Donna - ir para home

Descobri um paraíso da beleza no centro de Porto Alegre

nc

Há cerca de dois meses, acho que meados de novembro, fui à minha visita trimestral à dermatologista. Papo vai, papo vem, mudanças de creminhos aqui e ali, sugestão de operação de pálpebras à vista (tenho as pálpebras caidinhas e isso é algo que já começa a incomodar. Quanto mais passa o tempo, mais elas caem e pode prejudicar a visão), perguntei à doutora Glades se ela conhecia alguém que fizesse uma boa limpeza de pele.

- Conheço a melhor de Porto Alegre – ela disse.
- Sério? – respondi, já sentindo tremeliques pelo corpo de felicidade.
- Sim, só que fica no Centro. Não sei como é a tua disponibilidade para ir ao Centro.
- Se for a melhor limpeza de pele de Porto Alegre, minha disponibilidade é total – falei.
- Fica na Rua dos Andradas.  Eu faço lá. Tu tem que pedir para fazer com a Neusa. Ela sabe tudo. Aqui está o telefone – doutora Glades respondeu, me alcançando um papelzinho.

18-por-ai-mulher-gritando8PRECISO CONHECER A NEUSA!

O tempo foi passando, o final de ano foi ficando mais e mais caótico – e eu fui me conformando de que só conheceria a Neusa quando a poeira baixasse. No dia 26 de dezembro, data em que pegaríamos o carro e rumaríamos às merecidas férias em Punta, fiz a sugestão de atrasarmos em um dia a nossa viagem para que eu pudesse fazer tudo o que não havia tido tempo e merecia: me proporcionar um dia de noiva. Tempo sem pressa para cuidar da beleza. E pode ter coisa melhor?

mujergritandoNÃÃÃÃOOOOO!!!!

Marquei a limpeza de pele com a Neusa em uma sexta-feira de dezembro chuvosa. Peguei o carro sem pressa, fui ouvindo uma musiquinha feliz, estacionei em frente à Casa de Cultura Mario Quintana e saí andando rumo ao número 1237 da Andradas. Passei em frente à Praça da Alfândega, cruzei a rua General Câmara e na quadra seguinte fui cuidando a numeração. Era um prédio, do lado direito, bem na frente de uma loja Panvel, com um letreiro que avisava: NC ESTÉTICA. Entrei no prédio, no elevador e apertei no quarto andar. Quando o elevador chegou, abri a porta e… pirlimpimpim!!

ncOOOOOOOOOOOHHHHHH!!!
A visão do paraíso!!

nc1OOOOOOOOOOOOOHHHHHHHH!!!!
A visão da esquerda do paraíso!!!

Me aproximei do balcão e avisei que tinha uma limpeza de pele marcada com a Neusa Camargo. Enquanto a recepcionista consultava a agenda, fiquei olhando ao redor e dei de cara com o logotipo da estética: NC. “Neusa Camargo só poder ser a dona”, pensei. Mas não perguntei. Fui aconselhada a esperar um pouquinho e fiquei ali pela recepção dando fé de todos os produtos de beleza à venda que estavam expostos. De cara, já achei um condicionador sem enxágue que ouvi a comentando com outra cliente, poucos dias antes, quando havia ido ao KAPO, a nova e linda casa da Bê.

Olha!

condicionador_leave_in_spray_moisture_kick_bonacure_bc_schwarzkopf_cabelos_secos_normais_ondulados_ou_cacheados_aoraOOOOOHHHH!!
Spray condicionador sem enxágue da marca alemã Schwarzkopf.
Estou usando e adorando!

Vi mais vários produtinhos incríveis, mas decidi manter a calma (a impulsão que tenho para comprar produtos de beleza é inversamente proporcional à que tenho para comprar roupas). A recepcionista avisou que eu podia passar. Entrei na sala da Neusa, uma sala super espaçosa e aconchegante, onde ela está cercada de tudo o que precisa para fazer a gente sair de lá feito princesa. E foi como eu me senti. Amei a limpeza de pele da Neusa. Fomos conversando e percebi o quanto ela entendia da profissão. Como raras profissionais hoje em dia. Neusa é esteticista, cosmetóloga, maquiadora e visagista. Aproveitou e disse que faria uma depilação com fio egípcio no meu rosto e na minha sobrancelha. Nunca tinha passado por essa tormenta. Aquele fio desgraçado dói que é a morte. Mas o resultado é divino e eu virei adepta da técnica.

neusaMUITO PRAZER, SOU A NEUSA!

Conversa daqui, conversa dali, falamos sobre cílios e tal, que eu gostaria de ter mais cílios e tal. Ema comentou que eu não precisava de mais cílios, que meus cílios eram lindos, que eu tinha apenas que aprender a valorizá-los.
- Dou aula de automaquiagem, sabia? – me disse.
- Sério?
- Sim, mas apenas individualmente ou no máximo para duas pessoas. Gosto que tragam tudo de casa e ensino como usar. Vou te fazer uma maquiagem bem dia a dia para tu ver se tu gosta.

mulher-assustada-jpeg2MAQUIAGEM DIA A DIA?

mulher-assustada-jpeg2SÓ USO POUCO RÍMEL…

mulher-assustada-jpeg2VOU SAIR DAQUI FEITO UMA BARBIE…

Resolvi concordar. Então, rapidinho, passada a limpeza de pele e o fio egípcio, Neusa me apresentou a uma linha de maquiagem bárbara, que eu confesso não conhecia, chamada ART DECO. Aplicou uma base maravilhosa, beeeem levinha, um rímel, um lápis, um blush e até um batom (odeio batom). Quando eu me vi no espelho, quase caí para trás. Sabe quando a gente tem os traços valorizados, mas parece não estar maquiada?
- Nossa, eu amei! – disse pra ela.
- Eu gosto de maquiagem assim, quando menos é mais. Ela deve servir apenas para valorizar os traços de cada uma. Minhas clientes são mulheres reais.

03-por-ai-mulher-gritando51-267x300EU TAMBÉM SOU UMA MULHER REAL!

Me identifiquei completamente com a Neusa, com a NC, com o conceito, com tudo. Saí de lá com rímel, base, lápis, blush e até dois batons na sacola. Tudo o que ela havia usado em mim. E mais um filtro solar com cor maravilhoso, da ADCOS, que não tirei do rosto durante as férias.

Olha!

adcos-rp-defense

OOOOHHHH!!!!
O meu é o do meio, para todos os tipos de pele!

Aproveitei que estava sem pressa e subi um andar, até o quinto, para conhecer a Olivia, que faz podologia, reflexologia, hidratação e esfoliação de pés. Sentei na cadeira da Olivia, outra sabe-tudo da profissão, e fiz tudo o que tinha direito. Virei cliente imediata. Voltei lá esta semana – e foi na minha volta esta semana que conheci a Ana Maria, dona de umas mãos de fada que fazem uma drenagem inspiradora. Já me tornei cliente também. Antes de ir embora, marquei a aula de auto-maquiagem com a Neusa. Paulinha vai fazer comigo. Estamos empolgadíssimas. E foi assim, em um dia chuvoso de dezembro, no finalzinho de 2014, que eu descobri aquele que seria o meu paraíso da beleza em 2015 e para todo o sempre.

mulher-rezando-o-terco-vermelho1AMÉM

Você também vai gostar

La Caracola, para sempre na memória!

CARACOLA 5 10906310_772465309508967_8350689064078669491_n

Chove, venta, relampeja, faz um pouco de frio aqui em Punta del Este nesta terça-feira. Eu agradeço de joelhos. Tenho pouca tolerância para sol e calor e acho que não existe nada mais relaxante em umas férias na praia do que um dia de trégua do bom tempo. O animal lambe as patinhas aqui embaixo da mesa, só pra variar. Está deitado em seu tapete de xerife, já deu sua volta na quadra quando acordou e agora exibe uma cara de mais preguiça do que a minha e a do Chico juntas. Sorte dele que tomou banho ontem e pode ficar em casa sem intoxicar os outros residentes com sua fedentina de gambá atropelado na estrada.

bento1ELA PEGA PESADO

Postei umas fotos na página do blog no FB sobre o passeio ao La Caracola e agora venho por meio desta postar as mesmas fotos, mas falar sobre um dia de praia para guardar pra sempre na memória. Explico primeiro do que se trata: O LA CARACOLA é um parador localizado em Laguna Garzón, em Jose Ignacio. Do centro de Punta até lá leva-se aproximadamente 40 minutos de carro ou táxi. É preciso fazer reserva, pois, durante a temporada, só abre até o dia 31 de janeiro e vive lotado. Nós, por exemplo, telefonamos na quarta-feira e só conseguimos reserva para domingo.

Uma diária no La Caracola custa US$ 180 por pessoa. Contando a taxa de serviço, essa diária sai por US$ 200 (cerca de R$ 600). Não é barato, mas, para quem gosta de investir em experiências em lugares bacanas e exclusivos, vale cada centavo (está tudo incluído). Vou falando mais sobre valores, serviços e experiências no decorrer das fotos que tiramos. Antes disso, mais algumas informações: o La Caracola pertence aos mesmos donos de outro parador muito falado, frequentado e delicioso aqui de Punta, o LA HUELLA, na praia de Jose Ignacio.

h3MUITO PRAZER, SOU O LA HUELLA!
O la Huella é considerado pelas publicações especializadas como um dos melhores paradores do mundo

Parador-La-HuellaA IDENTIFICAÇÃO EM FRENTE AO PARADOR
Ele está aberto o ano inteiro, sempre com boa lotação

la-huella-2VISTA DE UMA DAS MESAS DO PARADOR
Ao fundo, a praia de Jose Ignacio, frequentada por todos os perfis – de famílias com crianças, que alugam casas por ali, a modelos e celebridades (sobretudo argentinas)

Feita a devida apresentação, volto para o La Caracola. Fizemos a reserva e foi preciso pagar 30% para garanti-la. O La Caracola só aceita American Express e dinheiro. Aqui em Punta, há uma guerrinha de cartões. Alguns restaurantes, por exemplo, dão descontos de 25% a 30% a proprietários de cartões Santander. Outros beneficiam titulares do Itaú. No caso do La Caracola, o eleito é o American Express. Nós não temos American Express, mas como a Ju e o Lamacchia iam conosco – e passariam lá por perto – acabaram indo ao La Caracola e dando este sinal para todos.

CARACOLA13 1601593_772465596175605_369444935507195325_nSELFIE (SEM PAU DE SELFIE) DE NÓS QUATRO AO CHEGAR AO LA CARACOLA

O parador abre das 13h30min até o cair do sol, que acontece por volta de 9h da noite. O ideal é chegar no horário para aproveitar cada minuto e fazer valer o investimento. Quando postei as fotos do nosso lindo dia na página do blog no Facebook, recebi um comentário da Maria Angélica Aires, que eu não conheço, mas que reproduzo aqui até como serviço de utilidade pública. Escreveu a Maria Angélica:

“Grande bosta uma praia onde o melhor da praia não dá pra fazer, ou seja tomar banho de mar, se for pra se espojar na areia a pracinha do bairro é mais perto e não tem um bando de pedante dando pinta de rico. Se tem lugarejo detestável é essa tal de Punta, o Uruguai e os Uruguaios são tudo de bom mas esta cidade é um nojo”.

utilidade-publica11VAMOS A ELA!

1) O La Caracola é um parador localizado em uma praia de propriedade privada (no caso, o dono do parador). Como toda a praia, permite banhos de mar. Tomamos vááááários. Uma delícia.
2) A pracinha do bairro é um ótimo lugar para se espojar. No meu caso, me espojo bastante no Parcão, perto da minha casa, em Porto Alegre. Indico muito! Também ando me espojando bastante nas areias gratuitas aqui de Punta, nas mais diversas praias que essa linda cidade oferece a quem vem disposta a curti-la sem mágoa e de coração aberto.
3) Pessoas pedantes existem em todos os lugares do mundo. No caso do La Caracola, eu não vi. Até porque cada turma de amigos fica em seu próprio acampamento armado e pouco contato tem com a vizinhança – apenas na hora do almoço, servido no parador.

bento1FALA SOBRE AS MASCOTAS

Existe um único porém no La Caracola: cachorro não entra. Sinceramente, não entendo e não concordo. Mas, como já disse, a praia tem um proprietário e ele coloca em sua propriedade as regras que bem entender. Quem quiser, vai; quem não quiser, não vai. A Nádia Albuquerque comentou nas fotos da página do blog que há uns anos atrás eles aceitavam animais de pequeno porte. Eu pretendo voltar ao La Caracola e pretendo questionar essa decisão junto ao dono. Até para entender melhor o porquê da negativa e para tentar negociar a entrada do animal. Assim sendo, não foi desta vez que Bento se espojou nas areias do La Caracola.

bento1PISADA DAS GRANDES

Vamos às fotos e aos comentários, explicações, dicas e afins?

CARACOLA20 10520650_772364039519094_1105267301142378062_nEsta sou eu esperando a balsa!
Ao chegar pela estrada, estacionamos e deixamos o carro. Então, esperamos uma pequena balsa que atravessa a lagoa e nos leva ao parador!

CARACOLA17 10406974_772364096185755_8843443823521834539_nSelfie (sem pau de selfie!!) minha e do Chico esperando a balsa. Foi antes de eu descer para tirar a foto ali de cima. Lá ao fundo desta selfie dá pra ver o parador. Tiramos com este intuito. Detalhe que acho importante: que roupa vestir. Biquíni ou maiô, claro, para aproveitar o banho de mar. Aconselho também a levar uma saída de praia, ou um cáftã, ou um shortinho e camisetinha pra usar na hora de subir para o parador para almoçar. Há banheiros e chuveiros na parte externa para se trocar. Eu preferi ir com maiô e shortinho jeans. Na bolsa, levei uma camisetinha.

LaCaracola_JoseIgnacioAqui, a entrada do parador. Quando a travessia termina (leva 5 minutinhos), chegamos a esta casa, com a praia ao fundo). Esta foto eu peguei da internet porque acabei não fazendo. Dá pra ver que no dia desta foto o céu estava mais azul. Fomos num dia nublado, porém quente, que não prejudica em nada o passeio

CARACOLA6 10403355_772465379508960_7126513675845237656_nCabanas na praia: cada turma ou casal tem sua própria cabana. Trata-se de um grande guarda-sol e até uma tenda para tirar uma siesta, além de cadeiras, mesinha, esteiras, mantas e travesseiros na areia. O La Caracola também disponibiliza toalhas. Não precisa se preocupar com isso!

CARACOLA10 10801838_772465512842280_4298600449487208161_nA tenda para la siesta…

CARACOLA 4 10420258_772465352842296_1585547735086169701_nA esteira na areia com travesseiro e manta para o banho de sol ou para la siesta…

CARACOLA7 10917035_772465416175623_1638618321394350443_nA Mariana tirando la siesta…. Ju tirou a foto e quis me fazer chantagem. Mas como eu sou uma pessoa que acabo com minha própria reputação, aproveitei o registro de barriga pra baixo para mostrar que vivi, literalmente, um dia de muitos sonhos no La Caracola!

CARACOLA12 10930869_772465579508940_2713075161331465682_nEste rapaz muito simpático de camiseta azul e de costas é o Santiago. Santiago foi o uruguaio torcedor do Peñarol destinado a servir nossa barraca. Ali, apareço eu com alguns dos Aperol que bebi. No La Caracola, o sistema é o seguinte: a gente chega, larga as coisas no acampamento e somos servidos a todo instante. Bebe-se o quanto e o que quiser. Antes do almoço, servido por volta de 3h30min/4h, Santiago fica passando com aperitivos. Comemos ceviche, espetinhos com chipirones na plancha e camarões, milho verde, pasteizinhos de carne, minipizzas… Tudo de um sabor inigualável! Diferenciado mesmo.

CARACOLA11 10917311_772465552842276_9148140123411102729_nCLOSE NO MEU PRIMEIRO APEROL!

CARACOLA14 16214_772465616175603_5850999133418193498_nClose no baldinho de cerveja dos guris. Yes, nós somos COXINHAS!

CARACOLA8 10923290_772465466175618_5874775793966757545_nClose no meu prato! Seguinte: lá pelas 3h30min/4h, como já disse, nos chamam para o almoço no parador. É servido o bufê. Eu não quis tirar fotos do bufê porque entendi que havia mais pessoas se servindo e ponderei que elas poderiam não gostar e tal. Se tem algo que respeito é a privacidade dos outros porque entendo que é um bem precioso. na Mesa de bufê, há uma variedade maravilhosa de saladas – tomatinhos, folhas verdes, além de tabules, pães, batatas, purê de mandioquinha e outros acompanhamentos. No dia em que estivemos lá, havia como escolha de carne a merluza assada em sal grosso e carré de cordeiro na parrilla. Difícil escolher. Estavam ambos lindos. Eu fui de merluza. Um dos pratos mais deliciosos que já comi na minha vida, sem força de expressão.

CARACOLA9 10930154_772465492842282_8541219265750431966_nSobremesa servida à francesa: brownie com calda de frutas vermelhas (me perdoem, mas não registrei o que era essa caldinha branquinha). tudo incrivelmente saboroso. Havia também uma mesa de doces, que passei longe. Terminado o almoço, voltamos para nossas cabanas. Santiago avisou que mais tarde seriam servidas tostadas de jamón e queso. Não me imaginei comendo ainda mais. Quando Santiago chegou com as tostadas, cerca de duas horas depois, olhei de longe, estavam um escândalo, tostadinhas, rellenas e feitas com pão de pita. Dei apenas uma dentada na do Chico e agradeci o restante.

CARACOLA 5 10906310_772465309508967_8350689064078669491_nPassado todo o serviço impecável, as comidinhas e drinques deliciosos, os muitos banhos de mar revitalizantes, o sol começou a se pôr no horizonte avisando que um dia incrível e para lembrar para sempre começava a chegar ao fim

CARACOLA15 10915260_772465136175651_3559046850560447971_nHora de levantar o acampamento, recolher jornais e revistas e pegar a balsa de volta. Hora do Chico fazer mais uma selfie (estava inspiradíssimo para selfies….)

CARACOLA16 10444349_772465156175649_2119077394347290832_nHora da Ju fazer uma selfie con la puesta del sol ao fundo…

CARACOLA 2 10311360_772465236175641_7785020849516280174_nE mais uma selfie cheia de animação…

CARACOLA1 10928850_772465189508979_1140717342228258485_nE mais uma última selfie voltando na balsa!

E assim termina essa história de oito horas vividas ao lado de amigos queridos no La Caracola, com um serviço de primeira, com sabores incríveis, com uma experiência que levarei para sempre na memória e no coração. Da próxima vez, juro que acharemos um jeito de o animal ser dos incluídos.

bento1QUERO ME ESPOJAR NAS AREIAS DO LA CARACOLA

olivia10EU TAMBÉM

Você também vai gostar

“No te olvidaré”, No Me Olvides!

no-me-olvides

Preparamos a geleira com frutas, cervezas, frutas secas, água, pegamos cadeiras, guarda-sol e partimos para um dia de praia em Solanas na linda tarde de ontem. A ideia era passar o dia na praia até a puesta del sol. Mas…. Solanas não é mais a mesma. A praia que teve seus áureos tempos de glória está decadente. O paradouro que muito agito promoveu está fechado e abandonado. Em ruínas. Descemos do carro, até armamos guarda-sol, Bento circulou pela volta, apaixonou-se por uma vira-lata muito simpática, quis arrumar briga com um poodle e refestelou-se com carinhos de unas chicas que tomavam sol. Mas ficamos pouco tempo por lá. Quando o terceiro guarda-sol voou na direção do meu olho esquerdo, achamos que estava por bem levantar e ir embora.

Chegamos a estacionar na Parada 5, mas a minha cota de praia (que já não é lá muito elástica) tinha se esgotado.
- Não estou muito a fim de descer – resmunguei.
- Então não descemos – respondeu o Chico. – Tenho uma ideia. Vamos testar as rabas a la romana do La Marea?

almondegas12VAAAAMOS!

Chegamos ao LA MAREA, na ponta do Porto, pegamos uma mesinha na rua, embaixo dos guarda-sóis, pedimos uma Zillertal bem gelada, não precisamos pedir balde com gelo (ela já veio lindamente dentro dele) e as rabas a la romana.

Olha!

LA MAREA1OOOOOOHHHHH!!!
De cara, já vi que estavam crocs!! Postarei as fotos um pouco menores pra não sofrer tanto com a demora do upload, ok? Ah, sim, e algumas invertidas também… Mas isso não comprometerá as imagens, eu juro!

 LA MAREA2Cara de satisfação do Chico ao perceber que as rabas estavam croc croc croc! Ali atrás, chamada Il Porto, é uma sorveteria nova que abriu, dos mesmos proprietários do Artico e do La Marea. Pareceu bem boa, mas ainda não experimentei.

LA MAREA5
O animal embaixo da mesa, observando, entretido, o vaivém das pessoas!

LA MAREA4O segundo prato de rabas que pedimos de tão boas que estavam!

LA MAREA
A conta e nosso consumo: R$ 117. Está caro sentar para comer aqui em Punta. Bem caro. O supermercado também está caro. Alimentos em geral estão caros. Este é o preço médio que se paga para beber e beliscar

Do La Marea viemos para casa, de casa aceitamos o convite da Ju e do Lamacchia pra jantar no Elmo. Eu já falei sobre o Elmo no ano passado, no post CENAS DOS ÚLTIMOS CAPÍTULOS. O Elmo, assim como a GELATERIA ARLECCHINO, é um verdadeiro fenômeno de Punta. Abre o ano inteiro, está sempre com lotação máxima – e o mais incrível: está muito, muito escondido. Indo para a Barra, passando Manantiales, a caminho de José Ignacio, há um momento na estrada em que devemos pegar à esquerda e entrar numa estradinha de chão. Sempre nos perdemos quando vamos lá. E sempre encontramos outros carros , alguns perdidos, outros não, que estão indo para o mesmo lugar: o Elmo.

Lá pelas tantas, uma frota de carros está estacionada e uma pequena entradinha, só com luz de velas, aparece. Chegamos. O Elmo é uma casinha de madeira muito simpática e com bastante lugares, com iluminação baixa, mesinhas na rua e na parte interna, que faz reservas para dois horários. Conseguimos para as 11h da noite. Sentamos, pedimos pizzas (especialidade do Elmo) de pancetta, de queijo de cabra com rúcula e de tomate com alho e manjericão. Não fiz fotos pois já tinha publicado no post anterior que falo acima e também porque a muvuca estava bem grande.

Saímos de lá e fomos em direção à Barra. Há muito tenho muuuiiita curiosidade de conhecer a No Me Olvides, uma pizzaria em Manantiales que vive lotada. Sempre penso que a pizza deve ser muuuito boa, que algo especial existe ali. Pois a caminho de casa, passamos pela No Me Olvides e estava botando pelo ladrão.
- Vamos descer? – falei pro Chico.
- Vamos.

Ju e Lamachia encostaram o carro do lado.
- Vamos descer? – perguntaram.
- Vamos.

NO ME OLVIDES1Aqui descemos, no meio da muvuca. A foto ficou meio escura, mas é melhor do que nada, vai dizer? Estava lotado, não havia uma mesa sobrando. Por sorte, um dos donos viu quando pedimos mesa e ofereceu para sentarmos junto com ele (que também é o DJ do lugar) logo ali em cima, na varanda!

NO ME OLVIDESVamos fazer uma selfie da gente no “camarote”?
Vamos!!
Alface!!

NO ME OLVIDES5Vamos pedir uma pizza para experimentar?
Vamos! Sem óculos para ler o cardápio, Chico pediu algum sabor com rúcula. “Pode ser queijo e rúcula”, disse. Sim, esta é uma pizza apenas de queijo e rúcula. Podia ter alguma coisa a mais? Sim, claro que sim. Mas foi só queijo e rúcula. E mesmo assim estava uma delícia. Croc croc croc!!

O No Me Olvides é um daqueles lugares de juventude a fim de uma baladinha em um bar com pizza deliciosa, sabe assim? O movimento começa ao cair do sol e segue madrugada adentro, com o DJ tocando de Tracey Chapman a Macarena. É beeem divertido. Já entrou para a minha listinha de lugares preferidos em Punta. Há três dias, os guris do No Me Olvides armaram uma superfesta no Bosque.

Olha!

 0012040247EL GRAN BAILE NO ME OLVIDES
Para celebrar os 15 anos do bar/pizzaria de Nicolás Palacios e Francisco García

0012040275ESTE O CLIMA DA NO ME OLVIDES, COM FESTA NO BOSQUE OU COM PIZZA EM MANATIALES
Felicidade, diversão e alegria pura!

Você também vai gostar

Arlecchino, a sorveteria que é o maior fenômeno do Uruguai

Ice-Cream-on-Cone-A

Sou vizinha da sorveteria Arlecchino aqui em Punta. Entra verão, sai verão, já faz alguns anos que observo a movimentação que costuma formar-se ali em frente. Não tem muito horário, sabe assim? Sempre tem gente – bastante gente. Mas à tardinha e na madrugada, digo lá pela meia-noite/1h, pouco antes da Arlecchino fechar suas portas, a fila é absurda. E é uma fila que vem ficando a cada ano maior. Se a Arlecchino já era um sucesso, posso afirmar que neste 2015 tornou-se um fenômemo do verão uruguaio.

woman-question7O QUE A ARLECCHINO TEM, MARIANA?

Pois aí é que está. O que será que a Arlecchino tem que as outras não têm? Complicado dizer que se trata de um sorvete diferenciado quando Punta também oferece várias heladerias Freddo e a deliciosa Volta, em Manantiales. Eu arrisco dizer que a Arlecchino tem, sim, o melhor sorvete de Punta. E afirmo com certeza o que ela não tem: ostentação. É uma sorveteria localizada no final da Avda. Gorlero e raramente ouve-se português por perto. É tradicional dos uruguaios e argentinos e nela hay de todo – de crianças a avós. É uma sorveteria família, sabe assim? Ponto de encontro de veranistas, não de turistas. Este é um de seus grandes diferenciais.

Segunda-feira à noite, na volta do jantar no Lo de Charlie, até tentamos matar o desejo de comer o sorvete da Arlecchino pela primeira vez. Só que a fila estava maior do que eu jamais havia visto. Ontem, com o tempo ruim, achamos por bem tentar outra vez. Calculamos que o horário estava propício e que não encontraríamos a Arlecchino lotada. Pois as fotos não me deixam mentir.

Olha!

arlecchino1Entrei pela porta lateral e fiz essa foto da fila que chegava a tapar o caixa e saía porta principal afora da gelateria. Olha o público ao qual me referia: mulheres, homens, crianças, carrinhos de bebê, adolescentes…. Hay de todo!

arlecchinoDo mesmo lugar, a foto de outra perspectiva. As pessoas aglomeradas em frente à vitrine de sabores esperando a chamada do seu número. Outra coisa que eu falava: a absoluta falta de ostentação da sorveteria. Na Arlecchino, sorvete não está na moda. Está na vontade de comer diferenciado

arlecchino3 Olha quem eu achei ali na fila! Um cachorrinho!! Será que é ele mesmo? O xerife? O comendador? O Bento, ele mesmo? Um zoom, um zoom, um zoom, por favor!!!

arlecchino4MEU DEUS!!!
É ELE MESMO!!!

bento1
ELA SÓ PODE ESTAR DE SACANAGEM

felizHE HE HE

Pedi que Bento e Chico esperassem na fila para fazer esses registros do fenômeno da Arlecchino, que não me deixam mentir. É essa aglomeração TODOS OS DIAS. Achamos que merecíamos comer dois sabores. Chico disse que pediria frutas rojas e chocolate amatgo. Eu falei que queria chocolate amargo e dulce de leche super. Não, apenas dulce de leche não me bastava. Precisava ser super, pra ser beeeem doce mesmo. Ah, e copinho sempre, já que não nasci com coordenação para comer sorvete em casquinha, sobretudo em Punta del Este, com vento vindo de todos os lados da península.

Passado um tempinho, até que chegasse nossa vez na fila, Chico apareceu com os dois copinhos.
Olha!

arlecchino9OOOOOOOHHHHHH!!!!!
(olha, vocês me desculpem, mas faz 15 minutos que tento desvirar essa maldita dessa foto e não consigo. Bento está na porta me olhando com cara de “é pra hoje ou pra amanhã?”e Chico já deu umas 15 indiretas sobre o atraso do nosso passeio. Assim sendo, peço minhas mais sinceras desculpas, mas não vou tentar pela enésima vez desvirar essa foto desgraçada)

- Te imitei – ele disse, com os dois sorvetes em punho.
- Tu sempre me imita – respondi.
- Tinha acabado frutas rojas.
- Hum…
- É bom esse chocolate amargo, né?
- Muito bom. Beeeem amargo. Contrasta com o doce do dulce de leche super.
- Não existe outra sorveteria aqui com um chocolate tão amargo – ele constatou.
- É verdade.
- O chocolate amargo do Freddo é doce.
- É verdade. Vou até fazer uma foto da cor desse chocolate amargo – falei.

Olha!

arlecchino8BEEEEM ESCURO, BEEEEM AMARGO!
Perdão, de novo, pela foto invertida!
Importante: preço de cada copinho de dois sabores: R$ 8

É possível não pagar absurdos por um lindo biquíni!

FJ3

Levei uma bronca da minha mãe. Daquelas broncas de mãe que colocam um ponto final na história e não aceitam réplicas, sabe assim? Levei uma bronca da minha mãe porque resolvi dizer que não tinha biquíni para ir para as férias e que não ia gastar meu dinheirinho suado comprando novos biquínis. Faz exatamente 10 verões que não compro um biquíni novo.

Há duas explicações para esse hiato de biquínis na minha vida.
1) Sempre comprei biquínis de qualidade muito boa (VIX, LENNY), portanto eles sempre duraram muitos verões.
2) Eu não gosto de usar biquíni e tampouco gosto de praia. Pode existir, portanto, desperdício maior de dinheiro do que comprar algo que não gosto de usar para ir a um lugar que não gosto de estar?

Wonder business womanNÃO, NÉ?

Só que agora eu cheguei ao fundo do poço da falta de biquínis. Ainda tinha um que outro sobrevivente que eu usava quando resolvia dar uma voltinha na praia. No momento, nem este está digno. Foi então que, comentando sobre esse momento com mamãe, levei a bronca. A bronca de uma mãe que ama usar biquínis, que é viciada em praia e em banho de sol. É preciso dar um desconto, portanto.

imagesNESTE QUESITO, SOMOS A ÁGUA E O VINHO

Não é que eu me negue veementemente a pagar por um ou dois biquínis que seja. O problema é que venho achando os preços de biquínis uma coisa exorbitante e muito injusta. Dia desses, espiava um modelinho e achei que R$ 169 era um preço justo. Mas então percebi que este era o valor apenas da calcinha. A parte de cima custava mais R$ 190. Ou seja: R$ 360 por um biquíni. Não é um absurdo ou eu que ando fora da realidade?

Vivia neste dilema de onde comprar um biquíni a preço justo quando eis que cai na minha mesa, pra não dizer na minha cabeça, um grife de moda praia da qual eu jamais havia ouvido falar: FJ PRAIA.

Olha!

Gabi-MarkusOk, Ok!
Esqueçamos o fato de ser a Miss Brasil Gabriela Markus e foquemos nas peças em si. Achei linda essa calcinha mais alta com o tomara que caia. Ando nessa fase cinquentinha, sabe assim?

FJ3Olha o modelinho mais de perto. São girafinhas!!! Tão lindinhas! Adoro girafas. Saiu na Elle do mês passado

Na-praia-tal-mãe-tal-filha1Olha!
Tal mãe, tal filha!

FJ2Mais de perto o modelo e a estampa!!

FJAchei liiiinda esta estampa de zebra afro. Detalhe: dá para compor, viu? Eu, obviamente, não usarei este biquíni de lacinho com quase 42 anos até porque não usava nem quando tinha 15. Mas posso aproveitar a estampa em outro modelo…

FJ4… Como neste maiô, por exemplo. Se bem que adorei esta estampa também!

FJ1E esta estampa também adorei e este maiô também!

Foi então que, com um olho aberto e outro fechado, saí em busca de informações de valores das peças. E foi então que tive uma grata surpresa. Encontrei uma moda praia com preço justo. Elas estão à venda no site DRESS IT. Custam em média R$172 (as duas peças, ressalte-se!). Justo, vai dizer?

bento1TU VAI COMPRAR?

Claro que não.

bento1POR QUE ESTÁ DANDO A DICA ENTÃO?

Tu não está lembrando de nada, seu lhasa ingrato!?

bento1TIPO?

scared-woman2-267x300AMANHÃ É MEU ANIVERSÁRIO!!!

httpwpclicrbscombrporaifiles201212gato48gifVOU PEDIR DE PRESENTE PRA MAMÃE!

httpwpclicrbscombrporaifiles201212pinto-dancandof1gifVOU DANÇAR E CANTAR

httpwpclicrbscombrporaifiles201212danca-hipogifPULAR E VIBRAR

httpwpclicrbscombrporaifiles201212danca-ovelha54gifE BEBER ATÉ CAIR

bento1DE BIQUÍNI NOVO?

hide-seek-winner-tree-woman-passed-out-drunk-1308346536VAI DEPENDER DO MEU ESTADO ETÍLICO