Trabalhar sob pressão pode ter efeito negativo no corpo

Efeitos são o coração acelerado, mãos suando, frio na barriga e perturbação psicológica

Glicocorticoides, que inibem infecções, tiveram sua função prejudicada durante a avaliação
Glicocorticoides, que inibem infecções, tiveram sua função prejudicada durante a avaliação Foto: Stock Photos, Divulgação

Quem já não passou pela experiência de ser pressionado ou observado pelo chefe ao cumprir uma tarefa? Esse medo de um julgamento pode ter efeitos negativos e sobrecarregar o sistema imunológico. A conclusão é de uma pesquisa feita por psicólogos da Universidade de Irvine, na Califórnia, EUA.

De acordo com os resultados, normalmente, os efeitos são o coração acelerado, mãos suando, frio na barriga e perturbação psicológica.

Os pesquisadores separaram dois grupos de pessoas para desenvolver o estudo. Ambos passaram por um teste de emprego. Eles tiveram apenas cinco minutos para preparar um pequeno discurso. Na fala, o objetivo era esclarecer porque preenchiam perfeitamente as exigências do emprego ao qual haviam se candidatado.

A metade dos entrevistados resolveu as atividades com privacidade, enquanto o restante realizou as atividades sob o olhar crítico e atento de duas assistentes do experimento. Em todo o período em que estavam sendo analisados, foram medidas pressão arterial, frequência cardíaca, e também foram feitos exames de sangue.

Os participantes dos dois grupos avaliaram o próprio grau de estresse de forma semelhante. Mas quem teve de mostrar serviço sob a observação produziu mais TNF-alfa, uma substância mensageira que participa de reações inflamatórias e regula a atividade de diversas células imunológicas.

Além disso, os glicocorticoides, que inibem infecções, tiveram sua função prejudicada. Segundo o tutor do Portal Educação, enfermeiro Alisson Daniel, trabalhar sob pressão é uma situação vivenciada constantemente por profissionais da área de enfermagem, principalmente aqueles que trabalham com urgência e emergência ou em cargos de chefia.

? É necessário que estes profissionais tenham um treinamento específico em situações de estresse ? indica ele.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna