Profissionais bem-sucedidos e com agenda cheia contam como conciliam trabalho e atividade física

Mesmo com dezenas de reuniões e viagens marcadas, executivos dão exemplo e garantem: só é sedentário quem quer

Natação é um dos esportes praticados por Dado Bier, 47 anos
Natação é um dos esportes praticados por Dado Bier, 47 anos Foto: Marcelo Oliveira

Planejamento do trimestre.
Cobrança de metas.
Reunião com acionistas.
Aprovação da nova campanha.
Atendimento ao maior cliente.
Happy Hour de negócios.
Corrida no parque.

Sim, este é um livre ensaio imaginativo de como deve ser um dia na atribulada agenda de um alto executivo ou um empresário. Mas, não, a imaginação não deslizou na verossimilhança ao colocar a “corrida no parque” entre os compromissos do dia. É isso mesmo. Para muitos homens de negócios, exercitar-se regularmente é tão fundamental que não importa quantos compromissos eles têm em um dia. Praticar atividade física será, sempre, um dos itens obrigatórios na agenda.

Muitas vezes, no entanto, arranjar um tempo para movimentar o corpo parece mais difícil do que enfrentar uma reunião cheia de acionistas ou bolar uma estratégia para o departamento cumprir a meta. Quando o dia parece pequeno, o jeito é fazer uma ginástica (com direito a trocadilho) para que a malhação ou o esporte caibam naquela complexa planilha das 24 horas. Nem que para isso seja preciso correr às 23h, puxar ferro às 6h30min ou nadar no intervalo do almoço.

O segredo? Os personagens ouvidos para esta reportagem são unânimes: organização e disciplina são as palavras mágicas – que de mágica não têm nada. Sem organização para ajustar compromissos e, principalmente, sem muita disciplina e esforço para aguentar o tranco, a façanha de conciliar atividade física e vida profissional não é possível.

Mais do que um especialista na área, o consultor de carreiras Rafael Souto é o exemplo vivo de que as orientações que dá aos executivos a quem aconselha são verdadeiras. Diretor geral da consultoria Produtive, com unidades em Porto Alegre e São Paulo, ele tem os dias cheios de viagens e compromissos. Mas não deixa de correr três vezes por semana, onde quer que esteja. E não abre mão deste hábito, que considera a fonte de energia para seus dias.

– Tratamos esse tema como um dos pilares da carreira. Discutimos isso a fundo com as pessoas, já que o cuidado com a saúde física, baseado em boa alimentação e atividades físicas, é chave para o sucesso profissional – sentencia.

Cargos de gestão e chefia nas empresas exigem rotinas pesadas. Para suportar essas exigências, o sujeito precisa ter, claro, os atributos intelectuais necessários. Mas também precisa de saúde para trabalhar por horas, muitas vezes sentado, e estar pronto para outra no dia seguinte.

– Costumo dizer que a preparação física e o cuidado com a saúde são tão importantes quanto a formação acadêmica para um empresário ou executivo. Está comprovado que quem cuida do corpo e da mente tem mais sucesso profissional – afirma Rafael Souto.

Exercícios + atividade física regular = crescimento na carreira. A equação está corretíssima, segundo Souto. Ele explica que a exigência por soluções criativas para os problemas só aumenta para quem ocupa cargos de gestão. Como o cérebro é estimulado durante os exercícios, fica comprovadamente mais fácil ter ideias, ser criativo, inovar. Logo, é certo afirmar que sair da inércia tem vantagens reais sobre os sedentários.

Para ilustrar a capa de Donna, o empresário Eduardo Bier Corrêa, o Dado, contou um pouco da sua rotina de exercícios, que inclui a prática de surfe, natação, musculação, caminhadas e corrida. E faz tudo isso enquanto administra a rede de restaurantes que possui em Porto Alegre. Dado é o que Rafael Souto classifica como um caso de sucesso, capaz de organizar as atividades e priorizar as mais importantes. Dessa forma, há tempo para trabalhar, para ficar com a família e, sempre, para praticar exercícios.

Mergulho da gravata

Quando recebeu o convite de Donna para fotografar de camisa e gravata dentro da piscina, o empresário Eduardo Bier Corrêa ficou apreensivo. Com razão, afinal, era algo inusitado. Mas sua paixão pela água e pelos exercícios físicos é tanta que o temor logo passou. E ele juntou, em uma pose, duas realidades muito presentes em seu cotidiano: o traje formal, com o qual ele participa de reuniões e compromissos profissionais, e a piscina, onde pratica natação desde garoto.

– Trato essa questão de atividades físicas de maneira bem pragmática. Nada é mais importante do que a nossa saúde, certo? Então preciso encontrar tempo para me exercitar. Uma semana tem 168 horas. Não posso aceitar a desculpa de não poder dedicar 5% desse tempo, ou oito horas, para cuidar da saúde fazendo exercícios. Não é verdade? – questiona.

Dado começou a praticar surfe com seis anos. Para manter-se condicionado quando estava em Porto Alegre e seguro quando estivesse no mar, começou a fazer natação, esporte que pratica até hoje, pelo menos uma vez por semana. Há 15 anos percebeu a necessidade de tonificar os músculos e passou a frequentar a academia. Com a orientação de um profissional, ele faz musculação, caminhadas e corrida na esteira. Para não perder o embalo, também caminha e corre na rua com alguma frequência. Com menos intensidade, arrisca umas manobras nos boardsports: wakeboard, snowboard e skate.

Listar as atividades de Dado quase sugere que ele não faz mais nada além de se exercitar. Que nada. Aos 47 anos, tem energia de sobra para trabalhar nos três turnos, enfrentando uma rotina de reuniões, decisões, planejamento e visita diária aos restaurantes da rede.

– Estabeleci o exercício como mais um compromisso, tão importante quanto o trabalho. E tenho que cumpri-lo, da mesma forma que cumpro minha agenda profissional. Requer organização e disciplina, mas é possível. E é muito bom!

Para ter o corpo verdadeiramente saudável, Dado alia a rotina de malhação com uma alimentação balanceada e saudável – o que, segundo ele, é um dos segredos para manter a energia que o ajuda a enfrentar a pesada rotina. Um café da manhã reforçado com frutas e cereais e um almoço com muita salada e proteína (carne, peixe ou frango, ele come de tudo) são o hábito alimentar do empresário. Segredinho: barra de cereais à tarde e pouca comida à noite o ajudam a manter o peso e a forma.

E o melhor é que nada disso parece ser penoso para Dado. Ele fala da alimentação e do condicionamento físico com satisfação e prazer. Consegue se divertir no dia a dia, como se divertiu na sessão de fotos para a capa de Donna. Tudo isso por que, para ele, manter o corpo em movimento é um dos principais segredos para uma vida saudável, alegre e cheia de equilíbrio. Tudo na medida certa.

> Assista baixo os bastidores da foto de capa da revista Donna

 

O retorno do prefeito

Ele protagonizou um viral na internet que tomou conta do país. O prefeito bonitão de Pelotas exibia os músculos enquanto trabalhava, em uma foto postada por uma amiga no Facebook. O comentário mais comum era, obviamente, a boa forma do recém-eleito Eduardo Leite, 28 anos, o mais jovem chefe do executivo a governar a cidade do Sul do Estado. No entanto, a estafante rotina da campanha e, depois, da administração municipal, acabou por afastar Leite da academia e das corridas. Ele sentiu falta. Viu sua condição física e até mesmo sua disposição para a dura jornada de trabalho diminuírem. Agora, depois de meses de sedentarismo forçado, está de volta à ativa.

– Até o ano passado, fazia academia quatro vezes por semana e corria 30 minutos por dia. A campanha bagunçou tudo – lembra.

Os quatro meses anteriores à eleição de outubro passado foram de tarefas iniciando sempre antes das 7h e encerrando-se depois da meia noite. Venceu a batalha nas urnas, mas nada de descanso. A rotina continuou pesada em função da transição do governo. Empossado, Leite continua bastante exigido. Costuma entrar na prefeitura por volta das 9h e nunca tem hora para sair. Frequentemente, entra a madrugada em reuniões ou eventos.

Para cumprir o papel a que se propôs quando saiu candidato, Leite percebeu que precisava cuidar do corpo. Há cerca de um mês voltou a frequentar a academia, com a orientação de um personal trainer. Todos os dias, às 7h30min, ele começa a sessão de exercícios que dura uma hora. Também está tentando retomar as corridas.

– Não vou conseguir correr todos os dias, mas vou tentar pelo menos três vezes por semana. É fundamental para que eu tenha energia, disposição e saúde para enfrentar a rotina da prefeitura.

Mesmo tendo deixado de lado os exercícios por um tempo, Leite nunca se descuidou totalmente da saúde. Costuma ter em seu gabinete muitas frutas, barras de cereal e outros alimentos saudáveis, para comer durante o dia. Para os colegas, um exemplo e um estímulo para também prestarem atenção ao próprio corpo. Para ele, uma questão de saúde.

– Alimentação saudável e exercícios não são um luxo ou uma vaidade. São questão de saúde mesmo, da qual nunca podemos nos descuidar – ensina o prefeito.

Condicionamento físico e diversão

O superintendente do Banco do Brasil no Rio Grande do Sul, Tarcísio Hübner, 51 anos, nunca gostou de academia. Mas sempre soube que, para manter-se em forma e cheio de energia para o trabalho, precisava praticar atividade física. A paixão pelos esportes, então, veio bem a calhar.

Hoje, jogar tênis pelo menos três vezes por semana é parte da rotina de Hübner. Para que a prática não interfira na agenda profissional, ele reserva as noites para as raquetes, nas quadras do Clube Náutico União. Já nos sábados e domingos, joga na AABB.

Como o jogo exige o corpo em forma, os excessos na alimentação são facilmente percebidos, segundo o executivo. Por isso, para manter-se competitivo, precisa ter uma alimentação equilibrada e saudável.

– Além do condicionamento físico que o esporte me dá, também me ajuda a relaxar e a combater o estresse do dia a dia. Uma semana sem tênis é, definitivamente, uma semana mais estressante, mais cansativa – afirma.

>> Mais: diretor-geral da Dell no Brasil conta como o triatlo ajuda a balancear a vida corporativa

Aqui, lá, em qualquer lugar

O presidente da Processor, empresa do ramo de tecnologia com sede em Porto Alegre e unidades em vários Estados brasileiros, César Leite, 44 anos, não tem rotina nem lugar. Viaja constantemente cuidando dos negócios e atendendo aos principais projetos da empresa, que se desenvolvem em quase todo o território nacional. E, mesmo assim, pratica exercícios físicos regularmente.

Como? De novo, a velha história da disciplina e da organização. Para César, a coisa funciona assim: quando está viajando, leva tênis e roupa adequada e faz exercício nas academias dos hotéis ou, pelo menos, faz uma corrida. E quando está em Porto Alegre, se exercita com uma personal trainer que se adapta aos seus horários voláteis e preparou um programa de atividades exclusivo, totalmente voltado para as suas necessidades.

Além disso, sempre que pode pratica atividades ao ar livre. A principal é a corrida, que tenta fazer no mínimo três vezes por semana. Também joga futebol e tênis e faz caminhadas. Muita vontade e disciplina, como sempre, são a chave para perseverar e fazer da malhação uma constante.

– Meu trabalho exige muito de mim, então preciso estar em forma. Mas é preciso ter muita vontade. Agora, no clima ameno, é mais fácil. Mas no inverno… haja disposição – brinca.

Corpo ativo na maturidade

Todos os dias, ele acorda às 6h, faz 45 minutos de fisioterapia, trabalha oito horas no escritório e lê quatro jornais. Três vezes por semana, pratica remo durante cerca de uma hora. Nos dias livres, faz aulas de inglês e alemão. Energia de sobra, não? Ainda mais para quem tem 82 anos, como o advogado Plínio Paulo Bing, dono da Bing Advogados Associados. A fórmula, segundo ele, é manter-se sempre ativo, sem relaxar.

– Vou trabalhar e me exercitar até morrer – garante ele.

Aos domingos, com tempo bom, ele rema no Guaíba com a equipe do Grêmio Náutico União. Nos dias de semana, para ganhar tempo, pratica o esporte em um remo ergométrico, em casa. E nunca deixa de contar os tempos e a velocidade, para avaliar o próprio desempenho.

– Sempre tive o exercício físico como princípio de vida, pois além de favorecer o corpo, também ajuda a limpar a mente e os pensamentos, nos tornando mais criativos e competentes no trabalho. Esse é, definitivamente, o segredo da longevidade.

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna