No Dia Mundial do Orgasmo, descubra 5 mitos e verdades sobre o orgasmo feminino

No dia 31 de julho (domingo), é comemorado do Dia Mundial do Orgasmo. A data foi criada na Inglaterra por uma rede de sex shops com objetivo de celebrar o prazer e quebrar tabus relacionados ao tema.

Para muitas mulheres, falar sobre (e chegar ao) orgasmo ainda é muito complicado. Segundo dados do Programa de Estudos em Sexualidade da USP, 26% das mulheres brasileiras nunca tiveram um orgasmo, enquanto para os homens este percentual é dez vezes menor, entre 2% e 3%.

Pensando nisso, conversamos com a psicóloga e sexóloga Priscila Junqueira e a ginecologista e sexóloga Jaqueline Brendler, diretora da Associação Mundial de Saúde Sexual, sobre alguns dos maiores mitos e verdades em relação ao orgasmo feminino.

1) É possível chegar ao orgasmo sem penetração? VERDADE!

Na verdade, a maioria das mulheres conseguem chegar mais facilmente ao orgasmo com sexo oral e com a estimulação do clitóris do que com penetração. O clitóris é o órgão feminino que mais facilita o orgasmo por conta do número de terminações nervosas, dentro e fora.

Leia também
:: Por que é tão importante conhecer o próprio corpo para chegar ao orgasmo
:: Chega de fingir: 6 motivos que dificultam o orgasmo feminino e como superá-los

giphy (3)

2) O(a) parceiro(a) é o responsável pelo orgasmo da mulher? MITO!

Essa ideia é antiquada e vem de uma época em que as mulheres deviam casar virgens e serem “ensinadas” pelo marido. O parceiro ou a parceira até vai ajudar, mas você é a principal responsável pela sua satisfação e, para isso, precisa se conhecer. As profissionais explicam que o melhor jeito de fazer isso e entender do que você gosta e como fica satisfeita é através da masturbação.

famous-orgasm-scenes-satc

3) Qualquer pessoa pode ter orgasmos múltiplos? VERDADE!

E fica a dica: para as mulheres é muito mais fácil e provável do que para os homens. Por uma questão do tempo do ciclo de resposta sexual e da resolução, as mulheres precisam de muito menos tempo para se recuperar do orgasmo e começar a se excitar novamente. Porém, para que isso aconteça, é necessário um estímulo continuado após o primeiro orgasmo, para que ela tenha interesse novamente.

giphy (1)

4) Se a mulher não sente contrações, significa que ela não gozou? MITO!

Todo o orgasmo vai levar a contrações vaginais, isso é um fato fisiológico. Porém, nem todas as mulheres vão senti-las da mesma forma ou mesmo perceber que estão acontecendo por estarem muito envolvidas na própria relação. O orgasmo é o pico de prazer vindo de uma excitação crescente – e uma sensação de satisfação plena é muito mais indicativa de um orgasmo que uma contração.

5) É verdade que algumas pessoas podem não ter orgasmo? VERDADE!

É verdade, porém é algo muito raro, normalmente por causa de algum acidente nas terminações nervosas. Os maiores motivos pela falta de orgasmo, principalmente no caso das mulheres, são problemas na saúde mental ou física. Quadros de depressão, traumas de infância ou até o uso de calmantes, antidepressivos e álcool podem afetar a libido da mulher. Isso porque o orgasmo feminino é muito mais do que a relação genital. Todos esses problemas, no entanto, são tratáveis e a mulher pode voltar a ter orgasmos.

giphy (2)

Leia mais:
:: Sem clima? Calma, não é só com você que o sexo esfria no inverno
:: Donna do meu desejo: “Eu não gostava de sexo” | A história de uma mulher sobre a descoberta do prazer
:: Por que muitas mulheres preferem chocolate a sexo? Sexóloga explica

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna