Confira 10 dicas para ter uma alimentação saudável na correria do dia a dia

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Como ter uma alimentação saudável na correria do dia a dia? Foi para responder a perguntas como esta que surgiu o canal do YouTube Cozinha Bach. Lá, a nutricionista e fisioterapeuta Simone Bach compartilha dicas práticas em vídeos didáticos, com direção e edição de Thais Brandão.

A pedido de Donna, Simone elaborou 10 dicas para preparar alimentos saudáveis e – principalmente – como encontrar tempo para isso. Mais: para celebrar os dois anos do canal, está disponível a partir das 10h desta quinta (21) um vídeo em que ela explica como preparar as principais refeições da semana em apenas duas horas (confira aqui).

1. Reserve horários para preparar seus alimentos

Ter um planejamento alimentar ajuda muito na busca de hábitos saudáveis. A falta de tempo é o argumento mais citado pelas pessoas como justificativa para não comer bem, por isso é preciso reservar um tempo na semana para preparar as refeições com antecedência, higienizar legumes e verduras, cortar as frutas e organizar lanches.

:: Celia Ribeiro: O segredo da dieta saudável é mantê-la na rotina
:: Gosta de comida caseira? Saiba como montar uma marmita prática e saudável

2. Faça sua lista de compras

Uma lista de compras com os alimentos que serão preparados e consumidos ao longo da semana também é importante, pois garante que o cardápio planejado seja cumprido, evitando soluções menos saudáveis de última hora.

cozinhabach-10

3. Preste atenção no armazenamento

Guardar os alimentos da forma correta, optando por potes preferencialmente de vidro faz bastante diferença. Observar a temperatura ideal para conservação também é fundamental para evitar o desperdício.

4. Reserve um dia para ir às compras

Ter um dia da semana específico para as compras ajuda a manter a organização. Para quem tem um tempo ainda mais restrito, atualmente, existem diferentes opções de telentrega de alimentos orgânicos e de frutas higienizadas, além de encomendas online em redes de supermercado.

5. Vá à feira

O hábito de ir a feiras, preferencialmente orgânicas, possibilita um maior conhecimento sobre a época das colheitas, evitando a monotonia alimentar ao longo do ano. Diversificar a alimentação é fundamental para o bom funcionamento do nosso organismo.

cozinhabach-2

6. Escolha versões integrais

Cereais integrais, ao contrário dos refinados, são ricos em fibra e promovem uma saciedade maior.

7. Respeite os horários

Longos períodos de jejum fazem a fome aumentar na hora das refeições, por isso os lanches intermediários são importantes entre duas e três horas de intervalo. Opte por bolos, cookies ou barras de cereal (feitas preferencialmente de forma caseira), frutas, iogurtes naturais e sementes, evitando assim alimentos ultraprocessados. A aquisição de uma lancheira térmica ajuda bastante no transporte dos alimentos.

8. Leve sua marmita

Para quem passa muito tempo fora de casa, preparar marmitas completas é uma boa alternativa. Além de serem mais econômicas do que comer na rua, são uma forma de assegurar um melhor preparo e os ingredientes utilizados. Cozinhar o próprio alimento é terapêutico!

 

cozinhabach-8

9. Consuma gorduras boas

Aumentar a ingestão de gorduras boas como linhaça, chia, castanhas, amêndoas, abacate, peixes, azeite de oliva auxilia na diminuição da inflamação e age na prevenção de doenças degenerativas.

10. Use temperos naturais

As versões caseiras à base de ervas como salsa, manjericão e alecrim, além de serem muito saborosas, são ricas em antioxidantes e diminuem a necessidade de adição de sal nas preparações. Deixar as ervas limpas e prontas para consumo facilita o uso no dia a dia e evita que elas estraguem.

Leia mais
Comente

Hot no Donna