Rastreamento pode ser uma das soluções para a “epidemia” do câncer de mama no Brasil

Número de casos pode dobrar até 2020, segundo médica

Deborah Secco interpreta a prostituta Bruna Surfistinha
Deborah Secco interpreta a prostituta Bruna Surfistinha Foto: Divulgação

“O Câncer de mama é um problema social no Brasil”. A afirmação da médica mastologista Dra. Maira Caleffi reflete a extensão da doença no país: cerca de 30 mulheres morrem por dia, por causa da doença.

O número de casos de câncer dobrou do ano de 1975 para o ano de 2000. A expectativa é que esse número seja duas vezes maior até 2020, e triplique até 2030. Os dados foram apresentados pela especialista durante palestra na Jornada Feminina, em Itajaí.

Em 2010, o câncer foi líder em mortes e chegou a superar as doenças cardiovasculares, que antes estavam no topo da lista.

? As pessoas ainda não entendem que não é preciso ter câncer na família para ter câncer. Basta estar vivo e envelhecer ? alerta a médica.

As principais causas do aumento de casos de câncer estão ligadas diretamente ao envelhecimento, ao sedentarismo e a obesidade. A deficiência no diagnóstico e no tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) também é um agravante.

? Noventa e cinco por cento das pacientes que morrem tem um diagnóstico quando já é tarde demais. O câncer tem cura quando detectado no começo.

Solução

Segundo uma pesquisa feita pelo Femama ? Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama ? a demora para o atendimento na rede pública de saúde, entre a suspeita até o diagnóstico é de, em média, 180 dias. Esse tempo que pode representar a diferença entre a cura e a morte.

Para a Dra. Maira Caleffi, a solução para a “epidemia de Câncer” no Brasil está nos métodos de detecção, chamado de rastreamento.

O ideal seria que o governo tivesse um sistema que oferecesse acompanhamento por mamografia para todas as mulheres a partir de 40 anos. O câncer no estágio um, que tem grandes chances de cura, só é detectado pelo exame.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna