Chás, sucos e cerveja: tudo muito original!

australia-beverages-orange-tequila-margarita

Passei a manhã estudando sobre chás. Logo mais à noite, mais precisamente às 19h30min, terei que desfiar meu conhecimento sobre os chás branco, verde, vermelho, preto e Rooibos. Ok, estou exagerando. Quem terá que desfiar seu conhecimento sobre todos esses tipos de chás é o Michel, que entende tudo do assunto.

Eu estarei apenas no meu papel de jornalista que faz perguntas. Estou falando do evento Donna Talks Tea Night, que acontece logo mais na charmosa loja Tea Shop do Shopping Iguatemi. Vamos fazer um bate papo sobre chás, vamos degustar chás, vamos devorar a receita especial de um bolo preparado especialmente para a ocasião… Enfim, vamos ser felizes!

httpwpclicrbscombrporaifiles201212danca-hipogif

Já tenho as perguntas prontas!

Está sendo um dia para lembrar de bebidas em geral. Hoje de manhã experimentei pela segunda vez um dos cinco sabores de sucos prensados a frio da Sempre Viva Alimentosque repousam geladinhos na geladeira lá de casa, uma lembrança das gurias da Sempre Viva que acompanham minha fixação por sucos naturebas e saborosos.

Olha!

programa_detox3OOOOOHHHHH!!!!
Esse time de diferentes sabores faz parte do programa de Detox proposto pela empresa e que é bem interessante. Não, eu não embarquei no programa de Detox. Eu bebo um dos sucos e depois ainda me alimento com meio mamão com linhaça + duas torradinhas Bauduco com requeijão e peito de peru e mais um balde de café preto

Foi após esta refeição de rainha que saí para passear com o animal, que trabalhei um pouco em casa, que cumpri alguns compromissos na rua e que cheguei à redação. E estava aqui trabalhando quando sou surpreendida com um lindo embrulho feito com papel celofane amarelo.

woman-yelling-istock-de21O QUE ERA, MARIANA?

O lindo embrulho feito com papel celofane amarelo veio acompanhado de uma cartinha. E eu sempre adoro ler a cartinhas antes de abrir os embrulhos. Estava assinada pelo Gabriel Marques, Gerente Trade Mkt Premium da Regional RS/SC da Ambev.

woman-thinkingJÁ COMECEI A DESCONFIAR DO QUE SE TRATAVA…

“Oi, Mariana!
Vi a tua coluna no dia 23/09/2014 e fiquei assustado com a atitude de nosso cliente. A repercussão foi bem grande dentro da nossa companhia e gostaria de te pedir desculpas em nome do mesmo, pois aqui sempre prezamos pelo atendimento e respeito por nossos clientes.

:A crise provocada pelo simples pedido de um balde com gelo

Caso queira retornar ao nosso cliente, terás o balde de Original para gelar sua cerveja favorita, mas caso queira ficar em casa, no ambiente mais seguro – hehehe! -, este kit é uma pequena lembrança para degustar a Original bem gelada.
Bom proveito e um grande abraço!
Att.
Gabriel Marques.

palmas-1AAAAAAAEEEEEE!!!!!
originalPARA A POSTERIDADE, GABRIEL!

bento1E ONDE A GENTE VAI LEVAR O BALDE?

cenas1

Você também vai gostar

Quem disse que a peregrinação havia chegado ao fim?

1712-peregrina_01

Contando que fui dormir às 11h30min e acordei à 1h30min, contabilizei duas horas de sono. Contando que agora são 2h28min e aqui estou fingindo que está tudo bem, que nada está acontecendo, a insônia não impactará em nada da minha terça-feira e que precisarei levantar às 6h, significa que, com sorte, dormirei mais umas 3h horas.

Contando que, com sorte, ao todo terei dormido 5h e preciso de 8h para ficar bem, neste momento desta madrugada insone, depois de 41 anos de vida, resolvi seguir o conselho do meu pai e do Drauzio Varella e contribuir para acelerar minha volta aos aposentos e ao sono dos justos.

nojoESTOU BEBENDO UM COPO DE LEITE MORNO

Como escrevi no post Qual é o melhor remédio para adormecer carneirinhos?, fui convencida pela ciência de que leite morno faz efeito. Ou deveria. Amanhã eu conto melhor – a menos que minha única caixinha de leite morno que tinha na despensa, uma caixinha da Molico com um leite que mais parece uma água de tão leve, não surta efeito, uma vez que olhei e o rótulo acusava vencimento em julho.

Sim, eu sou daquelas que bebe bebida vencida e come comida vencida. Uma vencidinha básica de no máximo seis meses. Ah, e remédio vencido eu tomo também – uma vencidinha básica de meio ano.

wonder-woman-1O QUE NÃO ME MATA ME FORTALECE

Madrugar às 6h significa estar pronta às 7h à espera do carro da prefeitura de Cachoeira do Sul que estacionará aqui em casa para me buscar. Nesta terça, às 10h, meu nome consta na programação da Feira do Livro de Cachoeira como palestrante. Eu tenho horror de ser recebida como palestrante em qualquer lugar, mas nem me atento mais em ficar dando explicações do porquê.

Com o tempo, a gente aprende a simplificar as coisas – e eu aprendi que, sempre que me incluem em algum programa como palestrante, chego lá e já aviso que não sei dar palestra, não tenho a pretensão de palestrar sobre nada e o que rola mesmo é uma história sobre o processo de escrita de Peregrina de Araque e Vida Peregrina seguido de um bate papo bem informal.

bento1ELA FAZ DURAS AMEAÇAS AO PÚBLICO

Ah, isso é verdade. Eu falo que vou contar uma história, que depois a ideia é abrir para um bate papo e “ai, mas ai” de quem me deixar lá na frente com cara de tacho falando sozinha. Sempre funciona.

felizHE HE HE

Já andaram me perguntando se o Bento vai. Não, o Bento não vai. Viajar por duas horas e meia, ficar prestando atenção a um bate papo e viajar de volta por mais duas horas e meia não é programa para cachorro.

bento1ELA SUBESTIMA MINHA INTELIGÊNCIA

Bento vai, sim, participar de um pet encontro na Estação ZH, ali no Parcão, no próximo sábado, das 15h às 16h. Olivia também. Mas sobre isso a organização da Estação ZH ainda vai nos dar mais detalhes esta semana – e daí faço um post oficial não apenas convidando, mas con-vo-can-do a todos a nos fazer companhia.

bento1VAI SER DOS BACANUDOS

Nesta madrugada de terça-feira, quando carro da prefeitura de Cachoeira do Sul estacionar aqui na frente para me buscar, o animal certamente estará de pelotas ou em outra de sua mais nova posição preferida: dos ladeados. O animal dos ladeados significa o animal deitado de lado como se estivesse morto. Tão, mas tão relaxado que às vezes tenho a impressão de que o animal está realmente morto.

Então me aproximo, faço um carinho na cabecinha dele… E o animal salta feito um monstro na minha direção.

foca-se-equilibrou-no-nariz-do-tubarao-para-fugir-do-ataqueBENTO, O TUBARÃO
MARIANA, A  FOCA

bento1ELA PERTURBA O MEU SONO

Assim sendo, enquanto a fera dos mares estiver das ladeadas, sairei pé por pé em outra companhia: da minha linda bolsa da D’Vinna Bags.

Olha!

nNÃO É LINDA?
Peguei emprestada a foto do FB da marca, ou seja: a foto não é minha, mas a bolsa é igualzinhae eu adoro levar ele pendurada no antebraço. Sim, ela também vem com uma alça para ser pendurada no ombro, mas eu adoro levar pendurada no antebraço

Para quem não conhece, A DVNNA ou D’Vinna Bags, é a primeira marca própria de um grupo familiar de empresas que se uniram e se especializaram na fabricação de bolsas, carteiras e acessórios. Eu vou ficar devendo um post com os novos lançamentos da grife, perdão pela falha. Mas é que reuni todo o material e deixei na redação.

homem-imbecilBAITA ABOBADA

Formado pela Tagorá, Bitale e Vina, de Novo Hamburgo, o grupo acumula mais de seis anos de experiência na fabricação de produtos de uma qualidade incrível. Há produtos da D’Vinna em vários estados e, em breve, na novela das oito. A figurinista de Império mandou pedir um modelo de bolsa da nova coleção da marca para fazer parte do guarda-roupa de uma das personagens que ainda não se sabe qual é.

Eu só peço a Senhor que não seja ela, a única, a indefectível, aquela que me perseguiu durante meses e meses a fio provocando meus maiores pesadelos.

duvidaA NANDA COSTA, MARIANA?

hysteria5NÃO DÁ A IDEIA, PELO AMOR DE DEUS !!

Você também vai gostar

Salto de corda é tudo de bom!

espadrille-nude-ferrucci-12

Se tem algo que de cara me identifiquei e que vou aderir nesta linda, bela e florida estação que se inicia amanhã, este algo é a flat platform. Se acordei com espírito fashion nesta segunda-feira? Mais ou menos. Não acordo com espírito nenhum às segundas-feiras, exceto espírito de porco. Mas como está um dia lindo lá fora, de céu azul, sol alto, clima fresco e seco, achei injusto despertar amaldiçoando o planeta e culpando os planetários pela existência das segundas-feiras.

mulher-doidissima6ESTOU ME ESFORÇANDO BASTANTE

Falava das flat platforms. Por que gosto tanto delas? Porque me remetem a um espírito de férias, se é que Freud é capaz de explicar esse meu sentimento ao usar um simples sapato. Elas entram naquela onda boho, sabe assim? Aquele visual meio descompromissado de quem trabalha mas também curte a vida. Melhor dizendo: espírito carioca.

Olha!

flatNÃO É A CARA DO RIO?

Pelo menos era muito a minha cara quando morava lá. Adorava usar as flat platforms. Quero dizer com isso que elas surgem como novidade neste verão 2015, mas, na verdade, são uma releitura de outras modas. Como acontece com todos os modismos de todas as estações.

olivia10MAIS DO MESMO

bento1OLIVIA SE ACHA FASHION

Sou suspeita para falar de jeans, pois jeans é minha peça de roupa favorita. No Rio, para trabalhar, adorava usar um jeans dobradinho na perna com as flat platforms e uma camisetinha podrinha. Pronto. Sem pensar muito e pronta para derreter no calor. Trata-se de um figurino fácil de montar e que pode ser adaptado a qualquer cidade e a qualquer circunstância. Se a ocasião exigir, basta um blazer moderno e uma jaquetinha e pronto. Fácil assim.

Olha!

flat pretaTIRA A GENTE DO CHÃO SEM PRECISAR SUBIR NO SALTO

Sim, existem flat platforms cujos saltos não são de corda, mas eu prefiro esses mais artesanais porque não pesam tanto no visual. Gosto muito de um visual Megan Fox de usar sapatos com salto de corda.

Olha!

espadrille8Apenas trocaria a blusa de barriga de fora por uma camisetinha podrinha (já que barriga de Megan Fox é coisa para Megan Fox) e desceria um pouquinho do salto. De resto é o estilo casual que adoro

espadrilles-high-streetOutra ideia linda: espadrille vermelha, jeans skinny e camisetinha

espadrille22E uma opção mais executiva

Comecei a falar de flat platforms e enveredei para espadrilles. Ok. O que quero dizer é que curto muito salto de corda, pois a corda tira um pouco a solenidade do salto. Continuaria a divagar sobre o assunto se o Bento não estivesse na porta neste momento com todos os dentes de fora correndo o jardineiro e seu ajudante.

Sim, eu consegui um jardineiro para salvar minhas plantas que já estavam pela hora da morte. Sobretudo as pobres jabuticabas que resistiram bravamente ao inverno que se despede. Se o Bento colaborar, o senhor Rudi consegue fazer o serviço.

bento1ESTOU DESEMPENHANDO MEU PAPEL DE XERIFE

Quando a bolsa-saco vira uma obsessão

tumblr_m1jpwvqg4G1rss456o1_1280-2

Estou na fase bolsa-saco. O que isso quer dizer? Que estou com ideia fixa em bolsas-sacos, que modelos de bolsa-saco têm chamado mais minha atenção, que já não me contento apenas com uma bolsa-saco, desejo mais e mais.

olivia10DESEJAR É UMA COISA, CONSUMIR É OUTRA

Me impressiona a maturidade e o bom senso da Olivia. Contei no post Só uma bolsa assim pra (re)começar bem o dia sobre minha adorável aquisição no último dia de férias no Rio. Uma bolsa-saco da Arezzo, que se materializou diante de mim após eu ter sonhado que ela existia.

Olha!

AREZZO PRETASOMOS UNHA E CARNE DESDE ENTÃO

Passei, então, a viver uma espécie de obsessão por este modelo de bolsa – e ela só piora porque, como a bolsa-saco é uma das fortes tendências da temporada, a tentação só se multiplica em modelos e mais modelos diferentes. Fiz uma seleção daqueles que mais me chamaram a atenção.

Uma marca que vale a pena citar no que diz respeito à referência como criadora de bolsa-saco é a Mansur Gavriel. Ela é formada pela dupla Rachel Mansur e Floriana Gavriel. Radicadas em Nova York, em pouco mais de dois anos as gurias ganharam o mundo com suas bolsas feitas de couro tingido de cores fortes e sem nenhum tipo de rococó.

Olha!

Screen-Shot-2014-03-22-at-11.15.51-amPROVA DE QUE O SIMPLES SEMPRE É MUUUITO CHIQUE

Picture-3_blogOLHA A LARANJA EM USO!

mansur-gavriel-bucket-bag-recoram.-fullOLHA O CONJUNTO COM CARTEIRA!

mansur2OLHA A PRETINHA EM USO!

a236649182229beb300dc6e748c9f1dbOLHA O CONJUNTO COM CARTEIRA!
Olha o forro vermelho!
A Louboutin das bolsas!

olivia10TU NÃO ACHA QUE CHEGA?

Me impressiona a maturidade e o bom senso da Olivia. Atendendo à puxada de orelha, afinal de contas acho que realmente me estendi na empolgação com as bolsas Mansur Gavriel, passo para a próxima marca: Delphine Delafon.

Foi em 2011 que a designer franco-americana criou suas primeiras bolsas-saco, revestidas de tapeçarias com motivos étnicos. Deste então, a marca virou sinônimo deste modelo especificamente. E restou, a cada estação, lançar a mesma bolsa com novos modelos e materiais.

Olha!

117MORRAM!!!

acar-Delphine-Delefon-bagsSIM, AS SETE PRA PRESENTE!
PRA MIM MESMA, POR FAVOR!

delphine delafonVAI DIZER QUE SÓ DE OLHAR A VIDA NÃO FICA MAIS DIVERTIDA!??

veux-sac-delphine-delafon-L-OoMNWiCANDY COLORS!!

sac-bourse-kilim-et-leopard-numeroTODAS DEVIDAMENTE NUMERADAS

bento1QUANDO É QUE TU VAI COMPRAR UMA?

Mas que interesse é este agora em saber quando é que vou comprar uma Delphine Delafon, menino?

olivia10BENTO QUER JOGAR NO BICHO

bento1É MINHA ÚLTIMA CHANCE DE FICAR RICO

As emoções e gargalhadas que só acontecem nos bastidores

roda-novo

Então sobrevivemos ao Roda Viva. Haha! Às 8h30 em ponto, o carro da TV Cultura veio nos esperar na porta do hotel. Cinco minutos antes, Martha e Luisa Estima, a amiga de colégio da Martha, veio até aqui dar uma força à nossa estrela e bateram na porta do meu quarto, bem em frente.
- Tá pronta? – perguntaram.
- Sim, com os nervos à flor da pele. – E tu Martha? – quis saber.
- Estou em choque.

httpwpclicrbscombrporaifiles201212gargalhadas2pngHAHAHAHHAHAHAHA!!

Só rindo pra não chorar. Da série seria trágico se não fosse cômico. Chegamos à TV Cultura e fomos direto para o restaurante executivo e para a sala de maquiagem. Queriam porque queriam que eu colocasse um batonzinho. Eu odeio batom, parece que meus lábios vão colar um no outro. Não uso batom sob hipótese alguma, nem gloss, nem nada. Martha, sentada na cadeira de maquiagem, tentava me convencer de que eu ia ficar muito pálida.

mulher-pensando-com-lapis-no-queixoSERÁ?

- Um nudezinho, Mariana. Olha o meu! Só pra dar uma vida na boca – repetia a Martha.

crianca-chorando1MAS EU NÃO GOSTOOOOO

Minha querida amiga Marina Caruso, diretora de redação da Marie Claire e que também fazia parte da roda de entrevistadores, olhou pra mim:
- E o que você está achando do meu bocão vermelho?
Caímos as duas na risada.

Dali, fomos conduzidas ao cenário, aquele cenário completamente branco que faz a gente se sentir no meio da neve do Alasca. Olhei ao redor para saber onde iria sentar e lá estava meu nome, ao lado do apresentador Augusto Nunes. Martha logo foi para o seu lugar, aquela cadeira giratória no meio da roda. E me encarava com olhar de cúmplice de nervos à flor da pele.
- Estou bem? – me sussurrou.
- Está linda, elegantíssima – sussurrei de volta.

Faltavam 15 minutos para o programa entrar no ar e ficamos todos ali, abancados em nossos devidos lugares enquanto Augusto ditava as regras.
- Vou fazer a introdução da trajetória da Martha e em seguida faremos girar a primeira roda. Você é a primeira depois de mim, Mariana – ele disse.

03-por-ai-mulher-gritando5JESUS ME ABANA!

Já fui logo vendo, nas cinco folhas de papel ofício que tinha levado com as perguntas, qual cabia ser a primeira. E a Roda girou e girou e girou. Depois de chegar ao último entrevistador, daí sim era terreno livre, da série pergunta quem pede a palavra primeiro. Este sempre foi meu grande problema desde que me formei: saber o tempo certo de pedir a palavra. No caso do Roda Viva, ainda mais difícil, pois a ideia era casar assuntos para que a conversa fluisse. E fluiu.

mulher-rezando-loira1GRAÇAS A DEUS

Finalizado o primeiro bloco de meia hora, quando Augusto chamou os comerciais, eu e a Marina nos atiramos para trás na cadeira: “Ufa!!, Sobrevivemos”. E desatamos a rir. Sou conhecida na redação pela gargalhada em alto e bom som.
- Do que você tanto ri, Mariana? – brincou o Augusto.
- Estou rindo de nervosa.
E eu e Marina caímos novamente na risada.

Início de segundo bloco, tinha que vir pra mim, em função da minha risada, a primeira provocação do apresentador.
- A Mariana que está gargalhando aqui no estúdio tem a palavra.
- Não acredito que ele fez isso comigo – pensei.

Passei os olhos naquelas trocentas perguntas e pesquei uma. Martha respondeu – e a Roda voltou a girar.

mulher-rezando-de-joelhosOBRIGADO, SENHOR!

E assim, foi. Os dois blocos seguintes, teriam não 30 minutos, mas 15 cada um. A essa altura, já tinha feito um X na metade das minhas perguntas que também já tinham sido feitas pelos outros entrevistadores. Dizem que sou caxias, que preparo sempre muuuito mais perguntas do que o necessário, mas a verdade é que sou prevenida.

No intervalo do terceiro para o último bloco, Augusto elogiou a entrevistada e a roda de entrevistadores.
- Estamos indo muito bem. A audiência está ótima e essa é uma das raras vezes em que não tenho que solicitar à bancada que faça perguntas breves e à entrevistadora que seja objetiva. Estamos de parabéns.

Quando tudo terminou, quando subiram os créditos, aí foi uma festa só. Sensação de dever cumprido e momento tietagem. Algumas fotos da lembrança de um primeiro Roda Viva que guardarei para sempre no coração.

hotelUM BEIJO NO QUARTO DO HOTEL PRA MÃE NERVOSA!
Que me torpedeava pelo celular para saber como eu estava, o que tinha feito no cabelo. Mostrei que havia optado por prender apenas um lado, ou sumiria em meio à melena e à franja

MARIANA E MARTHANOSSO PRIMEIRO REGISTRO NO RESTAURANTE DA TV CULTURA
Cafezinho e água um pouco antes de subir para a sala de maquiagem onde me neguei a colocar batom

martha no centroMARTHA SENTANDO PELA PRIMEIRA VEZ NO CENTRO DA RODA ANTES DE COMEÇAR O PROGRAMA

martha e ivanNO FINAL DO PROGRAMA, AUTOGRAFANDO “A GRAÇA DA COISA” PARA IVAN MARTINS

paulo carusoPAULO CARUSO MOSTRANDO AS CARICATURAS FEITAS DURANTE O PROGRAMA

LUISASELFIE COM A QUERIDONA LUISA ESTIMA, QUE ACOMPANHOU MARTHA E ACABOU ME DANDO UMA FORÇA DE LAMBUJA

MARINAMATANDO A SAUDADE DA AMIGA MARINA CARUSO, EDITORA DE REDAÇÃO DA MARIE CLAIRE, COMPANHEIRA DE GARGALHADAS NO INTERVALO DO PROGRAMA E DE VIVÊNCIAS EM BARCELONA E NO RIO, ONDE TRABALHAMOS JUNTAS

AUGUSTOE NA SAÍDA DA EMISSORA, UMA IMAGEM PARA GUARDAR PARA A POSTERIDADE: O DIA EM QUE ENTREVISTADORA E ENTREVISTADA FORAM RECEBIDAS COM TODO O CARINHO DO MUNDO POR AUGUSTO NUNES

Agora, já madrugada, tentamos beber um vinho em algum lugar, mas estava tudo fechado. Então, Martha foi para o seu quarto; eu vim para o meu – e amanhã é dia de pegar o voo de volta. Neste momento, Chico liga e escuto os latidos enlouquecidos ao fundo do animal.
- O que está acontecendo desse lado aí? – pergunto.
- O cara está com fome.
- A essa hora?

bento1NÃO FIZ O LANCHE DA MADRUGADA

Então, enche a pança, dorme de pelotas e boa noite. Amanhã nos vemos e a vida volta a ser como era antes das férias e do Roda Viva: dia de labuta na redação de Donna.

httpwpclicrbscombrporaifiles201301baby-kissgifJÁ ESTAVA COM SAUDADE

Você também vai gostar