Água termal de uso cosmético ajuda a hidratar, tonificar e fechar os poros

O líquido está cada vez mais presente na indústria dermocosmética

Foto: Eduardo Carneiro

É certo que a hidratação do corpo como um todo depende, em primeiro lugar, da correta ingestão de água. Além disso, é possível complementar os cuidados com a pele ao borrifar sobre ela, especialmente no rosto, um líquido especial cada vez mais presente na indústria dermocosmética: a água termal para uso cosmético. Ela é diferente da água mineral comum por ter em sua composição um índice ideal de oligoelementos e minerais como cálcio, magnésio e zinco, que ajudam a limpar, acalmar, hidratar, tonificar, fechar os poros e revitalizar a pele.

Segundo a dermatologista consultora da Netfarma, Flávia Martelli, a água termal emerge da superfície com temperaturas elevadas.

? Por serem expostos às altas temperaturas, os minerais presentes na água possuem maior estabilidade e podem nutrir, acalmar, hidratar, desintoxicar e agir como cicatrizante natural para pele ? afirma a especialista.

Por conta de suas propriedades terapêuticas , a água termal pode ser usada ao longo do dia para tratamentos estéticos e no período pós-cirúrgico, após procedimentos como laser e peeling, sempre sob orientação do dermatologista.

? Os ativos na composição agem como anti-inflamatório e antioxidante, aumentam o efeito das substâncias dos cremes e reduzem o surgimento de alergias ou irritações ? Flávia completa.

De acordo com a dermatologista, a água termal é indicada para todos os tipos de pele, das mais sensíveis às oleosas, e pode até ser aplicada em assaduras de bebês. O produto pode ser usado em todas as estações do ano.

? No inverno, ajuda a prevenir o ressecamento típico da época, e no verão ajuda a reduzir possíveis irritações causadas pelo sol ? destaca Flávia Martelli.

Leia mais
Comente

Hot no Donna