Botox passa a ser usado para fins medicinais em tratamentos odontológicos

Aplicação da toxina trouxe aos pacientes uma significativa melhora em dores e desconfortos
Aplicação da toxina trouxe aos pacientes uma significativa melhora em dores e desconfortos Foto: Juan Barbosa

Depois do uso da toxina botulínica para fins estéticos, o botox passou a ser usado em tratamentos medicinais e terapêuticos. A toxina pode ser utilizada em pacientes com paralisia cerebral, traumatismo craniano, acidente vascular cerebral, lesões medulares e outras patologias do sistema nervoso central, além de tratamentos oftalmológicos e odontológico.

Novidade nos consultórios odontológicos, a aplicação da toxina trouxe aos pacientes uma significativa melhora em dores e desconfortos. É eficaz no controle de dores, bruxismo e hiperativismo muscular. Também é possível contribuir para uma assimetria no sorriso.

? A aplicação é rápida e simples e os resultados são imediatos! Na odontologia estética é possível entrar no consultório e em alguns minutos sair de lá com um sorriso novo. Com relação as patologias clínicas, a toxina revela resultados significativos na diminuição da dor ? afirma Dr. Daniel Vasconcelos, da Clean Clínica.

Como funciona

A toxina botulínica é um agente biológico obtido a partir da bactéria Clostridium botulinum que se associa à albumina humana. Sua atuação é feita através de injeções nas terminações nervosas, bloqueando a liberação de acetilcolina, neurotransmissor responsável por levar mensagens elétricas do cérebro aos músculos.

O procedimento é rápido e tem poucas contra-indicações, mas dependendo do local da aplicação pode ocorrer fraqueza e boca seca.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna