Site americano permite simulação de orgasmos com “touchscreen”, ensinados por mulheres reais

Fotos: Divulgação, OMGyes
Fotos: Divulgação, OMGyes

Como é possível ter mais prazer no sexo? Muitas vezes, as próprias mulheres realmente não têm a reposta. Mas se sabe que é muito difícil – quase impossível – ter uma vida sexual mais satisfatória sem identificar as particularidades do prazer feminino. É isso que o OMGyes pretende “ensinar”. O site criado nos Estados Unidos – e agora também com versão em português – tem cunho instrutivo e educativo, mas sem ser chato ou dar aulas de anatomia. Pelo contrário, o conteúdo é todo em vídeos, gravados com mulheres reais que compartilham suas técnicas em detalhes. Mais: com simulações touchscreen das técnicas para as assinantes do site praticarem em casa.

une-plateforme-didactique-pour-atteindre-l-orgasme-895484_w650

O projeto, que começou em 2014, ficou mais popular no último ano quando começou a ser divulgado voluntariamente pela atriz Emma Watson, ativista à frente da campanha da ONU #HeForShe, que defende a liberdade e a igualdade entre os sexos. A britânica de 26 anos declarou em entrevistas na TV e nas redes sociais que usa o OMGyes como ferramenta para ter mais (e melhores) orgasmos. Nada de dicas empíricas, e sim práticas, com base em pesquisas. Mais de 2 mil mulheres entre 18 e 95 anos foram entrevistadas para falar sobre suas manhas para “chegar lá”.

A startup foi criada por Rob Perkins, que trabalhou com estratégia digital no Google, e a fotógrafa Lydia Daniller. O casal estava motivado a quebrar o tabu acerca do assunto, então convidaram pesquisadores da Escola de Saúde Pública e do Instituto Kinsey, da Universidade de Indiana. Esta investigação deu origem a tutoriais feitos por mulheres que explicam os movimentos que realizam (de forma explícita, na maior parte das vezes, mas também usando os dedos e as mãos para exemplificar).

3054880-inline-i-2-startup-aims-to-educate-about-womens-pleasure

Sem eufemismos, revelam 12 categorias importantes para atingir o clímax. Algumas são facilmente compreensíveis, como ritmo ou pressão no clitóris. Mas outras surgiram durante a pesquisa e são até estranhas na tradução para o português, como orbiting (órbita), accenting (acentuando), staging (encenação), hinting (insinuando) e framing (enquadramento). Uma delas, garantem as demonstradoras, com certeza vai funcionar para você.

O QUE SIGNIFICA?

“OMG Yes” é uma sigla muito utilizada, que significa “Oh My God Yes!”, em inglês. É o que muitas pessoas dizem ao sentir um prazer intenso.

COMO FUNCIONA

A primeira temporada do OMGyes tem 12 episódios (cada um de uma técnica diferente), composto no total por 50 vídeos de curta duração (máximo de quatro minutos) e 11 vídeos interativos. Esses são o grande diferencial da plataforma. Quando você toca a tela, seja no telefone ou no tablet, segue com o dedo os movimentos sugeridos pelas mulheres em suas vaginas. Então, recebe um feedback para saber se está executando da maneira que foi sugerida. Pode ser repetido quantas vezes quiser. Elas compartilham as diferentes formas que usam para sentir e aumentar o prazer.

videoteouch

COMO ASSISTIR

Há vídeos degustação para a mulher saber do que se trata (principalmente na página do Facebook). Mas, para ter acesso ao conteúdo completo o formato é o de assinatura. O preço neste mês é promocional: são US$ 15 (pagamento único por cartão). Aliás, uma das perguntas que elas mais recebem é: “Por que o acesso não é gratuito?”. A resposta: as grandes instituições não se interessam em financiar projetos sobre o prazer feminino. Então, para manter o projeto funcionando e criar uma segunda temporada, é preciso cobrar.

Leia também
:: Uma em cada dez mulheres tem dor durante a relação sexual, afirma pesquisa
:: Cinco dicas para recuperar (ou aumentar) a libido

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna