TPM? Abacate pode ajudar a reduzir os sintomas do período

Ansiedade? Tensão? Irritabilidade? Sintomas comuns durante a TPM, a conhecida tensão pré-menstrual, eles atingem mais de 70% das mulheres brasileiras, segundo dados do Ministério da Saúde. Isto sem falar daquelas alterações de humor que podem levar as mulheres da tristeza ao ódio mortal em pouco tempo. Mas sabe quem pode ser um aliado no combate aos sintomas do período – além do chocolate, claro? O abacate.

A fruta já foi considerada vilã das dietas, mas mesmo com um alto teor calórico, trata-se de uma fruta muito nutritiva. Segundo a nutricionista Cintya Bassi, o abacate possui propriedades terapêuticas que aliviam os sintomas da TPM.

– A fruta é rica em magnésio, que auxília na produção de progesterona, e vitamina B6, que por sua vez ajuda na produção de serotonina. Estas substâncias têm influência direta na sensação de bem-estar e no humor  – explica a especialista.

Angry-Woman-GIF

Rico em ômega, 0 abacate também é um aliado no combate ao colesterol ruim (LDL), ajudando a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, beneficiando a atividade cerebral e a locomoção. A fruta ainda ajuda a reduzir os níveis de glicose no organismo e tem função anti-inflamatória.

O consumo do abacate pode variar entre um pequeno ou metade de uma fruta maior, porém para quem precisa reduzir o consumo calórico, a nutricionista alerta que a inclusão dele na dieta deve ser esporádica.

:: Como desinchar? Nutricionista dá dicas de frutas diuréticas
:: Esfirra, milho verde, caipirinha: o que comer e o que evitar na beira da praia
:: 6 motivos que dificultam o orgasmo feminino e como superá-los

– Qualquer pessoa saudável, que não esteja em uma dieta com alta restrição calórica pode usufruir dos benefícios que o abacate traz ao organismo – ressalta.

Na hora de comprá-lo, é necessário prestar atenção se ele está pesado, firme e com a casca verde clara. Esses sinais indicam que a fruta esta ótima para o consumo.  Segundo a nutricionista, quando está muito duro, significa que ainda não está bom, porém ele costuma amadurecer bem fora do pé.

Além disso, as gorduras presentes nele ajudam a inibir o apetite, auxiliando na perda de peso.

– Quando acrescentado a alguma refeição, ele ainda ajuda na absorção do licopeno, famoso antioxidante presente principalmente no tomate, que ajuda a impedir e reparar os danos às células causados pelos radicais livres – finaliza a nutricionista.

Nada de choro! Quando o chocolate acabar, que partir para o abacate?

not-fair

Leia mais
Comente

Hot no Donna