De entrevista com Dr. J.J Camargo a calendário pela causa animal: a terça está animada!

De entrevista com Dr. J.J Camargo a calendário pela causa animal: a terça está animada!

Vamos falar sobre cachorro? Vamos!!! Bom, como todas sabem, a página do blog no Facebook é um lugar de muuuuitas conversas e muuuuitos comentários e muuuitas trocas de ideias com muuuiiitas amigas leitoras. Eu amo isso! Amo conhecer quem está do outro lado, amo receber sugestões de posts, amo tentar ajudar quem pergunta regrinhas de etiqueta, quem quer saber qual seria a roupa mais apropriada para determinado tipo de festa, quem apenas aparece para uma crítica construtiva ou uma sugestão… Enfim, é um lugar de troca, um lugar de amigas – e eu gostaria muito que mais e mais de todas vocês enxergasse assim aquele espacinho que temos na rede social e curtisse nosso blog por lá.

positivoCOMBINADO?

apontando_para_baixo_01Cliquem AQUI pra curtir a página!

Até porque, nos próximos dias, contarei só lá na página do blog no Facebook (não no meu perfil pessoal, que pouco uso) uma ultra-mega-sensacional novidade que vocês vão amar e curtirão comigo, tenho certeza!

bento1ELA ADORA FAZER MISTÉRIO

felizHE HE HE

Muito bem, dito isso vou ter que me ausentar por algumas horas. Estou indo neste momento até a Santa Casa de Misericórdia entrevistar o doutor J.J.Camargo para a edição do dia 4 de outubro da revista Donna.

alto-la12JÁ VOLTO

Mariana levanta-se e vai tirar o pijama. São 9h51min da manhã de uma terça-feira chuvosa. Mariana deve estar de volta pelas 13h. Até lá o dia já deve estar menos emburrado, deve ter parado de chover, segundo a meteorologia, e Bento e Mana poderão passear.

bento1ASSIM ESPERO

 Voltei. São agora 14h04min e ainda não parou de chover. Faz cinco dias que não para de chover. Eu gosto de chuva, mas tudo tem limite – e essa chuva já extrapolou o limite da minha paciência. Eu espero do fundo do coração que essa nesga de luz que agora entra pela janela do meu bunker-escritório seja o sinal divino e definitivo da volta de um pouco de sol e luz em nossas vidas. Voltei agora da entrevista com o Dr. J.J Camargo. Ficamos duas horas e meia conversando no Phyto Bistrô, localizado no Centro Histórico-Cultural da Santa Casa. Às vezes, não sei em que mundo vivo, mas eu ainda não tinha ouvido falar nesse bistrô e menos ainda conhecia o Centro Histórico-Cultural. É um lugar incrível, com museu, teatro, biblioteca… No dia 17 de outubro, haverá uma visita guiada e gratuita pelo local às 15h.

Olha!

6MAI2015IcH 046NÃO É LINDA A ENTRADA DO CENTRO HISTÓRICO-CULTURAL?

phy11059921_921366481264743_4491416886621097841_nUM DOS PRATOS (LIGHT) DO BISTRÔ
Vale a pena, se você estiver passando por ali na hora do almoço, entrar para comer alguma coisinha ou tomar um café!

Duas horas e meia depois, um carioca e uma água com gás pra mim e um expresso para o Dr.Camargo, nos despedimos. Então, volto ao assunto inicial deste post. Havia tempo que não fazia tanto rodeio para voltar ao assunto original, vai dizer? Bom, venho por meio desta ajudar a jogar luz a um projeto que muito me encanta. O grupo de proteção animal Patas Dadas, responsáveis por 95 animais abandonados no Campus do Vale da UFRGS (60 voluntários resgatam, cuidam e os encaminham para a castração e adoção) ganhou o patrocínio da Barbarella Pet para a criação do seu calendário 2016. Trata-se de uma iniciativa muito importante e muito grandiosa da Barbarella Pet, pois a venda desses calendários gera renda para o Patas Dadas durante o ano inteiro – e já ajudou a encontrar lar para 500 animais em seis anos. O evento de lançamento do calendário será dia 17 de outubro, no Dog’s Village Hotel Fazenda e Centro de Lazer para Cães.

bento1VAMOS?

olivia10NÃO TEM ONDE O BENTO NÃO QUEIRA IR

No ano passado, foram vendidas quase 4 mil calendários, o que significa uma fonte importante de arrecadação. Em 2016 a expectativa é superar essa venda. Esse ano, o calendário foi fotografado pelo Estudio Cão em Quadrinhos, grande parceira do Patas Dadas. O resultado dos ensaios ainda é uma surpresa, mas o tema foi a relação entre os adotantes e adotados. Um depoimento sincero de como um animal tão especial, com uma história tão única, pode transformar a vida das pessoas. Tudo registrado em fotos e vídeos pelas fotógrafas Manoela e Ana Carolina Dutra. Quando a Juliana, da Barbarella Pet, me mandou esta informação para que eu ajudasse a divulgar, pedi se poderia adiantar com exclusividade algumas fotinhos do calendário.

Olha o que a Juliana mandou!

barba stellaMUITO PRAZER, SOU A STELLA!

barba guta e chiquinhoMUITO PRAZER, SOMOS A GUTA E O CHIQUINHO!

barba flinMUITO PRAZER, SOU O FLIN!

O evento de lançamento no dia 17 de outubro, das 10h às 18h, deseja ser um grande encontro de cães, com muitas brincadeiras, concurso de melhor fantasia e melhor talento, desfile de adotáveis, comidinhas vegetarianas e veganas. A Barbarella Pet terá uma pop up store por lá. A Barbarella divide-se em linhas criativas – a marca produz de acessórios a camas, para cães e gatos. O foco são animais de pequeno porte. Eu adoro os nomes das linhas: Vamos Passear (conjunto colete e guia; coleira; acessórios), Frio Pode Chegar (roupas de inverno), Sonhe Comigo (camas; cama-rolo; mantas), Me Arranha que eu Gosto (coleiras flor; camas) e Pet Lifestyle (kits Vamos Passear e Kit Viagem).

mulher-com-vergonhaQUEM É NA CAMPAINHA AGORA, JESUS?

Mariana levanta-se e vai atender.

mulher-com-vergonhaÉ O MOÇO DA CLEAN CARPET

bento1A MANA MIJOU NO TAPETE DO PRÉDIO

woman-looking-crazy-feature-280x1253A MANA FEZ UMA POÇA DE XIXI NO TAPETE DO HALL DE ENTRADA DO PRÉDIO

bento1EU NUNCA MIJEI NO HALL DE ENTRADA DO PRÉDIO

Estou num processo de ensinar a Mana onde ela pode e onde não pode fazer xixi. Já fizemos alguns avanços, mas ainda falta um bom caminho a percorrer. Não vou colocar jornais e fraldas pela casa porque o Bento nunca precisou e a Mana vai aprender que também não precisa, que ela pode se aliviar durante os passeios e pode perfeitamente esperar até descer de novo – até porque nunca desci e subi tanto na minha vida para que ela entenda.

bento1ELA É DAS BURRAS

Não, a Mana não tem nada de das burras. É uma cachorrinha muito inteligente e está fazendo grandes progressos. Mas é óbvio que o animal se apega a detalhes para implicar com ela. Agora ele resolveu se acalmar. Parou de perseguir a Mana pela casa, graças a Deus. Mas inventou que ela vai ter que rezar a cartilha dele se quiser ficar aqui. Ainda estou tentando entender o que significa rezar a tal cartilha. Ele disse que está elaborando a tal cartilha e em breve vai nos apresentar.

bento1ME AGUARDEM

14olivia52AINDA BEM QUE EU MORO COM A VÓVA

ChefBee, um jeito mais simples, prático e divertido de cozinhar

ChefBee, um jeito mais simples, prático e divertido de cozinhar

Fiz dois cursos na Perestroika no primeiro semestre deste ano – e eles foram fundamentais para abrir meus horizontes. Um belo dia, estávamos no intervalo de uma das aulas e o Juliano, coordenador do curso de Empreendedorismo Criativo, apresentou uma novidade que estava chegando ao mercado – criada por ex-alunos da escola. O nome: ChefBee. Juliano estava com uma caixa em mãos e disse que sortearia aquela caixa para alguém (e não me perguntem agora qual foi o critério do sorteio porque não lembro, inclusive porque não ganhei. Hehe!). Explicou que os donos da empresa ainda estavam em fase de testes e que logo a ChefBee chegaria ao mercado.

claqueteCORTA PARA A SEMANA PASSADA

Semana passada, depois de ir às compras para meu adorado afilhado e encontrar maravilhas quentinhas na linda Horta de Algodão, como contei no post O DIA EM QUE ENCONTREI O AMOR NAS LINDAS CRIAÇÕES DA HORTA DE ALGODÃO, peguei o caminho da casa da Lulu e pensei que poderia chegar lá com algumas delícias para minha maninha. Enquanto dirigia, pensava que espécie de delícias seriam aquelas. Então, me dei conta que a Padarie estava no meu trajeto e fiz um pit stop para comprar algo que mamãe cometeu o sacrilégio de apresentar a suas filhinhas: as madalenas recheadas de Nutella da Padarie.

1-madeleines-nutella-1DEFINA VONTADE DE MATAR MAMÃE

Saí de lá com meia dúzia de madeleines recheadas de Nutella e meia dúzia de madeleines com raspas de limão. Enquanto estava no caixa esperando para pagar, fiz aquilo que adoro fazer quando estou em qualquer caixa esperando para pagar: fiquei bisbilhotando folhetos e cartões de propagandas em cima do balcão. Foi então que… Tcharan! Dei de cara com o folheto do ChefBee. “Já ouvi falar dessa história”, pensei, enquanto lia o papel. “Claro! Foi na Perestroika! Oh, eles já chegaram ao mercado então!”.

woman-yelling-istock-de23CONTA O QUE É O CHEFBEE, MARIANA!

É algo simples e super funcional. Trata-se de uma empresa que desenvolve e entrega kits de deliciosas receitas para a gente preparar no conforto do nosso lar doce lar. Eis o passo a passo de como funciona:
1) Selecionamos nossa receita favorita no site chefbee.com.br
2) Eles recebem e vão às compras dos ingredientes por nós.
3) Entregam todos os ingredientes na quantidade exata na nossa casa.
4) A gente cozinha e se diverte.

03-por-ai-mulher-gritando5NÃO É GENIAL?

bento1O PROBLEMA É QUEM COZINHA

angry-woman-1O ESPÍRITO DE PORCO DESSE CACHORRO EM DIA DE CHUVA NÃO TEM LIMITE

Como fazer em dois toques uma versão das crocantes galletas marineras!

Como fazer em dois toques uma versão das crocantes galletas marineras!

Foi durante o aniversário da minha cunhada Lolô, conversa vai, conversa vem com a Roberta, uma amiga dela, falávamos sobre a culinária dos hermanos e tal quando a Roberta contou sobre uma receita que me deixou de queixo caído. Disse a Roberta que havia aprendido com uns argentinos a fazer galleta na parrilla. Sabem aquelas galletas salgadas que a gente tanto mastiga e fazem croc croc croc?

galletas-marineirasTAMBÉM CONHECIDAS COMO GALLETAS MARINERAS

Meu pai AMA as tais galletas; meu marido também. Ah, sim: Bento também, claro. Me diga o que o animal não ama tratando-se de mastigação?

bento1BIFE DE FÍGADO

Aqui em casa, existe a preferida de Chico e Bento, comprada no supermercado.
Olha!

PaninaCROC CROC CROC

Eu prefiro outra – e fui ao Google tentar encontrar uma foto, mas não achei. Como não lembro o nome, fica mais difícil. Também tem no supermercado, vem em um saco azul turquesa, não tem como errar.

bento1QUANDO EU DIGO QUE ESSE BLOG É UM DESSERVIÇO, ELA BRIGA COMIGO

Mas voltando à conversa com a Roberta. Ela contou que aprendeu com uma turma de argentinos a fazer as tais galletas na parrilla para ir servindo de aperitivo, sabe assim? A receita, como contei, me deixou de queixo caído – e fui atrás dos ingredientes para experimentar, pois precisava ver para crer. Contou a Roberta que bastava comprar aquelas massas redondinhas prontas para pastel, sabe?

8015EU COMPREI ESSA, MAS PODE SER QUALQUER UMA
Comprei porque tinha o tamanho similar ao de uma galleta, não sou expert em massas para pastéis, acho que foi a primeira vez que comprei uma massa para pastel na vida!

Daí, a gente dá uma pincelada de azeite em cada uma, coloca um sal grosso por cima e umas folhas de alecrim.

Olha!

IMG_5514MINHAS FUTURAS GALLETAS DEVIDAMENTE PINCELADAS, SALGADAS E TEMPERADAS

IMG_5515CLOSE NELAS
Utilidade pública: exagerei um pouco no sal. Peguem mais leve!

IMG_5516PRÓXIMO PASSO: GALLETAS DEPOSITADAS NA PARRILLA
Aqui em casa, somos adeptos dessa parrilla elétrica, um dos melhores achados da vida. A nossa é da marca Fischer e realmente muito prática. Como podem ver, estávamos assando uns tomates e um resto de pão que encontrei para não ir fora, devidamente temperado com uma pastinha de alho

É questão de minutos para as galletas incharem, como dá pra ver. Incham e ficam absurdamente crocs. Parece mágica!!

Olha!

IMG_5517CROC CROC CROC
Crocantes e salgadinhas!

Enfim, super aprovadas! Chico se irritou um pouco porque queria cuidar o ponto do entrecot e eu ficava incomodando para ele tirar e botar as galletas na parrilla e cuidar para que não queimassem. Resolveu dizer que era a primeira e última vez que faria as galletas na parrilla – ou largaria tudo para abrir uma pastelaria. Foi então que pensei que elas poderiam ser feitas no forno (assim, não ficaria dependente dele). Mas ainda não testei. Se vocês testarem, me contem na página do blog no FB como foi?

bento1TU ESTÁ DIZENDO PARA AS GURIAS FAZEREM A RECEITA PARA TI?

Não, estou apenas dizendo que acredito que as galletas possam ser feitas no forno elétrico ou convencionar e que, caso elas testem, me contem como ficou. Papo de amigas, sabe assim?

bento1QUANDO EU DIGO QUE ESSE BLOG É UM DESSERVIÇO, ELA BRIGA COMIGO

Uma caixinha com compostos orgânicos para cultivar cogumelos dentro de casa!

Uma caixinha com compostos orgânicos para cultivar cogumelos dentro de casa!

Ontem, comecei a retomar alguns cuidados com a rotina que eu levava antes de viajar para o Peru, de começar a escrever o livro, antes da minha mudança profissional e do acidente da minha adorada mãezinha. É incrível como algumas mudanças na vida também interferem em nossos hábitos. Eu simplesmente não consegui mais fazer exercício e ter uma alimentação equilibrada. Foram dois meses de turbilhões. Mas aos poucos as coisas começam a voltar para o seu devido lugar – e eu começo a reorganizar minha rotina. Hoje, 14 de agosto de 2015, com 15 dias de atraso, termino meu livro. Já entreguei todas as crônicas anteontem. Hoje eu preciso escrever a abertura e o fechamento, sob pena de ser degolada pela minha querida editora Lu Thomé.

alto-la1CALMA, LU! VAI DAR TUDO CERTO

olivia10COITADA DA LU

bento1ELA É MUITO CAÓTICA

Já tenho até título para o novo livro, mas como ainda precisa de aprovação, não posso contar. Daria, fazendo o favor, para o seu Gustavo Faraon gostar de uma vez do meu título? Hein, seu Gustavo? O seu Gustavo implica com todos os títulos dos meus livros. Ele gosta de me perturbar, sabe assim? Depois ele acaba gostando, eu acho que é para implicar mesmo e me deixar estonteada e nervosa que ele faz isso comigo. O seu Gustavo é um dos sócios da editora Dublinense, que publica minhas “obras”. Ohhh, “minhas obras”. Bonito isso, hein? “Mariana, quais são as tuas obras?”.

valescabeijinhonoombroCHIQUE

Eu deveria estar começando a escrever a abertura e o fechamento minha nova obra neste exato momento, mas eu resolvi vir aqui jogar conversa fora. E depois eu tenho que passear com o animal, que está exatamente atrás da minha cadeira feito leão de chácara. E depois eu vou voltar, dar comida e remédios para o animal e daí sim me concentrar.

mulher-doidissima6SE TUDO DER CERTO

Se nada der certo, eu posso recorrer a um chá de cogumelo para ver se faz efeito na minha mente. Estou falando sério. Escutem só essa novidade. Eu não sei a eficiência dela, mas estou muito a fim de adquirir para testar.

Olha!

kit_para_cultivo_de_cogumelo_shimeji_branco_mushgarden_684_1_20141022121652MUITO PRAZER, SOU A MUSHGARDEN!
Sou uma caixa com compostos orgânicos para cultivar cogumelos em casa!

Juro que precisei ler duas vezes para confirmar que estava entendendo bem a história. Trata-se de uma caixinha de onde crescem e se reproduzem cogumelos das mais variadas espécies. Não, não precisa plantar. Eles nascem dentro da caixa mesmo. Após fazer um furo na embalagem e umidificá-la diariamente, o cogumelo começa a brotar, podendo ser colhido após cinco dias. Segundo a fabricante, poderão ser feitas, em média, cinco colheitas, que geram até 800 gramas da iguaria. Cada caixinha custa R$ 44,90 e pode ser comprada no site www.mushgarden.com.br ou em lojas de produtos naturais.

Olha!

a6bc26_47cb7f4283bb47d68da76fc74b5513ffOS COGUMELOS SAINDO DA CAIXA!
Seria bizarro se não fosse genial!

11850029_640345939435290_1941243243_nOI, GALERA SHIMEJI!

apontando_para_baixo_01AQUI
Tem todas as dicas do fabricante de como cuidar do cultivo

bento1TU VAI DEMORAR MUITO?

Não, já acabei. Até poderia contar mais alguma história, jogar mais algum papo fora, mas preciso ser prática e objetiva e terminar o que tenho para fazer, ou seja, terminar de uma vez por todas esse livro hoje, sob pena de ser degolada pelos prazos.

bento1VAMOS?

mulher-com-vergonhaO ANIMAL É BASTANTE COMPREENSIVO, COMO PODEM VER

No Dia Nacional da Pizza, minhas saborosas preferidas!

No Dia Nacional da Pizza, minhas saborosas preferidas!

Eu vou, ah, se vou comer uma pizza esta noite. Não há hipótese de isso não vir a acontecer. Já aconteceria se fosse uma sexta-feira comum, mas, pra completar, é dia 10 de julho, data que se comemora o Dia Nacional da Pizza. Não preciso motivo maior para devorar todas as fatias de pizzas de todos os sabores que julgo ter direito. Sou adepta da pizza de massa beeeeem fininha, daquelas bem croc croc croc. Não me vem com borda recheada de catupiry, pelo amor de Deus!! Acho um horror. Quem me acompanha aqui no blog sabe que tenho minhas preferidas e algumas que ainda gostaria de experimentar.

Entre as preferidas estão as pizzetas do Press. Amo, amo de paixão, amo com todas as minhas forças.

Olha!

press-pizza-inteiraNHAM NHAM!
Este é meu sabor preferido. Por baixo tem queijo, tomate e uns pedacinhos bem sutis e crocs de bacon. Esse verdinho por cima é rúcula beeeeem fatiadinha em tiras. Foi com essa pizza do Press que aprendi a comer pizza com folhas de rúcula por cima. Sempre que peço pizza em casa, trato de colocar um prato de rúcula na mesa para comer junto. Recomendo!

Outra pizzaria que adoro e costumo pedir em sistema delivery é a Fornellone. Preenche os meus requisitos de massa croc e sabor incrível. Adoro a Recoleta, com queijo e funghi. Também gosto do sabor Funghi, mas é um pouquinho mais forte que a Recoleta e tem que ser para aqueles dias em que a pessoa está a fim, mas a fim mesmo de comer funghi. Outra que sou adepta é a Fornellone. Ela leva presunto parma, rúcula e figo. Dá para pedir sem figo. Eu faço isso às vezes. Ou, se não estou a fim de ficar me explicando para a atendente do porquê quero tirar o figo, peço logo o sabor Parma, com presunto parma. Quando não tenho rúcula em casa, peço uma porção de rúcula, já que o sabor Fornellone vem com este plus a mais, o que significa que eles têm rúcula para entregar.

httpwpclicrbscombrporaifiles201211sacou2gifCAPTOU AS DICAS?

Então olha a pizza!

fornelloneOOOOOOOOOOOHHHHHHHHHHHH!!!!!
De tomate e manjericão! Uma das grandes vantagens de ir à pizzaria e não pedir em casa é que eles servem nessa pedra bem quente, o que faz bastante diferença!

Outro lugarzinho que serve pizza com massa bem crocante, parecendo um papel de tão fina é o Joe&Leo’s, ali no shopping Bourbon Country. Aliás, ótima pedida para depois do cinema com um chope bem gelado. Já comi os sabores marguerita e hambúrguer. A marguerita é muito melhor. A pizza de hambúrguer não fica nem na categoria pizza nem na categoria hambúrguer. Não é ruim, não. Apenas achei estranha, meio sem personalidade. Mas olha como a massa é fininha!

24-joes-pizza-grandeOOOOOOOOOOOOOHHHHHHHHHH!!!!!
Essa é a pizza hambúrguer!
Também impliquei um pouco com esse buquê de repolho em cima!

Para terminar, venho por meio desta dizer que esta noite, na data nacional da pizza, a pizza que quero comer é uma que ainda não conheço e me pareceu incrível também. É a Pizza na Parrilla. Sim, você ouviu bem, querida leitora. Não, embora todas as evidências mostrem o contrário, eu ainda não enlouqueci de vez encerrada há quase três semanas aqui neste bunker. Estou variando um pouco, mas ainda junto lé com cré.

: E O FERIADO TERMINOU EM… PIZZA!

Descobri que o restaurante Mestre Parrillero oferece, além dos deliciosos cortes de carne e acompanhamentos típicos da gastronomia argentina, a pizza na parrilla! Assada de forma diferente, ela não cozinha na pedra e sim no calor da parrilla. Não é incrível?

Olha!

JAMON CRUDO_cred RENATO SCHETTEROOOOOOOOOOOOOHHHHHHHH!!!!
Croc, croc, croc, croc, croc, croc!!!
Sabor jamón crudo!!

03-por-ai-mulher-gritando5ESTOU DESESPERADA POR ELA!

bento1EU TAMBÉM

O restaurante oferece, além do sabor Jamón Crudo (molho de tomate, queijo mussarela, presunto Parma, rúcula e pimentão vermelho), a pizza Chorizo Ruso (salsa de tomate, queso muzzarella, chorizo ruso, cebolla, orégano y aceitunas negras), Marguerita (salsa de tomate, queso muzzarella, tomate, morron y albahaca) e Salmón ahumado (salsa de tomate, queso muzzarella, salmón ahumado y rúcula).

E para você querida amiga, que está sempre por aqui, me fazendo companhia neste momento delicado da minha existência, em que me vejo alheia ao mundo lá fora apenas debruçada nas linhas do meu novo livro, para você, amiga de todas as horas, venho por meio desta dizer que o chef do Mestre Parrillero disponibilizou a receita da pizza de Jamón Crudo para quem não puder sair de casa esta noite.

silvio-santosPALMAS PARA O MESTRE PARRILLERO!

business-people-group-shoutingUUHUUUU!!!!

palmas-1CLAP, CLAP, CLAP, CLAP!

Anote, por favor!

Massa
1 Kg de farinha de trigo
30 g de fermento biológico
3 xícaras de água morna
3/4 xícara de óleo
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de açúcar
1 colher de sopa de pinga (para tornar a massa sequinha)

Modo de Preparo
Dissolver o fermento, sal e açúcar em um pouco de água morna. Juntar um pouco de farinha e o óleo. Misturar tudo e acrescentar o restante da farinha alternando com a água até desgrudar das mãos. Deixe crescer por 30 minutos e abra os discos. Fure a massa com um garfo e pré-aqueça a massa na parrilla por 15 minutos.

Recheio
100g molho de tomate
80g queijo mussarela
50g presunto Parma
8 a 12 folhas de rúcula
50g pimentão vermelho assado
Orégano à gosto

Modo de Preparo
Na massa pré-assada, espalhar o molho, colocar o queijo, o presunto Parma desfiado, enfeitar com as folhas de rúcula e o pimentão assado. Deixar no fogo por 15 minutos.

mulher-desconfiada1DEU PREGUIÇA?

Então, faz o seguinte: esquece a função toda da massa e faz apenas o recheio de jamón crudo para ser colocado em cima de rodelas de pão sírio, sabe? Esta é uma baita sacada do meu querido cunhado, futuro pai do meu afilhado, João Benício. Magro para os íntimos, Pilla para o público, além de meu cunhado e guitarrista da banda Bidê ou Balde, é colunista do programa Desopilla na Cozinha, publicado mensalmente no site da Revista Donna, e ensinou esta receita no dia em que fui na casa dele.

ediFET_3871-1132x7512-372x372OLHA ELE AÍ COM A PIZZA!

Portanto, aperte o play e fique com mais uma opção de recheio!
E coma qualquer pizza hoje, por favor! Por mim, por você, por nós!