… E a quarta-feira ainda nem tinha amanhecido quando a doce e encantada Mariana abriu os olhos, olhou no relógio e eram apenas 3h30min da madrugada. A doce e encantada Mariana percebeu o quão seria difícil dormir novamente, pois a doce e encantada Mariana tinha duas reuniões marcadas para a manhã, teria que brincar de Polly com sua sobrinha para liberar a mãe a a avó da sobrinha para outras tarefas, teria que fazer o passeio da manhã e da tarde com o animal para só então pensar em sentar na frente do computador, escrever seu blog, escrever sua coluna da revista Donna do próximo domingo e se, o tempo permitisse, dar mais uma trabalhada em seu novo livro, uma vez que a contagem regressiva está cada vez mais no fim da linha.

E ENTÃO, MARIANA???

O QUE ACONTECEU QUANDO A DOCE MARIANA DESPERTOU DE MADRUGADA?

NÃO CONSEGUI MAIS DORMIR

FIQUEI ASSIM, Ó

De olhos esbugalhados virando de um lado para outro da cama. Fiquei assim por uma hora. Dormi mais duas horas e meia e o maldito despertador deu um berro. Então, saltei da cama e pisei no rabo do animal. Ainda estava escuro, ainda não tinha amanhecido, ainda não havia nada de luz dentro no quarto. Com o susto do despertador, com o susto de poder estar atrasada, com o susto de nem saber onde estava, com medo de me atrasar para as reuniões, dei uma cambalhota da cama e caí em pé no chão.

BEM EM CIMA DO RABO DO ANIMAL

E o que acontece quando a doce Mariana pisa sem querer no escuro do quarto em cima do rabo do animal? Já contei uma vez. Acontece isso!

BENTO = TUBARÃO
MARIANA = FOCA

E assim a doce e encantada Mariana despertou na manhã ainda escura desta quarta-feira. Tirou o pijama, tomou seu banho, tomou seu café com espirros de protesto do animal e foi passear lacrimejando de frio com o animal. E depois do passeio com o animal, a doce Mariana foi para uma primeira reunião na Zero Hora.  E depois da primeira reunião, a doce Mariana foi para a segunda reunião em Zero Hora.

MAS TU NÃO ESTÁ DE LICENÇA, DOCE MARIANA?

ESTOU!!!!!

MAS ACHAM QUE ESTOU DE FÉRIAS!!

ACHAM QUE ESCREVER UM LIVRO EM UM MÊS É FÁCIL!!!

A COMEÇAR PELA MINHA PRÓPRIA MÃE!

Minha própria mãe me ligou para saber se, depois de todas as minhas reuniões, eu poderia ficar com minha adorada sobrinha para ela ir ao médico. Eu só tinha que escrever no blog, escrever o livro e escrever a coluna de domingo. Mas respondi que sim!

CLARO QUE SIM

Durante uma hora, joguei o jogo das princesas. Durante a outra hora brinquei de Polly.

BOTEI A ROUPINHA E TIREI A ROUPINHA DE TODAS AS POLLYS

Sempre sob o olhar de indagação da Olivia.

O BENTO NÃO VEM?

ELA ME DEIXOU EM CASA

Bento se faz de vítima. Diz que não quer brincar de Polly nem morto e depois coloca a culpa em mim. É sempre assim. E então, quando a doce Mariana tinha gasto toda a sua criatividade inventando mil histórias de Polly… a vovó voltou para casa!

A VOVÓ CHEGOU!

A VOVÓ CHEGOU!

TIA MARI ESTÁ LIBERADA!

A VOVÓ CHEGOU!

Gostou de brincar de jogo das princesas e de Polly com a Tia Mari, Marina?

SIIIIIMMMM!!!

Então, a doce Mariana conseguiu vir para o reino encantado do seu lar. E quando a doce Mariana chegou ao reino encantado do seu lar….

MEU DEUS!

Havia um reino de doces esperando a doce Mariana. Havia uma cesta encantada do Sabor de Luna – Especialidades Uruguaias. Havia esta querida e delicada cartinha…

E esta cesta de maravilhas!

OOOOOOOOHHHHHH!!!!

Agora, vocês me dão licença.

É POR UMA CAUSA NOBRE!