No Dia do Sexo, conheça 5 posições para casais com diferença de altura

Foto: Pexels
Foto: Pexels

Se você e seu parceiro possuem uma grande diferença de altura, o sexo pode, às vezes, apresentar alguns desafios “logísticos” na hora de chegar lá. Mas nada que algumas posições estratégicas não possam resolver e garantir uma transa cheio de sintonia.

Nesta quinta-feira, Dia do Sexo, (comemorado, não por acaso, em 6/9. Sugestivo, hein?), listamos algumas das posições para quando o parceiro é (muito!) mais alto – mas as dicas valem para todos os casais, viu? Confira!

De ladinho

Uma das posições mais tradicionais também é uma das que mais funcionam para aqueles casos em que o homem é mais alto que a mulher. Aqui, você fica de lado e é abraçada pelo parceiro, que a penetra por trás – a posição também é favorável para o sexo anal. Outra vantagem é que, mais uma vez, você – e ele! – podem estimular o seu clitóris e tornar o momento ainda mais prazeroso.

A cavalgada invertida funciona bem para casais com diferença de altura: quando uma das pessoas está deitada de costas, não faz tanta diferença assim que um seja mais alto que outro. Nessa posição, a mulher fica por cima do homem, virada de costas para ele. Uma vantagem é que o caminho até o clitóris fica livre e você pode se masturbar enquanto se move sobre o parceiro. Para quem não abre mão do olho no olho, a cavalgada tradicional também é uma opção que facilita o sexo – e o orgasmo.

Abraço

Não importa qual dos dois é o mais alto, a posição do Abraço, além de prazerosa, garante a intimidade de poder ficar com o rosto coladinho, respiração em sintonia e olho no olho. O homem fica sentado com as pernas estendidas, e a parceira se senta sobre ele, entrelaçando as pernas em torno da cintura. Pronto! Fim do empecilho da altura!

Em pé na escada

Quem gosta de apimentar a relação sabe que variar o lugar onde se transa é importante para sair da rotina – nem que seja explorar outros cantos da casa. Para os casais com muita diferença de altura, transar em pé na escada é uma aposta que vale ser testada: estar em uma escada permite que o mais baixinho possa ficar alguns degraus acima para igualar a altura.

Em cima da mesa 

Não precisa, necessariamente, transar em cima da mesa: qualquer superfície que seja da altura da virilha do parceiro vai resolver o problema. Você pode deitar e ficar com a bunda um pouco para fora da mesa, levantando as pernas e apoiando-as no seu parceiro. Além de deixar vocês dois no mesmo nível, essa posição também permite que você estimule o clitóris enquanto seu parceiro penetra. Além disso, o contato visual também é uma vantagem.

Leia mais:
:: 6/9, Dia do Sexo: sete maneiras de fugir da rotina em relacionamentos longos
:: Dia do Sexo: preparamos a trilha sonora para a hora H
:: Dia do Sexo: dez motivos para comemorar

Leia mais
Comente

Hot no Donna