Entenda por que as mulheres tendem a acordar cedo

Cientistas explicam as diferenças entre os ciclos de sono de homens e mulheres

Foto: Divulgar

Você acorda de manhã cheia de disposição e não consegue conversar com o marido sonolento? Isso é natural, explicam os cientistas, e está ligado ao relógio biológico de cada um.

– O relógio biológico humano (também chamado de ritmo circadiano) tem em torno de 24 horas, graças ao ciclo de luz e escuridão da Terra, que tem essa duração – explica a psiquiatra e pesquisadora Katherine Sharkey. – Mas algumas pessoas têm um ciclo um pouco mais longo, e outras um pouco mais curto.

Pessoas que têm o ciclo circadiano longo – mais frequente em homens – tendem a sentir menos sono à noite, enquanto aquelas que têm o ciclo curto, geralmente mulheres, costumam acordar mais cedo.

Mas essa tendência pode variar ao longo da vida:

– Existe uma peça de desenvolvimento nesse quebra-cabeça: crianças pequenas tendem a acordar cedo, enquanto adolescentes costumam ficar acordados até tarde e, ao envelhecer, voltam pouco a pouco a acordar mais cedo – explica Katherine.

Pessoas com o ciclo longo, além de terem dificuldades em trabalhar ou estudar pela manhã, também costumam sofrer mais de depressão, apresentar maior dependência de cafeína e consumir mais álcool. Mas não se assuste: um estudo realizado recentemente na Bélgica revelou que elas também conseguem se concentrar melhor ao longo dia em comparação com quem acorda cedo.

Mas os fãs da manhã têm mais vantagens:

– Eles geralmente dormem melhor, têm padrões de sono mais regulares e personalidades mais flexíveis – explica a psiquiatra.

Um estudo recente da Universidade de Toronto comprovou, ainda, que pessoas que acordam cedo costumam ser mais felizes e se sentir mais saudáveis do que as que dormem de manhã.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna