Descubra os alimentos que ajudam a aumentar a imunidade no inverno

Aprenda a receita de um caldo de legumes para aquecer nos dias de frio

Foto: stock.xchng

Com a chegada do inverno, os cuidados com o sistema imunológico devem ser redobrados para prevenir doenças comuns na estação. Segundo a nutricionista da rede Flávia Morais, da Mundo Verde, alguns alimentos são fundamentais no cardápio para estimular a resistência. Confira a lista de nutrientes que você deve manter no cardápio nos dias de frio:

Acerola: fruta rica em vitamina C, de ação antioxidante, que estimula a resistência, sendo responsável pelo aumento da atividade imunológica do corpo. Pode ser consumida in natura, na forma de sucos ou em cápsulas.

Alho: fonte de aliina e alicina, substâncias de potente ação antioxidante, estimula a resposta imunológica, prevenindo as gripes comuns no inverno. Atua no combate a infecções e inflamações. Use amassado no feijão, sopas, em temperos de saladas ou se preferir, cápsulas de óleo de alho.

Chá verde e branco: ricos em catequina e epicatequina, poderosos antioxidantes que atuam no combate aos radicais livres. Possui ação imunoestimulante, fortalecendo o sistema imunológico. Pode ser consumido na forma de chá ou cápsulas.

Cogumelo Shiitake: esse cogumelo possui lentinan, uma substância que aumenta a produção das células de defesa do organismo. Acrescente o shiitake em receitas como arroz integral, molhos para massas e saladas.

Geléia Real: estimula o sistema imunológico e combate as infecções de vírus e bactérias. Encontrada in natura e em cápsulas.

Gengibre: é imunoestimulante, possui ação expectorante, reduz a inflamação e a dor. Com a raiz, faz-se os chás e em pó, pode ser adicionado em sucos e receitas diversas.
Mel: ação bactericida e anti-séptica. É um bom coadjuvante no tratamento de problemas pulmonares e da garganta. Contém substâncias, que agem como antibióticos naturais. Não deve ser fervido para que não perca suas propriedades. Pode ser consumido puro, em sucos, vitaminas, frutas.

Óleo de coco: rico em ácidos láurico e caprílico, o óleo de coco possui atividade antiviral e antibacteriana. Diversos estudos mostram seu efeito imunomodulador. Use em sucos, shakes, vitaminas ou como substituto da manteiga em pães.

Probióticos: possuem microorganismos vivos que recuperam a microbiota intestinal e fortalecem o sistema imunológico. Encontrado em pó ou cápsulas.

Suco verde: fonte de zinco, ferro e vitamina C, nutrientes antioxidantes que reforçam o sistema imunológico. Pode ser feito com polpa de clorofila ou com folhas de couve.

Própolis: fonte de flavonóides que auxiliam no combate às doenças que atacam o homem. Atua como “Antibiótico Natural”. Eficaz em casos de inflamação e infecção na garganta, além de ajudar no combate a tosses.

Pólen: rico em proteínas, vitaminas e minerais que ajudam na formação de anticorpos, fortalecendo o sistema imunológico. É um alimento versátil, que pode ser consumido puro ou adicionado em diversos alimentos, como sucos, iogurtes, vitaminas, frutas saladas, no preparo de pães, bolos e cookies.

Aprenda a fazer um caldo de legumes para aquecer de maneira saudável no inverno:

Ingredientes:
1 colher de sopa de óleo de girassol
225g de alho poró orgânico picado
225g de cebola orgânica picada
225 g de cenoura orgânica picada
150g de aipo orgânico picado
1 folha de louro
Salsa fresca orgânica em ramos
Tomilho fresco orgânico em ramos
Sal marinho a gosto
Pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela grande refogar a cebola e o alho poró no óleo de girassol. Adicionar a cebola e o aipo. Tampar e deixar em fogo baixo por cerca de 20 minutos. Amarrar os ramos da salsa e do tomilho como um buquê e colocar na panela com a cenoura, o aipo, o sal marinho, a pimenta do reino e dois litros de água fria. Aumentar o fogo e deixar levantar fervura, removendo  qualquer espuma que se formar na superfície. Abaixar o fogo e cozinhar por cerca de 35 minutos. Coar o caldo e deixar esfriar.

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna