Misturar cigarro e pílula faz mal à saúde? 5 dúvidas sobre anticoncepcional oral

Que mulher nunca se perguntou se está consumindo direitinho a pílula nossa de cada dia? Apesar de ser um dos métodos contraceptivos mais populares, é comum que elas ainda tenham dúvidas sobre o uso do medicamento.

Leia mais
:: Anticoncepcional engorda? Desvende mitos e verdades sobre a pílula
:: Ginecologista tira dúvidas sobre o uso de anticoncepcional
:: 5 erros que as mulheres cometem ao tomar contraceptivos

Tomar pílula faz mal? O contraceptivo pode atrapalhar na hora de engravidar? Para te ajudar, a ginecologista Taluana Franchi Rizzo, da NetFarma, responde os questionamentos mais comuns que chegam ao seu consultório. Vem ver:

Tomar pílula faz mal?

Como qualquer outro medicamento, o anticoncepcional pode causar efeitos colaterais, como dor de cabeça, inchaço, enjoos, entre outros. Por isso, deve ser usado com critério, e sempre sob orientação médica. Os efeitos colaterais estão relacionados ao tipo de hormônio que compõe a pílula usada, e os efeitos dessa droga em cada organismo. Caso a mulher comece a tomar uma pílula e sofra algum tipo de reação, deve avisar seu médico para que possa orientá-la.

Para eles!
:: Injeção anticoncepcional para homens deve chegar ao mercado em 2017

Como-Escolher-a-Pílula-Anticoncepcional-Certa

Como escolher a melhor pílula?

A escolha do contraceptivo mais adequado deve levar em conta diversos fatores, tais como doenças crônicas (hipertensão, entre outras), antecedentes pessoais, tabagismo e inclusive fatores como ocorrência de cólicas e tendência ao inchaço. A indicação também está relacionada à idade da paciente e até a alguns desejos da mesma, como a melhora da oleosidade da pele e da acne por exemplo. Por isso, quem recomenda a melhor opção para a mulher é o médico ginecologista, após fazer uma avaliação do histórico da paciente, e nunca a própria paciente por conta própria.

Veja também
:: Posso engravidar quando estou “naqueles dias”? 10 mitos e verdades sobre cólicas e menstruação
:: 5 motivos que provam por que a cólica menstrual não tem nada a ver com mimimi

01tftmaismentr27042015_al

 

É preciso dar pausas no uso?

Há médicos que ainda defendem que é preciso parar de tempos em tempos, mas a tendência mundial hoje é optar pelo uso contínuo, de até quatro cartelas, sem interrupção. Muitas mulheres optam por não menstruar, devido ao intenso ritmo de vida e à melhora da qualidade de vida, já que ela não terá cólicas nem TPM, por exemplo. Por isso, muitos anticoncepcionais já são formulados para proporcionar a interrupção menstrual. Em alguns países, como os Estados Unidos, já existem cartelas à venda com 84 comprimidos. Segundo a médica, hoje o uso ininterrupto é considerado seguro pela medicina, desde que seja feita uma avaliação e o controle regular junto ao ginecologista.

:: Andar descalça piora a cólica? 10 mitos e verdades sobre a menstruação
:: 5 razões para testar o coletor menstrual, o novo absorvente

 

A mistura de anticoncepcional e cigarro causa riscos?

A combinação é considerada perigosa, pois há maior risco de ocorrência de trombose. Em geral, recomenda-se que mulheres que fumam e têm mais de 35 anos de idade não tomem pílula anticoncepcional. No entanto, a médica ressalta que o risco de trombose está ligado ao uso de qualquer anticoncepcional, independentemente da idade da mulher, mas obviamente cresce quando associado ao tabagismo e na mulher com idade superior aos 35 anos e uso de 15 cig/dia.

pílula-anticoncepcional

 

O uso da pílula pode atrapalhar na hora de engravidar?

De acordo com a especialista, tomar anticoncepcional não afeta a fertilidade, pois logo após parar de utilizar a pílula, a mulher já volta a ter ciclos ovulatórios. O retorno à fertilidade está relacionado à meia vida (tempo de ação da droga no organismo) da pílula, e as pílulas atuais têm meia vida de no máximo 48 horas. Ou seja, apenas 48 horas após parar a pílula a mulher já pode ovular. Com isso, não é por que utilizou o método que a mulher terá dificuldades para engravidar.

Veja também
:: 12 mitos e verdades sobre a higiene feminina
:: Guia da vagina: 10 curiosidades que podem melhorar a sua vida
:: Confirmado! Dormir sem calcinha faz bem para a saúde

Leia mais
Comente

Hot no Donna