Evite dores ao realizar os serviços domésticos

Chega em casa depois do trabalho e ainda tem que arrumar a casa? Aprenda a postura certa para não sentir dor

Foto: Stock Photos

Toda mulher que chega em casa cansada depois de uma jornada de trabalho e encontra coisas para arrumar já sabe o que a espera: dor na coluna, nos joelhos, no quadril.

Com alguns cuidados, essas dores – e até problemas mais sérios – podem ser evitadas. Donna traz dicas para a mulher independente fazer a faxina sem perder o glamour:

Na hora de arrumar gavetas, o ideal é não curvar o tronco, pois isso sobrecarrega a coluna lombar, o que pode desencadear dores imediatas. A posição adequada é sentada em um banco baixo, de modo que a coluna fique alinhada, mantendo a contração dos músculos transversos do abdômen.

-A casa também é um ambiente de trabalho onde permanecemos por longos períodos de tempo e por isso é preciso atenção para evitar problemas futuros – aconselha o fisioterapeuta Leonardo Stahelin Eicke.

Ao cozinhar, o recomendável é – de novo – evitar curvar a coluna para a frente. Mantenha-se ereta, com os músculos abdominais sempre contráidos e um dos pés apoiados em um banquinho.

Enquanto varre o chão, mantenha os pés afastados e evite vassouras com o cabo muito curto – ele deve ser comprido o suficiente para que você se mantenha reta. Além disso, é importante procurar fazer o movimento com o corpo todo, evitando a rotação da coluna. Para varrer embaixo dos móveis, fique sentada em um banco bem baixo ou agachada, contraindo os músculos abdominais.

Ao lavar louças ou roupas, a posição é a mesma do fogão: coluna retinha e pé apoiado.

Enquanto estende as roupas, você não deve levantar os braços muito acima da cabeça. Adapte o varal à sua altura, de forma que não precise levantá-los muito acima dos ombros.

– Evite empurrar ou levantar móveis sozinha. O peso deles gera sobrecarga na coluna, podendo desencadear a dor imediatamente. Peça ajuda a outra pessoa para afastar móveis ou objetos pesados do lugar. Mantenha os joelhos semi-fletidos, dobrados, os pés afastados e o abdômen contraído – aconselha Leonardo.

Quem já sofre de dores, além de seguir esses conselhos deve procurar um profissional capacitado na reeducação postural.

Siga as dicas e mãos à obra – só não esqueça de chamar o marido para ajudar!

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna