Lancheira saudável: aprenda a montar em 10 passos

Criar hábitos saudáveis na alimentação desde cedo é importante para evitar sobrepeso e obesidade infantil

Frutas e sanduíche com pão integral são excelentes opções para o lanche dos pequenos
Frutas e sanduíche com pão integral são excelentes opções para o lanche dos pequenos

Enquanto os pais buscam praticidade na hora de preparar a lancheira para os filhos levarem à escola, os pequenos são campeões de fazer carinhas pidonas em direção àquele pacote de batatinha frita ou àquele bolinho pronto. Pronto: está armada a receita para uma alimentação nada saudável e que, de quebra, contribui para a obesidade infantil – que, no Brasil, já atinge 39% das crianças.

Educar os filhos para uma alimentação saudável é importante desde cedo – e isso não significa abrir mão da praticidade na hora de rechear a lancheira, muito menos do sabor contido nela.

:: Aprenda receitas para deixar o lanche do seu filho mais saudável
:: Hora do lanche: I Love Suco lança opções especiais para crianças
:: Como ensinar as crianças a comer direitinho

Confira aqui 10 passos rápidos e simples de seguir para montar uma lancheira escolar saudável e nutritiva, com satisfação garantida para pais e filhos.

Frutas da época são fresquinhas e custam menos

Frutas da época são fresquinhas e custam menos

1. Aposte nas frutas. Dê preferência na hora da compra àquelas da estação, pois estão invariavelmente mais frescas e têm preço mais em conta.

2. Prefira usar como ingredientes do lanche alimentos com carboidrato integrais, como pão, biscoitos etc.

3. O recheio do sanduíche precisa ser simples, e suficiente para apenas “sujar” o pão. Prefira manteiga em tablete, coalhada, ganache caseiro ou geleia sem açúcar.

4. Como opção de bebida, água é sempre a primeira opção. No caso de optar por sucos, escolha sempre os naturais e sem açúcar. A maioria dos sucos de caixinha contém valores absurdos de açúcar, sódio e conservantes.

5. Caso seja preciso adoçar alguma bebida ou alimento, use açúcar demerara – mais complexo e menos prejudicial do que o açúcar refinado comum.

6. Evite produtos industrializados. Se eventualmente a circunstância exigi-los, escolha os com menor quantidade de corantes, conservantes, aromatizantes e glutamato monossódico.

7. Faça doces com as frutas e libere a sua criatividade: vale mousse de morango, limão, maracujá, banana ou manga, além das compotas caseiras.

Coloridas e gostosas, as gelatinas são ótimas opções de sobremesa

Coloridas e gostosas, as gelatinas são ótimas opções de sobremesa

8. Sobremesas caseiras são as melhores opções se a criança pedir um doce: gelatina incolor com suco de fruta, bolo molhado com leite de coco ou ganache de chocolate estão entre as opções rápidas e que a gurizada ama.

9. Elimine os embutidos de sanduíches e demais lanches: além de conter muita gordura, eles são ricos em sódio.

10. Produtos com estampa de personagens de desenhos animados podem atrair os pequenos, mas não deixe que o encanto faça com que esse tipo de alimento entre para a rotina de alimentação das crianças, pois geralmente são carregados de ativos.

Fonte: nutricionista Rebecca Isaac.

Leia mais
Comente

Hot no Donna