Minha vida nunca mais será a mesma depois de conhecer a Farofa de Panko

captura-de-tela-2014-11-25-c3a0s-11-57-50

Semana passada, fomos ali no Bar do Gomes, onde funcionava o Le Bistrot, na rua Fernando Gomes. Ali, entre o Constantino e do Dado Pub, sabe? Foi a segunda vez que Chico, eu, Georginho e Paulinha saímos para bebericar no bar. Conversa daqui, conversa dali, pede uma cervejinha aqui e uma caipirinha ali, entrou em pauta o assunto “o que vamos pedir para comer?”.

– Batatas bêbadas!!! – eu falei.

almondegas16AMO AS BATATAS BÊBADAS DO GOMES!!

As batatas bêbadas do Bar do Gomes são do mesmo estilo das batatas bravas espanholas. Elas vêm servidas com páprica picante e aioli.

Olha!

unnamedOOOOOOOOHHHHHHHH
Croc, croc, croc, croc, croc!!!
Foto escura pra variar…. Mas dá pra ver, né?

Mas continuava a pergunta no ar:
- O que mais vamos comer? – perguntou a Paulinha.
- O que vocês quiserem – respondi – Já estou mais do que feliz com minhas batatas bêbadas.
Foi então que o Georginho e a Paulinha fizeram o que adoram fazer – principalmente o Georginho: olhou para os lados, espiou o que era servido nas outras mesas e perguntou ao garçom o que era aquele prato logo ali adiante – ao que o garçom respondeu: “filé migon grelhado ao molho gorgonzola servido com pão levemente tostado”.
- É esse. Pode trazer – pediu o Georginho.

Olha!

unnamed1OOOOOOOOHHHHHHHH
Di-vi-no!!!

Além da delícia, o filé mignon da chapa grelhado ao molho gorgonzola servido com pão levemente tostado, nos apresentou uma novidade nunca antes imaginada (desculpem a ignorância…). O que é, o que é? Farofa de Panko!

chocada61HÃ?!!

woman-questionFAROFA DE QUÊ, MARIANA?

Farofa de Panko. Já tinham ouvido falar? Eu nunca. Uma delícia! Desde já minha farofa predileta. Croc, croc, croc, croc, croc, sabe assim? A farofa de Panko é feita com a farinha de Panko – que é aquela farinha de empanar bem crocante que costuma estar à venda nas seções de ingredientes orientais. A diferença dela para todas as outras é que é mais flocada e mais crocante, tipo uma farinha de rosca para empanados, sabe assim?

Olha!

farinha-panko__996_lEIS UM EXEMPLO!!

Se onde você mora não tem setor oriental em supermercados ou lojas de conveniência, não se desespere. Dá para chegar a um resultado parecido com pão de fôrma e frigideira. Achei um vídeo que explica como é fácil fazer com pão.

Olha!

Não é preciso dizer que, para fazer a farofa, é preciso manteiga. Não é preciso dizer que é algo engordativo. Mas também não é preciso dizer que essa história de sem glúten, sem lactose, diet, light já encheu a paciência, vai dizer? Você não tem doença celíaca? Você não é intolerante a nada? Então, pare de neura e coma de tudo com equilíbrio e moderação. Faça exercício e era isso. Vá ser feliz!

woman-feel-irritatedCHEGA DE NEUROSE DESSA VIDA MODERNA!

Uma receitinha muitos simples para preparar a Farofa de Panko é ralar a cebola, refogar a cebola na manteiga (até ela ficar bem douradinha), acrescentar a farinha de Panko, mexer, mexer e mexer sem parar até ela ficar crocante e douradinha. Essa é a mais normalzinha. Depois dá para inventar mil e uma variações, como misturar castanha de caju, bacon, banana…. Vai do gosto de cada um!

nham nhamNHAM NHAM!!!

Você também vai gostar

As profissões estimuladas por uma dita “pátria educadora”

Brasil-680x250

Estava atrasada para uma reunião e não havia jeito de encontrar uma vaga para estacionar o carro. Dei voltas e mais voltas na quadra. Nada. Por motivo de urgência, resolvi fazer o que procuro evitar: deixei o carro com o manobrista de um desses estacionamentos que se proliferam pela cidade.

MULHER PANICELES ESTÃO POR TODA PARTE!!!

Permaneci cerca de duas horas na reunião – não mais do que isso. Quando voltei para pagar, o susto: R$ 45.

mulher com raivaO QUÊ??!!

mulher-doidissima43-300x251ISSO É UM ASSALTO!!

Tirei uma nota de R$ 50 da carteira em estado absoluto de choque. Enfiei os R$ 5 de troco no bolso da calça e fui andando em direção ao carro. Sentei na direção – e meu celular tocou. Falei um pouco e respondi duas mensagens. Liguei o carro e me dirigi até a catraca. Aproximei o ticket para a leitura ótica e nada: a catraca não abria. O funcionário aproximou-se.

mulher-blusa-vermelha-nao-quero-ver1NÃO ACREDITEI NO QUE ELE DISSE

- São mais R$ 5 – o funcionário avisou.
- Desculpa, não entendi – respondi (não querendo continuar entendendo o assalto).
- Depois de pagar o ticket, a senhora permaneceu mais 10 minutos no estacionamento. Então, são mais R$ 5 – ele repetiu.
- Mais R$ 5 além dos R$ 45 que eu já paguei? É isso o que o senhor está me dizendo? Tem certeza?
- Sim, senhora.

mulher-hysteria3MAIS CINCO REAIS!!

bento1ELA CHEGOU EM CASA CUSPINDO FOGO

14olivia55DEVIA TER CUSPIDO MAIS

Chegamos a um nível de obscenidade na hora de estacionar o carro nunca antes visto na história desse país. A política do ganhar dinheiro fácil, tão ensinada e estimulada pelos exemplos indecentes dos partidos políticos deste governo federal miserável, estão exemplificadas nas figuras dos ditos guardadores de carros.

desenho-apresentador-de-circoOS DONOS DA RUA!!

Na semana seguinte, fui estacionar o carro no Moinhos de Vento. Havia uma vaga lindamente dando sopa, porém reservada com um cone. Engatava a ré quando aproximou-se o guardador-dono da vaga – e já foi avisando:
- São R$ 15.
- O quê? Quinze reais para deixar o carro em via pública? – me certifiquei.
- Se a senhora não quiser pagar R$ 15, aquela vaga mais na frente também é minha e custa R$ 10.

chocada11-245x300HÃ??!!

Decidi ir a campo investigar quanto lucra em média um guardador de carro. Conversei com um deles na Cidade Baixa. Me contou que ganhava R$ 300 por dia. Peguei a calculadora e fiz as contas. Ele fatura R$ 37,50 por hora. Contando que folga nos finais de semana e trabalha oito horas por dia de segunda a sexta-feira, ganha R$ 6 mil por mês.

woman funny-facesQUE BELA “PÁTRIA EDUCADORA” ESSA, HEIN?

 

A tradicional Banca 40 abre versão pocket no Moinhos de Vento! Oba!!

banca donna

Fim de semana passado, tive minha programação alterada por requisição familiar. O passeio com Bento e Mana, que sempre acontece pela manhã, teve que ser adiado para o início da tarde. Pouparei vocês da cara de desalento dos dois quando me viram parada na porta de casa, quase sem conseguir sair de tanta dó, explicando que o passeio não se daria naquele momento. Desci as escadas do prédio com meu coração despedaçado.

coracaoapertadoAPERTADO ASSIM

Feito meu devido comparecimento junto à família, voltei para casa por volta de uma hora da tarde quase derrapando nas esquinas. Os dois estavam eufóricos me esperando. Havia prometido que Bento apresentaria a Mana suas duas ruas de passeio preferidas: Dinarte Ribeiro e Padre Chagas (o cara adora desfilar na badalação….). Então, pegamos o carro e partimos naquela direção. Mal abri a porta, ali na Praça Maurício Cardoso, foi um Deus nos acuda – um saltando por cima do outro.

Resolvi aproveitar para matar a curiosidade de conhecer um lugarzinho novo que abriu na Padre Chagas, ali na frente do Mulligan e quase na esquina da rua Fernando Gomes: a Banca 40. Sabe a famosa Banca 40 do Mercado Público? Pois recentemente foi inaugurada uma filial pocket no coração do Moinhos de Vento.

Olha!

banca 1COM DIREITO A MESINHAS NO DECK E TUDO
Fiz essa foto enquanto Bento puxava para um lado e Mana para outro, uma beleza….

Amarrei os dois em uma das cadeiras do deck e entrei para conhecer o lugar. Eu achei que seria um espaço mais de produtos mesmo, mas é menos produtos e mais serviço. Quero dizer que mais da metade da Banca 40 foi usada para servir refeições e guloseimas em um amplo salão nos fundos da casa.

Olha!

banca 4UM COMPRIIIIIDO CORREDOR!
Lá nos fundos está o salão!

E agora eu me pergunto: por que é mesmo que não fiz fotos do salão? Hein? Porque sou uma incompetente mesmo.

bento1PELO MENOS ELA RECONHECE

Na frente, logo na entrada, está situada uma cafeteria com mesinhas internas e uma vitrine de doces e salgados, além de uma pequena banquinha com frutas e outras naturebices – mais para dizer que tem mesmo. A variedade não é grande.

Olha!

banca 6A CAFETERIA E O PAINEL COM A IMAGEM DO MERCADO PÚBLICO ALI À ESQUERDA…

banca 3A VITRINE COM ALGUMAS GULOSEIMAS DOCES E SALGADAS….

banca 2O RECANTO DAS NATUREBICES…
Y otras cositas nem tão naturebas assim, como os biscoitos Globo

Pensei em sentar na rua para tomar um café, mas estava frio. Por que não sentei dentro? Porque achei sacanagem sentar para tomar um café enquanto a dupla dinâmica me esperava no frio do lado de fora. Não só esperava como clamava pela minha volta. Bento está acostumado a me esperar deitadinho e quieto, mas a Alpaquinha…. A Alpaquinha fica absolutamente alerta a cada movimento que faço e não tira os olhos de mim. Sendo assim, quando botei o pé para fora da Banca 40, eis a imagem que encontro!

banca 7A DUPLA DINÂMICA EM POLVOROSA PELA MINHA VOLTA
Bento até tentou ficar deitado embaixo de uma das cadeiras, mas a Alpaquinha infernizou tanto a vida dele que resolveu se levantar e espiar onde eu estava. Ela, claro, com essa língua de fora feito um camelo, achando que ia rolar alguma guloseima. Está para nascer uma lhasa mais gulosa…

Feitas as devidas gritarias e saudações pelo meu retorno, ainda pedi licença aos dois para tirar duas fotos que faltavam – uma do carrinho de sorvete (sorvete que é marca registrada da Banca 40 do Mercado Público) e outra de um close das delícias.

Olha!

banca 8O CARRINHO TODO ESTILOSO….

banca 9O CLOSE EM ALGUNS SABORES!
Nham nham!!!

Não experimentei nenhum. Primeiro porque não tinha almoçado ainda e também porque não tinha mão para dois cachorros e um sorvete. Então, com a Banca 40 devidamente conhecida, mas ainda não experimentada, voltamos toda a Padre Chagas até o carro estacionado, subi ao volante e retornamos para casa. No meio do caminho, alguém parecia um bocado cansada de sua estreia na região preferida do Xerife.

Olha!

banca 11ALPAQUINHA EM MOMENTO QUASE NÃO CONSIGO ABRIR OS OLHOS
Agora peço um minuto de atenção: reparem na expressão incrédula do animal!

O animal está visivelmente chocado. O animal acha que final de semana é para ficar saracoteando na rua até escurecer. De preferência, indo e voltando da Padre Chagas, entrando na Dinarte Ribeiro, almoçando no Puppi Baggio, tomando café no Chocólatras Anônimos… O animal acha que a vida é isso – apenas isso.

bento1ESTOU ENGANADO?

Extra, extra! Nova pesquisa da SecondLove mostra o mapa da traição no Brasil

lovers1

Ei, você aí! Já ouviu falar no Secondlove? Pois o Secondlove, como o próprio nome em inglês sugere, é um site de relacionamento para pessoas comprometidas que procuram uma relação extra-conjugal. Foi concebido para adultos que estão numa relação e procuram outras pessoas na mesma condição para terem um romance: seja um simples jogo de sedução por computador ou um verdadeiro encontro pessoal. Em 2011, quando o site foi lançado no Brasil, 75 mil pessoas se inscreveram. Atualmente são mais de 348 mil usuários no país.

angry-woman-585x389AH, SE EU TE PEGO!

Iniciado em 2008 com sucesso na Holanda, em cinco anos o negócio expandiu-se para Bélgica, Espanha, Portugal, Argentina, México, Chile e Brasil. Pois o site acaba de realizar uma pesquisa com seus usuários para entender quem são e quais os motivos pelos quais as pessoas traem. Neste levantamento, percebeu-se que a maior parte dos adeptos à traição são homens casados há mais de sete anos, entre 30 e 49 anos, e com curso superior.

businessman_2757898bDANADINHO!!

A grande maioria das pessoas interessadas em ter um caso estão em São Paulo. Representam 41% dos usuários de Second Love. Já o Rio de Janeiro, é o segundo estado com mais traições, com 15,2%. Na sequência vem Minas, com 10,3%, e Paraná, com 5,7%.

questionmarks-300x243POR QUE TRAIR?

Os motivos para trair são diversos, mas o principal é a monotonia no relacionamento, com 51,7%, seguido de perto pela falta de sexo (45,3%). Apesar desses dois serem os motivos que ganham em disparado, os pesquisados citaram também falta de atenção e espontaneidade do parceiro, monotonia no relacionamento e vingança.

woman-thinkingHUUUMMM….

A maioria dos pesquisados possuem alguma expectativa com a traição, seja que resulte em um relacionamento casual (50,2%), em um novo parceiro (18,5%) ou mesmo uma relação longa (15,6%). Ainda assim, há também os que esperam somente por uma noite de aventura (7,2%).

woman-yelling-istock-de22COMO COMEÇA A TRAIÇÃO, MARIANA?

Entre as oportunidades preferidas para começar a trair, além da internet, estão presentes também os bares e restaurantes (26.4%), passeios (11%), trabalho (5,8%) ou férias (3,7%). Para não serem descobertos, muitos dos pesquisados possuem truques, sendo o principal deles excluir todos os rastros digitais, apagando pistas do computador, tablet ou celular (52,6%).

Business woman standing outside in front of office building, using mobile phoneDANADINHA!!

Há também os que fingem estar em reuniões de trabalho (26,1%) ou que vão bem longe de casa para trair (31,3%). E muitos não precisam tomar qualquer cuidado, pois seus parceiros sequer desconfiam da traição (28,9%).

Sleeping GirlTAPADINHA!!!

A pesquisa mostra também que o grande campeão na hora da traição é o computador. Para 46,5% dos respondentes, o melhor lugar para começar uma aventura é online. Inclusive, muitas das pessoas que se cadastram em um site de traição, por ser um ambiente mais discreto para se ter um caso, nunca traíram, ou traíram poucas vezes: 53,6% dos usuários de Secondlove nunca tiveram um caso antes de entrar no site, ou traíram até, no máximo, duas vezes. Dos infiéis que responderam a pesquisa da empresa, 59,2% nunca foram pegos por seus respectivos companheiros.

loversESPERTINHOS!!

Embora traição seja um assunto muito comum no Brasil, as relações abertas, segundo dados do site, não são tão corriqueiras: apenas 17,5% das pessoas possuem um relacionamento no qual há um acordo de que se pode ter um amante. No entanto, para muitas das pessoas, trair não é um segredo. Há uma parcela de 30% que conta para suas esposas ou seus maridos sobre as aventuras com outros parceiros.

bento1MODERNINHOS

Você também vai gostar