Estilo de vida moderno atrapalha o sono e leva à obesidade

Pessoas que sofrem de jet lag social são mais propensas a fumar, beber álcool e ingerir cafeína, diz pesquisa

Foto: Stock Images

O descompasso entre os compromissos do cotidiano e o relógio biológico pode provocar uma síndrome chamada de jet lag social. O nome faz referência ao cansaço provocado por viagens a cidades com o fuso horário muito diferente. Porém, no lugar do avião, o vilão é o despertador. E, pior ainda do que a sonolência, pesquisadores acreditam que a “vida contra o relógio” pode contribuir com a epidemia mundial de obesidade, alerta trabalho publicado nesta quinta-feira na revista “Current Biology”.

As pessoas que sofrem jet lag social também são mais propensas a fumar, beber álcool e ingerir cafeína, enumera o pesquisador da Universidade de Munique e autor principal do trabalho, Till Roenneberg.

– Identificamos uma síndrome na sociedade moderna que não tinha sido reconhecida até recentemente – disse Till Roenneberg, da Universidade de Munique, que liderou a pesquisa. – Trata-se de uma discrepância crescente entre o tempo diário do relógio fisiológico e o relógio social. Como resultado deste jet lag social, as pessoas estão cronicamente com o sono atrasado.

Cada um de nós tem um relógio biológico, que, diferentemente dos que foram inventados pelo homem, não pode ser acertado conforme nossa vontade. A luz do dia e a escuridão da noite são os principais responsáveis para o corpo saber a hora de dormir ou acordar, mas o estilo de vida moderno não respeita este tempo.

A equipe de Roenneberg, que se baseou em um vasto banco de dados, pretende gerar um mapa mundial do sono. Há informações sobre a hora em que as pessoas dormem, acordam, além de informações como altura e peso. Os cientistas esperam que os resultados da pesquisa sejam levados em consideração na hora de definir os horários de trabalho, estudo, e mesmo do horário de verão.

Para evitar os malefícios ligados ao jet lag social, as pessoas devem ficar mais tempo ao ar livre ou, pelo menos, buscar locais próximos a janelas. Caso contrário, há mais chances de enfrentar dificuldade de dormir e, durante o dia, cansaço.

– Acordar com um despertador é uma faceta relativamente nova de nossas vidas – diz Roenneberg. – Isso significa que não temos dormido o suficiente e esta é a razão pela qual estamos cronicamente cansados. Ter uma boa noite de sono e dormir o suficiente não são desperdício de tempo, mas garantia de melhor desempenho no trabalho e mais diversão com os amigos e familiares durante as folgas.

Leia mais
Comente

Hot no Donna