Um guia para nunca mais perguntar o que vestir

dressing

Tem um frase que li em certa ocasião, acho até que estava tentando me distrair dentro de um maldito avião, que nunca mais esqueci, que já compactuava e que, depois daquele dia, passei a nunca mais deixar de aplicar: “Cabelo preso é sinal de educação e consideração para com a anfitriã da festa”.

Sempre achei mulheres que optam pelo cabelo preso em festas de gala muito mais elegantes do que aquelas que, por mais lindo que seja o cabelo, preferem ir ao evento com ele solto. Separei algumas imagens para ilustrar minha teoria.

Olha!

diane-kruger-stylechi-red-carpet-sag-awards-one-shoulder-gownDIANE KRUGER
Tente fazer o exercício de imaginá-la com o cabelo solto. O brinco lindo com certeza não apareceria – e o cabelo ficaria tumultuando essa parte tão linda do decote que traz uma manga caída e outra sobre o ombro

E agora, olhando esse lindo vestido da Diane Kruger, lembrei de um vestido que eu tenho, que amo de paixão, que usei em um casamento e também na sessão de autógrafos do meu primeiro livro Peregrina de Araque, na Livraria da Travessa, no Rio (escolhi a cor do vestido por ter o tom parecido com o da capa do livro).

Olha!

marianakalil000701-300x199NA MESA DE AUTÓGRAFOS DA TRAVESSA
Que saudade! Acho tão linda esta foto… E a cor do vestido combinando com a capa do livro, que tal? E o meu cabelo preso? Sim, eu já tinha lido aquela frase no maldito avião

E como agora lembrei da minha peregrinação na Travessa, também lembrei de um dos dias mais emblemáticos da minha vida e preciso recordar outra vez.

03-por-ai-mulher-gritando5
A DANUZA LEÃO NA MINHA FILA!

Olha!

mBEST FRIENDS!

Ok, ok. Passou a crise momentânea de egocentrismo. É que realmente foi uma emoção além da conta quando vislumbrei a Danuza Leão na minha sessão de autógrafos. Sobre cabelos presos, vamos continuar com a musa Diane Kruger.

Olha!

Diane-Kruger-In-Giambattista-Valli-Couture-Moonrise-Kingdom-Cannes-Film-Festival-Premiere-Opening-Ceremony
Com outro coque, desta vez mais bailarina. Eu, particularmente, prefiro coques um pouco mais frouxinhos. Mas eu não sou Diane Kruger, que fica bem de qualquer jeito. Aqui, façamos de novo aquela história de fazer o exercício de soltar o cabelo com este modelo de vestido. Muita informação, vai dizer?

met-ball-red-carpet-1603272624
Ok, então vocês dirão que só estou escolhendo modelos de vestidos que combinam com cabelo preso para justificar a escolha pelo cabelo preso. Não é isso. Este exemplo: Diane Kruger de cabelo solto. Tentem fazer o exercício de enxergar ela com um coque ou um rabo de cavalo. Não ficaria muuuito mais chique? Siiiiim!

Quando falo em cabelo solto em noite de festa, lembro logo de Angelina Jolie e da displicência com que muitas vezes ela opta por pisar no tapete vermelho. Eu acho Angelina Jolie uma mulher bonita, mas está muito longe de ser um ícone de beleza para mim. Tenho outras preferências, como a própria Diane Kruger.

Angelina Jolie tem todos os recursos do mundo (cabelo, corpo, boca, olhos, marido) para arrasar em um red carpet. E muitas vezes deixa a desejar pelo que me parece ser uma certa preguiça de se arrumar, sabe assim? Acha que coloca um belo vestido e está pronto. Não é bem assim. É todo um conjunto de coisas – e cabelo tem muuuito a agregar. Tenho exemplos do que estou falando.

Olha!

angelina-jolie-red-carpet-posesMe digam se Angelina Jolie precisa usar um vestido afogado no gogó com essa melena solta? Faz uma trança, um rabo de cavalo, sei lá! A pessoa parece que gosta de se enfeiar, sabe assim?

angieMe respondam: custa prender o cabelo? Ou pelo menos tirar aquele volume ali atrás da orelha? Vamos fazer o exercício: um rabo de cavalo alto ou mesmo um coque podrinho e um belo brinco de diamante negro, que agora está na ultimíssima moda: não ficaria muito mais sofisticado?

Me dei ao trabalho até de procurar alguns exemplos ilustrativos para convencer Angie de que ela precisa dar mais atenção para o cabelo que escolhe exibir nas festas black tie. Angie, por favor, olha só o exemplo da Cate Blanchett.

lorraine-schwartz-blackened-platinum-and-diamond-earrings-with-black-diamond-drops-profile
Cabelo preso e o brinco que eu queria que tu usasse com o teu vestido, Angie! Não fica muito mais elegante do que essa melena solta pra trás da orelha? Claro que fica!

Ok, mas eu comecei a falar tudo isso e na verdade não era sobre isso que eu queria falar. Eu queria falar sobre um novo livro que achei muito interessante e instrutivo de ter em casa e mesmo de presentear. Chama-se Vestida para a Noite e foi escrito por Kate Young, uma personal stylist que tem entre suas clientes Natalie Portman e Michelle Williams. No livro, Kate analisou os figurinos de cinema para chegar a cinco tipos de vestidos considerados universais.

Vamos a eles?

jennifer-aniston-in-little-black-dress-and-corset-belt-on-People-Stylewatch-saved-by-Chic-n-Cheap-LivingPRETO BÁSICO
Preza pela sutileza e elegância e tem efeito curinga. Diz Kate: “Você pode usá-lo em qualquer época, em qualquer idade e em quase todas as ocasiões. É essencial no guarda-roupa de toda mulher”. Um dos trunfos do pretinho básico é que ele alonga qualquer silhueta. O outro trunfo é que o preço pode ter sido bem camarada, mas ninguém nunca saberá quanto custou e, na maioria das vezes, ele pode parecer muito mais caro do que realmente é. Dificilmente, isso acontece com outras cores como o vermelho, exemplifica a autora.

Carol_Castro_Flavia_Alessandra_Marina_Ruy_Barbosa_e_Giovana_Ewbank_283VESTIDO COQUETEL
Uma frase de Kate resume bem este vestido: “É relaxado a ponto de você não ter que se lembrar a cada minuto que está com algo excepcional e chique o bastante para poder lançar mão de acessórios poderosos, saltos vertiginosos e batons de cores fortes”. O modelo popularizou-se com Audrey Hepburn no filme Bonequinha de Luxo. “Ela é uma perfeita cocktail girl. Está sempre bem vestida, usa lindos sapatos e adora uma joia”, conclui Kate Young

grace-kelly1BLACK-TIE
Adorei a seguinte comparação: a discrição está para o pretinho básico como fogos de artifício estão para o black-tie. Kate Young diz que não há exemplo mais clássico de um black-tie do que o tomara que caia usado por Grace Kelly no filme Ladrão de Casaca. São noites especialíssimas, como um baile ou um casamento, em que modelos volumosos, tecidos nobres, sapatos brilhantes, pedrarias, bordados e fascinators saem do closet. “Nessas ocasiões, todas as mulheres gravitam ao redor de alguns clássicos, como os vestidos com corpete e saia ou longos”, observa Kate

sarom_465872686LOOK SEXY
O quarto clássico da lista de Kate Young é o modelo sexy: “A parte exposta é tão importante quanto a coberta”, ela diz – e eu concordo piamente. Para a autora, o momento mais sexy do cinema foi protagonizado por Sharon Stone em Instinto Selvagem, na cena do interrogatório. Sem calcinha e a bordo de um microvestido justo e branco, ela cruza e descruza as pernas. Apesar disso, com exceção das pernas, o corpo da atriz está coberto por mangas longas e gola alta. É exatamente para isso que a autora alerta: para este jogo de esconde-revela. “Para ter equilíbrio, apenas uma parte do corpo deve estar à mostra por vez. Se as costas estão expostas, a parte da frente tem que estar fechada”, ensina a stylist

michellewilliamsoscars2006verawangTIPO FASHION
O quinto modelo eleito por Kate é indicado para quem gosta de correr riscos. Ela lembra a escolha da cliente Michelle Williams para o Oscar 2006. O longo amarelo da estilista Vera Wang recebeu críticas e elogios de mesma proporção. Kate ensina: “Quando eu e uma atriz decidimos que seu look será fashion, aconselho-a a fingir que está desempenhando um papel”, diz.

bento1COMO TU, NÉ?

Como eu o quê, menino?

bento1TU COM TEU VESTIDO AMARELO

O que tem eu e meu vestido amarelo?

olivia10ELE QUER DIZER QUE TU ESTAVA DESEMPENHANDO UM PAPEL

bento1FINGINDO QUE É UMA ESCRITORA

Você também vai gostar

Gourmetização das coisas

Claire_et_Hugo_food_truck

Dia desses andei pensando alto e minha voz desabafou: “Não aguento mais essa mania de food truck”. Para minha surpresa, quem estava na volta concordou no ato.

bento1MENOS EU

4oliviaBENTO NUNCA CONCORDA COM ELA

Vamos combinar que a moda de food truck passou um pouco do ponto. Está uma overdose.  Já estão alugando food truck até para festas de casamento (o que não deveria causar qualquer espanto, já que festa de casamento virou sinônimo de pirotecnia). Tudo agora é food truck.

ze-simao1TUCANARAM A CARROCINHA, MARIANA!

Food truck é a repaginação das carrocinhas que sempre existiram, mas foi recebido neste ano de 2014 como a última descoberta do planeta Terra. Food truck existe desde os meus tempos de guria em Bagé. Saíamos esfomeadas das festas de madrugada, pedíamos um Xis Coração na carrocinha da esquina e sentávamos encantadas na calçada.

happystickpersonbyproudnana26-d362dgcA GENTE ERA FELIZ E NÃO SABIA

Estrogonofe com batata palha era o ápice do prato fino. Hoje em dia, temos que lidar com cardápios que oferecem “cuisses de grenouilles em espuma de kinkan com pistache” e fazer cara de paisagem, como se fosse a coisa mais normal do mundo.

intelligent-woman-with-great-smileAH, TÁ…

Dia desses, assisti a um programa cômico no YouTube que faz uma paródia a respeito desta realidade que estamos vivendo de cardápios engomados, pratos com nomes impronunciáveis, apresentação impecável e preços cada vez mais elevados. O programa apresentou a personagem Julia, que lutava para curar-se de um vício que já ganhou até nome.

shouting-womanGOURMETDEPENDÊNCIA

Julia conta que começou experimentando um petit gateau por influência dos amigos. “O nome me atraiu bastante”, confessa. Ela, então, levou a gourmetização para todos os lanches e refeições. “No cinema, só como pipoca gourmet”. E admite: “Sou uma gourmet dependente”. A ironia fica ainda mais afiada: “Ouvi dizer que agora tem um pão com manteiga gourmet e fiquei com vontade de experimentar”, ela comenta.

bread_729-420x0COMO SE GOURMETIZA ISSO?

O texto cômico do programa diz que a gourmetdependência causa um aumento repentino dos gastos mensais do viciado – e é na Gourmetlândia que sobrevivem pessoas que abdicaram de tudo, viciados que gastam seus salários comendo pão de queijo gourmet e chocolate belga. A gourmetização está onde a gente menos espera, avisa o apresentador da atração. “Antes eu comia em qualquer carrinho de rua. Agora é só food truck mesmo”, debocha outro personagem viciado do programa.

mulher-questionando1-202x300O QUE TEM NOS FOOD TRUCKS, MARIANA?

Como diria José Simão, a tucanização do Xis. No último que frequentei, havia hambúrguer com chutney de manga, queijo de cabra e abobrinha grelhada no azeite com pimenta dedo de moça e ceboulete ou hambúrguer de picanha e gorgonzola, queijo gruyère, crispy de bacon, abacate, tomate caqui, cebola assada, alface americana emincé e maionese especial.

mulher-blusa-vermelha-nao-quero-ver2AGORA ME DIGAM SE VIVER JÁ NÃO FOI BEM MAIS SIMPLES?

Seguuura o estrelato do pão de queijo!

pppp1

Eu ADOOORO assuntos de última moda em qualquer coisa. Chega a me dar um arrepiozinho de felicidade de conhecer alguma invencionice nova, sabe assim? Pois nesta tarde de sexta-feira de um fim de semana em que não pretendo terminar daquele jeito que terminei final de semana passado (leia-se árvores do Barranco), venho por meio desta falar menos de caipirinha e mais de comidinhas.

Senhoras e senhores, apresento a delícia da hora.
A crepioca!

crepiocasalgadaOOOOOOOOOOOOOOOOHHHHHHHH!!!!
Sem glúten, low carb, baixa caloria!

Reparem na qualidade da invenção: trata-se de um omelete de pão de queijo ou pão de queijo de frigideira, feita com um pouco de goma de tapioca – e que, no final das contas, fica muito parecido com um crepe.Tomei a liberdade de copiar a receita da Luciana Carpinelli, que é jornalista e escreve no blog Cozinhando para 2 ou 1.

professoraANOTEM, POR FAVOR!

Ingredientes
1 ovo
1 colher de sopa de goma de tapioca
1/2 colher de sopa de sementes de chia ou de linhaça
1 punhadinho de cebolinha picada (opcional)
Sal e pimenta do reino a vontade

Modo de fazer
Coloque todos os ingredientes em uma tigela e misture bem. Aqueça uma frigideira antiaderente e despeje a massa. Deixe dourar o lado de baixo, vire com uma espátula e recheie, se quiser. Quando o outro lado também estiver dourado, dobre a crepioca e pronto. Os recheios variam de acordo com a preferência: de queijos a carne moída e legumes.

mulher-questionando1-202x300CADÊ O PÃO DE QUEIJO, MARIANA?

Pois é. Foi a mesma pergunta que me fiz em voz alta aqui na redação. Se a Crepioca chama-se assim porque tem gosto de pão de queijo e parece um crepe ou um omelete, cadê o pão de queijo nos ingredientes? Então, Mari Scholze vira-se e diz que a goma da tapioca já tem, por si só, aquele gostinho de pão de queijo.

thinking-woman12NÃO SEI SE ENTENDI

bento1TÔ ACHANDO ESSA MODA MEIO FURADA

thinking-woman_12EU TAMBÉM

De qualquer maneira, tem uma cara ótima, vai dizer? E já que toquei no assunto pão de queijo, aproveito para falar sobre algo que ensaio há horas. Moda, mas mooooda mesmo é o que os bares e restaurantes de São Paulo começaram a fazer. Reiventaram o pão de queijo e concederam a ele o papel de pão de sanduíche.

woman-question13COMO ASSIM, MARIANA?

Em vez e usar pão de sanduíche, utiliza-se pão de queijo cortado ao meio para rechear e fazer o sanduíche, deu pra entender? Ele pode ser recheado com pernil e ovo frito de gema mole, como na Conceição Discos (atenção, quem está pelos arredores da região central de SP ou pretende circular por lá em breve!)

mulher-de-boca-abertaCOMAM UM POR MIM!

conceicao_005-jpgOU MELHOR, PODEM COMER DOIS

No Canvas Bar, do hotel Hilton, o pão de queijo virou hambúrguer com ovo frito e bacon.

Olha!

CCCPELAMORDEDEUS!!!

E o que me dizem do sanduiche de queijo da Canastra e tomate, do Sagarana.

Olha!

sara 453150-970x600-1OOOOOOHHHHHHH!!!
Delícia do Saragana!

bento1QUANDO É QUE VOU VISITAR A MINHA TERRA?

olivia10FOI FALAR EM COMIDA PRA DAR SAUDADE NO MANO CORINTHIANO

Festival Bar em Bar: último findi para provar 12 tipos de petiscos!

Natalicio (3)_m_a

Tenho apenas uma notícia para informar: termina neste domingo a edição 2014 do Festival Bar em Bar. Isso significa que você, assim como eu, caro leitor e leitora, tem menos de 72 horas para sair peregrinando pelos bares participantes e provando tudo quanto é tipo de petisco que eles prepararam exclusivamente para esse festival.

veraoE ASSIM JÁ ME VEJO NA BEIRA DA PRAIA….

Pela regra do Festival Bar em Bar, cada estabelecimento participante escolhe um petisco que melhor represente sua culinária e que deve ser oferecido aos clientes com preços especiais. Para iniciar o planejamento da peregrinação do fim de semana que já se inicia, venho por meio desta listar os bares e restaurantes participantes e o que eles oferecem.

Tchan, tchan, tchan, tchan!!

PInBAZKARIA
Pintxos Akuarela: seleção dos melhores pintxos da casa inspirados na culinária maravilhosa do pais Basco. R$ 15,00 para 2 pessoas (Rua Comendador Caminha, 324 – Porto Alegre, RS (51) 3346-1088. Segunda a Quinta das 18h as 0h. Sexta das 18h as 1h, sábado das 16h a 1h e Domingo das 16h a 0h)

NATABOTECO NATALÍCIO
Roupa Velha: charques desfiado puxado na manteiga de garrafa e acompanhada de vinagrete e farofa crocante R$ 35,00 para 2 pessoas (Rua Cel. Genuíno, 217 – Porto Alegre, RS (51) 3026-5539. Segunda a Sábado das 17h as 01h

10629702_809966989062270_6990330070197548984_nBOTECO TIROL
Mini-hamburguinhos especial: porção especial para o Bar em Bar, com três mini-hamburguinhos de carne ou frango, tomate, alface e queijo, num delicioso pão com gergelin. Podendo ser feito na versão pão integral R$ 15,00 para 1 pessoa (Av. Teixeira Mendes, 1236 – Porto Alegre, RS (51) 3333-4646. Diariamente das 18h as 24h)

10653641_809150295810606_3538353092036964957_nDONA NEUSA
Samba Trio: filé puxado na manteiga, provolone na chapa e aipim frito. R$ 35,00 para 2 pessoas (Rua General Lima e Silva, 800 – Porto Alegre, RS (51) 3013-8700. Diariamente das 17h as 01h30

1653623_809947869064182_1712078345772282366_nBOTECO TIPO EXPORTAÇÃO
Sanduíche Tipo Exportação: pão baguete italiano, iscas de filé com molho de queijo, tomate e orégano. R$ 15,00 para 1 pessoa. (Rua General Lima e Silva, 898 – Porto Alegre, RS (51) 3286-1484. Domingo a Quinta das 17h a 1h. Sexta e Sábado das 17h as 2h30)

10730094_809151962477106_4004058352943155029_nDONA ZEFINHA
Panelinha de Frutos do Mar: purê de batata inglesa com caldo de frutos do mar, mexilhão, camarão, polvo, lula e peixe R$ 15,00 para 1 pessoa. (Rua General Lima e Silva, 776 loja 01 – Porto Alegre, RS (51) 3072-5557. Segunda a Quinta, das 11h30 as 15h e das 17h as 1h. Sexta e Domingo das 11h30 as 01h30)

1146532_808905899168379_4191312703884530935_nESPAÇO CULTURA 512
Sambrasa: linguiça calabresa, pimentão e cebola flambados com cachaça da chica de alecrim, acompanhado geleia de abacaxi com pimenta e farofa R$ 15,00 para 2 pessoas. (Rua João Alfredo, 512 – Porto Alegre, RS (51) 3212-0229. Terça e Quinta das 19h as 0h30. Sexta e Sabado das 19h as 01h30 e Domingo das 19h as 0h30)

1374138_810012785724357_5434349420503457417_nPUB & FONDUE OLARIA
Bolinho recheado com salmão e cream cheese, acompanhado de maionese defumado (10 unidades) R$ 25,00 para 2 pessoas. (Rua General Lima e Silva, 776 loja 13 e 14 – Porto Alegre, RS (51) 3225-4010. Segunda à Sexta das 11h as 15h e 17h a 01h. Sábado e Domingo das 17h as 01h)

10636154_810013589057610_8066520071213827772_nGOKAN LOUNGE
Harumaki Camarão: rolinhos primavera recheado com camarões, cream cheese, servido com molho agridoce R$ 25,00 para 2 pessoas. (Rua Padre Chagas, 415 loja 3 – Porto Alegre, RS (51) 3028-8490. Jantar todos os dias das 19h as 8h e almoço sábados, domingos e feriados das 12h as 15h)

1798499_809958715729764_3760136919355493854_nGUACAMOLE
Flauta Maya: Tortillas de trigo crocantes recheadas com queijos mistos e lombo suíno desfiado. Acompanha guacamole, pico de gallo e sour cream R$ 15,00 para 2 pessoas. (Rua Des. Augusto Loreiro Lima, 165 – Porto Alegre, RS (51) 3333-1005. Diariamente das 18h as 0h)

BRUSnMARQUÊS BIER
Bruschetas italianas: torrada de pães com recheio de tomates, cebola, alho, tempero verde e queijo mussarela R$ 25,00 para 2 pessoas. (Dr. Barcelos, 1202 – Porto Alegre, RS (51) 3477-2477. Domingo a Quinta das 16h30 as 01h. Sexta e Sábado das 16h30 as 02h)

happynUSINA DO PASTEL
Happy na Usina: 10 Mini pasteis nos sabores selecionados (Banana, canela e chocolate | Alcatra, tomate seco e requeijão | Frango, queijo e requeijão | Strogonoff com cheddar | Presunto, cebola, provolone e orégano) e 2 choppes R$ 25,00 para 2 pessoas. (Av. Cristóvão Colombo, 2614 – Porto Alegre, RS (51) 3337-0141′. Terça a Domingo das 18h as 24h)

bento1POR ONDE A GENTE VAI COMEÇAR?

giphyNÃO SEI!!!

Você também vai gostar

Extra, extra! Cães e gatos já podem entrar no Moinhos Shopping!

00 Matilda - Pet Car - Moinhos Shoppping (1) (2)

Eu sou uma testemunha de mim mesma de que muito falei e reivindiquei por serviços para pets em shoppings de Porto Alegre. Como serviço para pets entenda-se deixar nossos amigos do peito passear com a gente, lépidos e faceiros, pelos corredores dos shoppings. Esses caras que tanto aguentam nosso mau humor nas segundas-feiras,  que abanam o rabo quando a gente acha que ainda guardam puro ressentimento por alguma bronca, que fazem a gente esquecer qualquer tipo de problema quando chega em casa – como é que esses caras não podem entrar conosco no shopping?

mulher-com-raivaCOMO?

bento1PISADA DAS GRANDES

Falei, falei, falei. Acho que até meio chata e insistente eu fui. Elogiei o Barra Shopping Sul, que disponibiliza carrinhos para pets. Bento conheceu bem o carrinho do Barra, fomos juntos comprar os óculos de grau que estou usando neste momento para enxergar um palmo diante do meu nariz. Contei sobre nossa saga no post CORRIDA ATRÁS DE UM SÁBADO QUASE PERDIDO.

Olha!

13koh-barraNÃO CONSIGO OLHAR PARA ESSA FOTO SEM SOLTAR UMA GARGALHADA
Bento é muito cara de pau. Na rua, parece um gentleman. Reparem, por favor, na postura e na educação de lorde do animal. Da série “me engana que eu gosto”

Também elogiei muito a iniciativa do Shopping Savassi, de Belo Horizonte, que acho genial. A administração coloca nas entradas do prédio vários baús onde pegamos pás e sacos de papel para, caso eles resolvam fazer o número 2, tenhamos condições de juntar. Sim, no Savassi – e aí está o que acho absurdamente genial -, os pets andam na guia e no chão.

Olha!

coletora-225x300ALÉM DE TUDO, UM DESIGN DIVERTIDO
Tirei esta foto na frente do shopping Savassi, em BH, morrendo de pena de o Bento não estar comigo

Recentemente, Chico, Bento e eu estivemos no Platinum Outlet, em Novo Hamburgo, e mais uma querida surpresa: pets são bem-vindos. Passamos uma tarde adorável com o animal, como contei no post FOI UM PRAZER TE CONHECER, PLATINUM OUTLET.

Inclusive, não deveria lembrar, mas, enfim aconteceu: o animal teve uma dor de barriga no shopping e estávamos despreparados para a coleta, visto que ele já havia tido duas dores de barriga no Parcão e achamos que não precisaríamos mais de saquinho. Mas tudo foi resolvido e, dia desses, a administração do Platinum me informou que eles já colocaram à disposição saquinhos para coleta.

bento1ALÍVIO DOS GRANDES

A mais boa nova da cidade eu fico sabendo neste exato instante: o Moinhos Shopping passou a disponibilizar carrinhos para cães e gatos.

bento1SÉRIO?

Seríssimo! Não é legal? Sim, porque, há pouco mais de duas semanas, Chico quis entrar ali para ir à farmácia e eu falei que esperaria com o Bento do lado de fora (com essa onda de cachorro sendo roubado, não deixo ele sozinho nem sob protesto). Então, sentamos na escada de entrada do shopping, bem no cantinho para não atrapalhar a passagem. Foi quando o segurança do shopping se aproximou.

- A senhora não pode ficar sentada aí – disse.
- Mas moço, eu não tenho onde sentar, estou bem no cantinho para não atrapalhar ninguém – respondi.
- A senhora pode sentar ali naquela mureta da loja H.Stern – ele aconselhou.
- O senhor já viu o que está escrito nos quinhentos adesivos colados naquela mureta? Está escrito que é proibido sentar – eu rebati.
- Mas aqui a senhora não pode ficar.
- Tudo bem – falei.

angry-woman-300x205FIQUEI POSSUÍDA PELO DEMO

Peguei o Bento e sentei no meio da calçada. Mas bem no meio da calçada, justamente porque queria que me perguntassem o que eu estava fazendo ali. E foi o que o Chico fez quando saiu do shopping e viu aqueles dois viventes sentados praticamente no meio da rua.

Mas a humanidade é feita para melhorar, não é mesmo? A gente evolui e os serviços evoluem – pelo menos deveria ser assim com todas as pessoas e em todos os lugares. Agora, o Moinhos Shopping oferece de forma gratuita para seus frequentadores o Pet Car, um carrinho desenhado especialmente para o transporte de cães de pequeno porte e gatos no interior do shopping. Avisa o shopping: “como serviço gratuito, o Pet Car é novidade no Estado e ideal para quem não abre mão do conforto e da companhia dos pets.”

bento1NUNCA MAIS VAMOS SENTAR NA CALÇADA?

shouting-womanNUNCA!!

olivia10POSSO IR TAMBÉM?

shouting-womanPODE!!

Os carrinhos possuem um cesto forrado com uma almofada revestida com proteção de plástico, higienizada a cada empréstimo. O Pet Car pode ser retirado no setor de Relacionamento com o Cliente, localizado no 1º andar, logo abaixo das escadas rolantes. O serviço está disponível todos os dias, no horário de funcionamento do shopping, e a circulação dos carrinhos é permitida por lei em toda a área do shopping, com exceção da praça da alimentação e da praça dos cafés.

Olha como é o carrinho!!

00 Matilda - Pet Car - Moinhos Shoppping (3) (2)BEEEEM ESPAÇOSO E CONFORTÁVEL!

De outro ângulo!

00 Matilda - Pet Car - Moinhos Shoppping (1) (2)O QUE ME DIZEM DA ALEGRIA DA USUÁRIA??

bento1QUEM É ELA?

Chama-se Matilda, Bento. É uma shith tzu que fez as vezes de garota-propaganda para mostrar o carrinho. Por que? Rolou um certo interesse?

bento1ESTOU PERDIDAMENTE APAIXONADO

olivia10QUE NOVIDADE

Você também vai gostar