Veja os cuidados que vegetarianas devem ter durante a gravidez

Nutrientes presentes na carne, fundamentais para uma gestação saudável, precisam ser compensados

Alicia Silverstone: mudança na rotina vegetariana durante a gravidez
Alicia Silverstone: mudança na rotina vegetariana durante a gravidez Foto: Divulgação

Uma das vegetarianas mais famosas de Hollywood, a atriz Alicia Silverstone revelou ter passado pelo dilema de comer ou não comer carne durante a gravidez de seu primeiro filho. Autora do livro The Kind Diet, onde dá receitas sem carne, Alicia contou que procurou um médico e reviu toda sua alimentação para garantir que seu bebê recebesse todos os nutrientes que precisava para se desenvolver bem.

Assim como fez Alicia, procurar um nutricionista é atitude indispensável para futuras mamães que são vegetarianas. Durante a gravidez, a gestante precisa ingerir proteínas, cálcio, ácido fólico e  ferro e aumentar o número de calorias consumidas. A carne não precisa, obrigatoriamente, entrar no cardápio, mas é preciso conversar com o médico para definir alternativas que compensem a falta dela.

– As vantagens de ser uma grávida vegetariana estão relacionadas no melhor controle do peso corporal, regulação do trânsito intestinal e na saciedade – pondera a nutricionista Liliane Oppermann.

Liliane alerta que as grávidas devem conhecer a composição de cada alimento para suprir necessidades no decorrer da gestação. O alimento de origem animal, por exemplo, contém proteínas ricas em aminoácidos que fortalecem a saúde da gestante.

– Pode ser que as vegetarianas tenham de ingerir suplementos alimentares para suprir a vitamina B12 que corresponde à substância, encontrada somente em alimentos de origem animal. Ela está relacionada ao desenvolvimento do sistema neurológico e sanguíneo. Mesmo as que comem ovos ou laticínios podem precisar do suplemento. Por isso, é melhor não arriscar – aconselha Liliane.

Leia mais
Comente

Hot no Donna