Flying Ioga: novidade que deixa as mulheres de cabeça para baixo

Exercício é uma mistura de pilates, dança e ioga

Foto: Stock Images

A flying ioga virou moda nas academias norte-americanas e desembarcou recentemente no Brasil. O sucesso deve-se, principalmente, à diversão de praticar a modalidade.  Com estilo circense, os praticantes se sentem como estivessem flutuando. O exercício exige concentração e equilíbrio, pois é realizado de cabeça para baixo, com as pernas presas a um elástico fixado no teto.

A atividade é uma mistura da ioga tradicional, pilates e dança. Traz fortalecimento dos músculos, melhora na flexibilidade, ajuste na postura, desenvolvimento de força abdominal e melhora na respiração. Estudos revelam que uma hora de prática pode queimar até 350 calorias.

Assim como qualquer outra atividade física,a flying ioga deve ser realizada com orientação. Ela não é recomendada para quem tem labirintite ou doenças de coordenação motora, em especial pessoas que possuem lesões na lombar.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna