Longe da sinusite: variações climáticas são favoráveis à obstrução das fossas nasais

Doença pode até provocar a perda da visão, quando não tratada

Sensação de "peso na face", corrimento nasal e dores de cabeça são sintomas da sinusite
Sensação de "peso na face", corrimento nasal e dores de cabeça são sintomas da sinusite Foto: stock.schng

Mudanças bruscas de temperatura, excesso de poeira ou muita umidade. As variações climáticas são extremamente favoráveis à sinusite ? ou, como preferem os especialistas, rinossinusite.

Quem sofre com o problema conhece os sintomas tradicionais: dor de cabeça, sensação de peso na face, obstrução ou corrimento nasal. Aqueles que nunca passaram por eles não imaginam o quanto essas manifestações abalam o dia a dia.

Muito confundida com outras “ites” que afetam as vias aéreas superiores, a doença pode até provocar a perda da visão, quando não tratada.

A sinusite não escolhe idade. Comum em adultos e crianças, a patologia pode se apresentar de forma aguda depois de um resfriado ou de uma crise de rinite. Esses problemas alteram a função de defesa do nariz, permitindo que os germes que penetram nos seios da face se acumulem.

Diferentemente da rinite, a secreção produzida pela patologia é mais espessa e escura. A sensação é de peso na cabeça, especialmente na região da face, e, às vezes, febre.

De acordo com o otorrinolaringologista Luciano Freitas, o médico deve fazer uma rinoscopia ? avaliação do interior do nariz e da garganta ? para confirmar a sinusite e a dimensão do quadro.

Quando a avaliação clínica não é suficiente para o diagnóstico, os médicos lançam mão da tomografia facial ou da endoscopia nasal. Os exames indicam o tratamento e podem ainda descartar ou apontar outras doenças.

? É comum o paciente chegar ao consultório dizendo ter sinusite quando tem apenas rinite ou vice-versa. As pessoas se automedicam e isso posterga um tratamento adequado. A avaliação médica é essencial ? alerta o especialista.

A rinite, uma inflamação leve da mucosa nasal, não provoca infecção. No entanto, se não cuidada, pode desencadear a sinusite.

:: Entenda a doença

Sintomas

? Sensação de “peso na face”, corrimento nasal, dores de cabeça, espirros, obstrução nasal, com presença de catarro, e febre

Como se adquire

? Após infecção viral, inflamação de origem alérgica ou por poluentes, a mucosa da região nasal aumenta de volume e obstrui a comunicação das cavidades com as fossas nasais. A obstrução acarreta o início da colonização por germes e fungos. A sinusite quase sempre se manifesta depois de um resfriado.

Tratamento

? Deve-se primeiro aliviar os sintomas de dor, febre e obstrução nasal. A aplicação de descongestionantes locais ou sistêmicos ajuda a melhorar as drenagens, mas o uso de vasoconstritores deve ser feito com cuidado, por tempo limitado.

? Além do descongestionante, são prescritos antibióticos orais e anti-inflamatórios que auxiliam no combate à dor.

? Às vezes, devido às condições anatômicas do nariz ou por tratar-se de germe mais resistente, é preciso uma intervenção cirúrgica.

Fonte: Manual Merck de Informação Médica e Academia Brasileira de Rinologia

Leia mais
Comente

Hot no Donna