Por que as mulheres têm tanta vontade de comer chocolate durante a TPM?

Foto: Fábio Rebelo, Especial
Foto: Fábio Rebelo, Especial

A cena é típica na vida de muitas de nós: junto com as primeiras cólicas, aquele leve inchaço nas mamas e até sinais de irritabilidade, chega também uma vontade absurda de comer doce, que afeta 40% das mulheres. Se for uma barra inteira de chocolate, melhor ainda. Afinal, por que esse desejo se manifesta justamente nos dias de Tensão Pré-Menstrual, a famosa TPM? Para a ginecologista e sexóloga Jaqueline Brendler, tem tudo a ver com a nossa memória afetiva relacionada ao chocolate:

– Estudos comprovam que só de olhar para o chocolate já existe uma sensação de bem-estar e de recompensa. Se eu comer chocolate, vou sentir prazer. E basta visualizar o doce, não precisa nem comer.

Leia mais
:: Por que o chocolate faz tão bem à saúde? Conheça os principais benefícios
:: Sexóloga explica por que muitas mulheres preferem chocolate a sexo

giphy (6)

O chocolate contém ainda duas substâncias que têm tudo a ver com o impacto positivo no nosso corpo: a feniletilamina e o triptofano. Conhecida como hormônio da paixão, a feniletilamina é um neurotransmissor semelhante à anfetamina, que eleva os níveis de serotonina e endorfina no cérebro e está ligada a uma sensação de prazer. Já o triptofano é um aminoácido precursor da serotonina, encarregada de ações no cérebro como a sensação de bem-estar e a manutenção do bom humor, explica a médica. Mas ela faz uma ressalva:

– Como essas substâncias aparecem em baixa concentração, muitos cientistas não acreditam que seja uma questão química. Provavelmente, é por conta de um efeito de sugestão de memória positiva que as pessoas têm, associando o chocolate ao prazer físico – ressalta.

Veja também
:: Manual da TPM: saiba o que comer e o que evitar naqueles dias
:: Contra o inchaço e a irritação: saiba como combater os sintomas da TPM
:: 4 passos que vão te ajudar a reduzir a TPM
:: Alimentação ajuda? 5 mitos e verdades sobre a tensão pré-menstrual

giphy (4)

Autora do livro Mulheres em Ebulição (Editora Sextante, 2015), a psiquiatra americana especializada em psicofarmacologia Julie Holland discorda que ligar o chocolate à TPM seja apenas um hábito cultural e sem relação com fatores psicológicos: “Primeiro porque o corpo precisa de mais calorias na fase pré-menstrual, e os doces e carboidratos providenciam estas calorias com mais rapidez. Segundo porque os níveis de magnésio estão baixos nesse período, e o chocolate pode alavancar os níveis do mineral”.

Assim como Jaqueline, Julie também cita a serotonina como peça-chave para montar o verdadeiro quebra-cabeças que é a TPM. Como os índices do hormônio caem, o corpo tenta resolver o desequilíbrio pedindo por mais carboidratos – como o açúcar e, claro, o chocolate.

Seja por fatores psicológicos ou físicos, há pelo menos um consenso entre as mulheres: tem coisa melhor do que aliviar a tensão de um dia atribulado do que com um bom pedaço de chocolate?

Leia mais
Comente

Hot no Donna