Alerta! 5 exercícios e aparelhos que fazem pouco efeito ou podem ser arriscados para a sua saúde

A notícia é triste, mas, mesmo com a melhor das intenções, é possível que você esteja se exercitando com um aparelho ou praticando uma modalidade que traz pouco ou nenhum resultado. Isso porque, assim como qualquer outra indústria, a fitness está constantemente em busca da inovação para manter o público interessado. O problema é que às vezes a malhação da vez se mostra inócua ou até arriscada depois de ter resultados analisados ao longo do tempo.

:: Se vira nos 30! 5 motivos para incluir já meia hora de exercícios na sua rotina

Entre cinco exercícios e aparelhos que costumam ser utilizados em casa listados aqui, alguns são inúteis e outros precisam ser usados da forma correta para ter resultado – o que nem sempre ocorre. A primeira lição é ter cuidado com o exercício da moda. A outra é que, sem o esforço necessário, é impossível alcançar resultados, mesmo que a propaganda do aparelho mostre praticantes com o corpo supertonificado.

— Se, enquanto se exercita, você está respirando numa boa e suando pouco, o desgaste não é suficiente para queimar calorias. É preciso criar desafio para o corpo — explica a treinadora Silvana Dias.

1. Plataforma vibratória

Apesar de promover um efeito de drenagem linfática, o aparelho pode trazer mais riscos à saúde do que benefícios, já que não existe regulamentação no Brasil para as plataformas. Por causa disso, aparelhos muito baratos (e de menor qualidade) estão tomando espaço no mercado. Além disso, a lista de pessoas que não podem usar a plataforma devido à vibração intensa é grande: hipertensos, quem tem pinos ósseos ou implantes de lentes nos olhos, osteopatas e mulheres que usam DIU.

plataformavibratoria (1)

2. Apoio para abdominal

Cada vez mais em desuso: o problema é que, apesar de corrigir a postura, o apoio é uma “tentação” muito forte para relaxar a musculatura que deveria ser trabalhada.

aparelho-abdominal-ab-three-profissional-polimetsuporte-p-anilhas-para-alterar-intensidade-e-peso-204617500

3. Aparelhos elétricos ou vibratórios

Não funcionam, da mesma forma que a ginástica passiva. Não custa lembrar que a Food and Drugs Administration (FDA, órgão americano que equivale à Anvisa brasileira) já lançou nota em que reafirma que aparelhos caseiros que dão choques elétricos e vibram para supostamente estimular a musculatura não funcionam. O tônus muscular aumenta apenas quando há movimento mecânico.

Veja também
:: 9 razões que explicam por que você não consegue emagrecer
:: 10 receitas de sucos para turbinar a dieta e preparar em casa
:: Detox funciona? E eliminar carboidratos? 12 verdades nuas e cruas sobre as dietas

4 Esteira (ou elíptico, bike ergométrica…)

Ter um aparelho para se exercitar em casa com frequência é válido, desde que o exercício não seja sempre o mesmo: é preciso aumentar carga, tempo, elevação ou velocidade para conseguir ter resultados ao longo do tempo. Se o exercício está muito fácil, é possível que esteja apenas afastando o sedentarismo, e não evoluindo o tônus muscular e a perda de calorias.

399755_2561121_20131104170942

5. Ministepper

Usados sozinhos, não têm resultados satisfatórios, equivalendo ao mínimo necessário para tirar o usuário do sedentarismo. Outro porém é que, para promover essa minguada perda de calorias, o aparelho pede uma postura de equilíbrio que não é para todo mundo – olhos fixos à frente (não no chão), barriga contraída, joelhos semiflexionados.

0000199_mini_stepper_w_bands

 :: 5 apps para te ajudar na dieta e nos exercícios físicos
:: Comer carboidrato depois das 18h engorda? 10 mitos e verdades sobre dieta

 

Fontes: Aurélio Alfieri Neto e Silvana Dias, personal trainers da Privilege Team, de Curitiba (PR)

Leia mais
Comente

Hot no Donna