Como não cair na armadilha das dietas milagrosas

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Todo mundo conhece alguém que emagreceu fazendo uma dieta restritiva, mas a maioria das pessoas não sabe o quanto isto faz mal para o seu organismo. Em algumas dietas, é comum a deficiência de nutrientes, o que pode causar problemas como baixa imunidade, sensação de cansaço, dor de cabeça, irritabilidade, noites de sono mal dormidas e até o mau funcionamento do intestino.

Você sabe como não cair em uma dessas armadilhas? A nutricionista Beatriz Botequio, da Equilibrium Consultoria, recomenda para quem deseja emagrecer que se opte por uma reeducação alimentar ao invés de uma dieta milagrosa. Confira dicas da profissional para acertar na hora de escolher o cardápio:

Consulte sempre um profissional de saúde:

É indicado que toda reeducação alimentar ou mudança no estilo de vida seja acompanhado por um nutricionista ou um médico.

Hidrate-se:

Caso você não tenha facilidade em beber bastante água, opte por saborizá-la com frutas, por exemplo. Isso pode ajudar a criar o costume.

Experimente alimentos novos:

Não é porque você provou uma vez e não gostou que deve desistir daquele alimento, principalmente quando se trata de vegetais e verduras. Se o sabor não te agradou da primeira vez, procure preparar de maneiras diferentes ou junto com algum outro alimento que goste para acostumar o paladar.

Tenha sempre em mente que restrição severa na alimentação não é saudável:

Podemos consumir todos os alimentos, desde que em quantidades adequadas e sem excessos.

Tenha paciência, porque dietas restritivas não são a melhor solução:

Estudos com pessoas com excesso de peso ou obesas mostram que aqueles que realizam um emagrecimento lento e com mudanças para hábitos alimentares mais saudáveis têm maior redução da circunferência da cintura e do quadril, além de perderem mais gordura corporal. Já quem emagrece muito em pouco tempo apresenta maior redução de água no corpo e de massa magra. Isso mostra que emagrecimentos de longo prazo são mais saudáveis e apresentam uma perda efetiva de gordura.

Leia mais:
:: 5 dicas para mudar os hábitos e emagrecer fugindo das dietas radicais
:: O Programa ACE: 10 dicas para transformar “dieta” e “exercício” em modo de vida
:: Calorias sob controle: programa Vigilantes do Peso é premiado em ranking de melhores dietas do mundo

Leia mais
Comente

Hot no Donna