Aprenda quais alimentos protegem os olhos do sol

A exposição dos olhos aos raios UV aumenta em 60% as chances de desenvolver catarata. Ficou assustado? Donna ensina a se proteger através da alimentação

Foto: Divulgação

A incidência da radiação sobre os olhos é um dos fatores que explica o surgimento da catarata em pessoas jovens – o normal é que ela apareça a partir dos 65 anos. Além da doença, a exposição ao sol pode ressecar a lágrima e causar fotoceratite, uma inflamação da camada externa da córnea que provoca vermelhidão e sensação de areia nos olhos. Os raios UV também podem ser responsáveis pela dgeneração macular que atinge o centro da retina – a maior causa de cegueira definitiva.

Para se proteger, além de usar óculos com filtro UV, é essencial inserir na dieta alimentos ricos em antioxidantes e outros nutrientes que aumentam a defesa metabólica dos olhos.

Confira as principais combinações de alimentos recomendados pelo National Eye Institute dos Estados Unidos para proteger os olhos:

Cereais integrais, amêndoas, amendoim e avelã: contêm vitamina E, um oxidante que evita a formação precoce da catarata e a degeneração macular.

Cenoura, abóbora, mamão e goiaba: a falta da vitamina A, presente nesses alimentos, causa cegueira noturna e ressecamento dos olhos, explica o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto. Sua deficiência também pode acarretar danos na retina e conjuntivite recorrente, devido à queda na imunidade. A absorção da vitamina aumenta com a ingestão de fontes de zinco, como frutos do mar, carne, ovos, tofu e gérmen de trigo.

Semente de linhaça, sardinha e salmão: ricos em ômega 3, combatem o ressecamento ocular e reduzem o risco de surgimento e progressão da catarata.

Folhas verde-escuro, milho, cenoura, nabo: contêm luteína e zeaxantina, substâncias encontradas na mácula, a parte central da retina. Elas absorvem o excesso de luz, têm efeito antioxidante e evitam o acúmulo de gordura no interior dos vasos oculares.

Tomate, vinho tinto, frutas cítricas, mirtilo, amora: a vitamina C presente nesses alimentos tem ação antioxidante e protege os olhos da catarata e da degeneração macular, enquanto os flavonóides garantem boa circulação e saúde dos vasos oculares.

Frutos do mar e castanha do Pará: ricos em selênio, que reduz os riscos de degenração macular quando combinado a alimentos ricos em vitamina E, A e C.

O oftalmologista recomenda: é importante que o consumo desses alimentos seja aliado a uma alimentação pobre em açúcar e gorduras. O sódio também é um vilão para os olhos, porque pode se depositar no cristalino e predispõe à catarata. Segure a mão nesses ingredientes e capriche nos recomendados – sua visão agradece!

Leia mais
Comente

Hot no Donna