. O Natal geralmente é passado em família, com possíveis escapadas para dançar depois da meia-noite. Isso significa roupas menos elaboradas e acessórios glamourosos.

Se for usar

VESTIDO COM BRILHO, BORDADO OU ENFEITADO

– Alivie nas bijuterias ou joias e tente combinar o tom dos metais com os bordados, ou no caso de enfeites em strass ou cristais repita-os em pequenos complementos.

– Os sapatos podem ser dourados, prateados, no tom da roupa, ou preto. Precisam ser sociais, com preferência para sandálias e saltos altos. Valem sapatilhas de luxo em vestido mais casual.

VESTIDO DOURADO OU PRATEADO

– Evite carregar em joias ou complementos dourados.

– Brincos ou colares discretos, em cristais, pérolas ou dourado fazem o “fino”. Se o material da roupa for lurex, metais e brilhos são permitidos.

– Calçados dourados, pretos, vermelhos ou nude. A bolsa não precisa combinar. Bordadas, coloridas ou em tom neutro equilibram o excesso de glamour.

– Evite repetir o dourado na maquiagem. A roupa já brilha o suficiente.

VESTIDO COLORIDO OU ESTAMPADO

– Complemente com muitos brilhos ou acessórios de cores contrastantes. Quem não arrisca o “mix descombinado”, pode repetir a cor nos complementos ou usar acessórios neutros.

– Maquiagem também pode utilizar brilho, mas nada de abusos.

– Capriche nas bijuterias ou joias, inclusive com volumes mais exagerados.

VESTIDO BRANCO

– Colorido ou brilho metalizado nos acessórios, para não parecer pronta para o Réveillon.

Visual 2010

De acordo com as previsões do centro espiritual Ilê de Oxum Docô, o ano vai ser regido por Iemanjá, Oxalá, Ode e Otim que respondem pelas cores azuis escuro e claro, branco e dourado.

– Opte pelo branco, pelas cores que homenageiam os orixás, cores claras (tons aquarelados), metálicas (cinza, prata e gelo) ou os tons fortes (limão, turquesa, pink, laranja ou vermelho), tendência deste verão.

– Use tecidos fluidos e transparentes, velados com sobreposição do mesmo tecido, rendas ou materiais opacos.

– Calças compridas em tecidos preciosos ou bordados coordenados com blazer ou túnica.

– Decotes obrigatórios: ombro a ombro, degagê, tomara que caia, costas nuas, alças fininhas e estilo combinação.

– Macacões colantes ou amplos com grandes decotes.

– Comprimentos liberados em vestidos e nas saias, do curto ao longo.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna