Queda no número de jovens fumantes nos EUA pode estar relacionada com mudança no cinema

Número de filmes americanos que mostram atores acendendo cigarros diminuiu drasticamente nos últimos anos

Estudo apontou que 44% dos adolescentes que começaram a fumar foram influenciados por produtos de tabaco vistos no cinema
Estudo apontou que 44% dos adolescentes que começaram a fumar foram influenciados por produtos de tabaco vistos no cinema Foto: Renato Bairros

O número de filmes americanos que mostram atores acendendo cigarros diminuiu drasticamente entre 2005 e 2010 e isso pode ter contribuído para o declínio do número de fumantes adolescentes nos Estados Unidos, segundo aponta um estudo divulgado nesta quinta-feira.

Segundo a pesquisa divulgada pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a maioria dos filmes (55%) que foram sucesso de bilheteria nos EUA em 2010 não tinha cenas com fumantes, uma tendência comparada a apenas um terço dos filmes campeões de bilheteria em 2005.

No mesmo período de seis anos, o número de “ocorrências de tabaco”, como são chamados os eventos em que de alguma maneira há a presença do cigarro, caiu 56% nos filmes mais assistidos, mas ainda há quase 2 mil cenas em que o ator fuma um cigarro ou dá a entender implicitamente, fora da tela, aponta o estudo.

A publicação semanal do CDC indica que a proporção de filmes sem ocorrências de tabaco em 2010 foi a mais alta observada em duas décadas. De acordo com o informe, a queda da presença do cigarro nas telas pode ter contribuído para a diminuição de fumantes entre os alunos das escolas de ensino fundamental e ensino médio.

Um estudo publicado no ano passado pela CDC observou que a porcentagem de alunos americanos do ensino fundamental que fumam cigarros caiu de 11% para 5% entre 2000 e 2009 e entre aqueles que experimentaram caiu de quase 30% para 15%. 

O uso de outros produtos de tabaco, como charutos, cachimbos e tabaco de mascar, também diminuiu entre os adolescentes de 11 a 14 anos. Entre os estudantes do ensino médio, o fumo também diminuiu, mas de forma um pouco menos acentuada, apontou o estudo de 2010. Em 2009, 17% dos alunos do ensino médio fumavam cigarros e três em cada dez já tinham experimentado. Em 2000, a proporção dos fumantes era de 28% e quase quatro em cada dez alunos já haviam experimentado.

Uma análise de quatro pesquisas relacionadas ao tema apontou que 44% dos adolescentes que começaram a fumar foram influenciados por produtos de tabaco vistos no cinema, afirma ainda o estudo do CDC divulgado hoje.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna