Prêmio Donna Mulheres que Inspiram: Eva Sopher

(Tiago Trindade/Divulgação)
(Tiago Trindade/Divulgação)

O nome de Eva Sopher é indissociável da história e do presente do Theatro São Pedro (TSP). Ela está à frente da casa de espetáculos desde 1975, quando deu início à restauração que, após nove anos de obras, devolveu o prédio aos gaúchos. Mais do que isso: Dona Eva, como é carinhosamente chamada, foi uma figura decisiva para fazer do TSP um dos palcos mais tradicionais do país. De origem judia, Eva e sua família se viram obrigados a deixar a Alemanha em 1936 para fugir do nazismo que ganhava força. Estabeleceram-se em São Paulo, onde ela conheceu o marido Wolfgang Sopher, com quem viria a morar em Porto Alegre em 1960.

Hoje, a missão de Dona Eva é concluir as obras do Multipalco, complexo cultural que irá ocupar a área anexa ao TSP. Aos 92 anos, a presidente da Fundação Theatro São Pedro mantém o costume de recepcionar o público no início dos espetáculos e é saudada pelos grandes nomes do teatro. Entre outras homenagens, foi agraciada com a Medalha Goethe 2015, distinção da Alemanha para personalidades que promovem o intercâmbio cultural.

:: Prêmio Donna Mulheres que Inspiram: conheça as indicadas

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna