Saiba como se exercitar após colocar silicone

O que você pode o que não pode fazer depois do implante das próteses

Foto: Stock Photos

A busca pelo corpo ideal, além de lotar as academias, enche também as clínicas de cirurgia plástica – principalmente com a proximidade do verão. Uma das dúvidas mais frequentes envolvendo esses dois universos tem relação com o silicone: após o implante, como fica o exercício?

– É importante adotar alguns cuidados especiais na hora da atividade física após aumentar o tamanho das mamas – explica a cirurgiã plástica Ana Paula Polato Guiné. Mas acrescenta: nada que impeça a mulher a voltar ao ritmo normal após algum tempo.

Se antes da cirurgia não é preciso interromper os exercícios – eles podem ser praticados até na véspera -, depois dela é preciso ter paciência.

– Orientamos repouso completo dos braços por, pelo menos, dez dias, período de cicatrização, onde a movimentação tem grande chance de gerar deslocamentos, abertura de pontos e sangramentos – adverte Ana Paula.

Após três semanas, exercícios leves como caminhadas ou bicicleta ergométrica sem apoio estão liberados. Musculação dos membros inferiores, só um mês depois da cirurgia, já que geralmente eles exigem apoios que podem comprometer a cicatrização. Exercitar os braços, só após 40 dias, e unicamente para os bíceps e tríceps – peitoral, ombros e costas devem ser poupados até 60 dias depois do procedimento.

– Ao retornar para a academia, é preciso usar carga leve e ir aumentando aos poucos até que se alcance os volumes pré-operatórios – ressalta a cirurgiã.

Essas restrições são temporárias e se mantêm apenas durante o processo de cicatrização. Elas também dependem do tipo de implante: para os subglandulares (abaixo da glândula mamária e acima do músculo peitoral maior) e subfasciais (abaixo da fáscia do músculo peitoral), exercitar peitoral, costas e ombros é proibido por 60 dias, enquanto para os submusculares (abaixo do músculo peitoral) essa restrição chega a 90 dias.

– Isso porque atuam na região operada, elevando a chance de deslocamento da prótese e até sangramentos.

Após o retorno às atividades de impacto, a cirurgiã conta que é mais seguro utilizar sutiãs justos ou dois tops para garantir a sustentação das mamas durante os exercícios.

Ao contrário do que se pode pensar, não há nenhuma contraindicação relativa a boxe ou outras lutas após a colocação do silicone, desde que bem cicatrizado:

– Os implantes apresentam alta resistência a impactos externos e a probabilidade de ruptura é praticamente nula – conta Ana Paula.

Além disso, existem próteses com um revestimento especial que provocam uma maior aderência aos tecidos, evitando deslocamentos até em casos de traumas externos.

O maior problema relacionado ao silicone é a mudança na postura durante a malhação – mas ela geralmente é reflexo de problemas posturais pré-operatórios. Mesmo assim, é preciso ter cuidado:

– Mulheres submetidas à colocação de implantes muito volumosos podem apresentar alterações posturais. Por isso, sempre é indicado terapia de reposicionamento postural após o implante.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna