Projeto Verão: como a dieta detox atua no organismo

Suco verde é uma boa opção para começar o dia dando adeus às toxinas
Suco verde é uma boa opção para começar o dia dando adeus às toxinas

Alimentação industrializada, medicamentos, embalagens plásticas, poluentes do ar e da água, estresse. No cotidiano, estamos expostos a diversas fontes de toxinas, tanto alimentares quanto ambientais – o que pode resultar em aumento de peso e dificuldade em responder às dietas de emagrecimento. Para desintoxicar o organismo e amenizar esses riscos, a dieta detox tem sido uma alternativa das mais buscadas e com maiores resultados.

:: Veja todas as matérias do nosso #ProjetoVerão

De acordo com Flavia Morais, coordenadora de nutrição da rede Mundo Verde, a verdadeira dieta desintoxicante (ou detox) não tem como objetivo principal a perda de peso, mas sim a retirada de toxinas do organismo.

– O detox tem por objetivo diminuir os impactos negativos dessas toxinas no funcionamento do corpo. O processo ocorre principalmente no fígado e é dependente de uma série de nutrientes que potencializam a eliminação dessas substâncias pelo nosso organismo – explica Flavia.

Para a desintoxicação, ela recomenda cortar alimentos que prejudicam o bom funcionamento do organismo, como frituras, refrigerantes, bebidas alcoólicas, carnes gordurosas, doces e alimentos com alta concentração de sódio, como os industrializados.

– Esses itens fazem com que o corpo tenha dificuldade em eliminar líquidos, o que aumenta o inchaço. Outra dica extremamente importante é beber bastante água, pois é preciso manter o corpo hidratado, já que parte das toxinas serão também eliminadas pela urina – esclarece a nutricionista.

Confira a seguir 8 alimentos e produtos que não podem faltar no cardápio detox – e, sempre que possível, dê preferência às versões orgânicas.

:: Abacate
É fonte de antioxidantes, incluindo a glutationa, que auxilia no processo detox, otimizando o transporte de toxinas prejudiciais para fora do organismo. A fruta pode ser consumida pura ou utilizada no preparo de pastas e de receitas. Outra opção é utilizar o óleo de abacate para temperar saladas.

:: Cranberry
Muito utilizada para auxiliar na prevenção e no tratamento de infecções urinárias, também pode contribuir para a liberação de toxinas. O consumo do suco da fruta é uma ótima pedida.

:: Crucíferos
Brócolis, couve-de-bruxelas, couve-flor, mostarda, nabo e rabanete são ricos em enxofre, mineral que auxilia na detox. Os crucíferos podem ser utilizados em receitas de saladas e em tortas salgadas. Na versão liofilizada, podem ser adicionados em sucos, vitaminas e sopas.

:: Alho
Fonte de enxofre, esse é outro alimento muito utilizado para auxiliar na “limpeza” do organismo. Deve ser consumido preferencialmente cru. Uma boa dica para o alho é amassá-lo e colocá-lo dentro de um recipiente em vidro com azeite. Existe também a opção do óleo de alho em cápsulas.

:: Beterraba
Pode ser incorporada em diferentes receitas ou consumida crua. Possui betaína e pectina, que ajudam a proteger o fígado e o sistema digestivo.

:: Semente de girassol
Auxilia na desintoxicação e evita que o colesterol se acumule e cause danos ao organismo. Pode ser consumida em pequenos lanches entre as principais refeições.

:: Lentilhas
Ajudam o sistema digestivo a limpar e desintoxicar o organismo. Lentilhas também podem auxiliar na redução do colesterol e no equilíbrio das taxas de açúcar no sangue. Pode ser consumida em substituição ao feijão ou ainda no preparo de saladas.

:: Clorofila
É desintoxicante e depurativa do organismo, reforça o sistema imunológico, neutralizando as toxinas e aumentando o número de anticorpos do sistema imunológico. Sua polpa pode ser utilizada no preparo de sucos com frutas de sua preferência.

Leia mais
Comente

Hot no Donna