Exposição à luz elétrica antes de dormir pode prejudicar o sono

Luz do quarto pode afetar os níveis de melatonina e interferir em processos fisiológicos

Luz do quarto pode afetar os níveis de melatonina e interferir em processos fisiológicos controlados por esse hormônio
Luz do quarto pode afetar os níveis de melatonina e interferir em processos fisiológicos controlados por esse hormônio Foto: Daniela Xu

A exposição à luz elétrica antes de dormir pode interferir na qualidade do sono, na pressão arterial e no risco de desenvolver diabetes. É o que sugere um novo estudo conduzido por pesquisadores do Hospital Brigham and Women’s e da Escola de Medicina de Harvard, EUA.

Segundo o estudo, a luz do quarto pode afetar os níveis de melatonina e interferir em processos fisiológicos controlados por esse hormônio, como o sono e a regulação da temperatura, da pressão sanguínea e dos níveis de glicose. A melatonina é produzida durante a noite pela glândula pineal, localizada no cérebro.

Além de regular o ritmo circadiano (sono e vigília), já se mostrou que o hormônio pode baixar a pressão sanguínea e a temperatura do corpo, e ser usado como alternativa no tratamento de insônia, hipertensão e câncer. Os resultados do estudo mostraram que a exposição à luz do quarto reduzia em mais de 50% os níveis de melatonina.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna