Yeda sanciona lei contra o bullying nas escolas

Medida estimula que os colégios gaúchos reforcem as ações preventivas

Uso do método de clareamento não deve ser feito quando há problemas nos dentes
Uso do método de clareamento não deve ser feito quando há problemas nos dentes Foto: Stock Photos, Divulgação

O combate a uma das principais preocupações de pais, professores e alunos ganhou uma aliada no Estado. Aprovada pela Assembleia Legislativa, a lei que estimula políticas antibullying nas escolas gaúchas foi publicada no Diário Oficial.

– Com essa lei estamos agindo fortemente no sentido de dar um basta a esse problema social, que tem provocado distúrbios psicossomáticos em crianças vítimas – justificou a governadora Yeda Crusius, em nota à imprensa.

Do ponto de vista prático, a lei, aprovada por unanimidade pelos deputados no fim de maio, não estabelece ações concretas para enfrentar a violência entre os estudantes, como punições aos alunos ou a escolas negligentes. O principal objetivo, segundo o autor, Adroaldo Loureiro (PDT), é alertar a comunidade escolar ao problema. Com isso, ele pretende que os colégios reforcem ações, palestras e grupos de trabalho multidisciplinares contra o problema. Entre as disposições, está a inclusão no regimento de cada instituição da política antibullying considerada mais adequada a sua realidade. A medida vale para escolas públicas e particulares.

Leia mais
Comente

Hot no Donna