Destaques

BPSPOA: Sábado é dia de bazar com mais de 20 marcas plus size em Porto Alegre

BPSPOA: Sábado é dia de bazar com mais de 20 marcas plus size em Porto Alegre

Alô, gurias de Porto Alegre e região! Neste sábado, rola um evento incrível para quem quer renovar o armário. É o BPSPOA – Feira de Moda Plus Size, que ganha sua oitava edição e traz novidades de mais de 20 marcas de moda com tamanhos maiores do que 46. Oportunidade ótima para conhecer grifes bacanas que investem em moda para nós!

Vale dizer que, desta vez, o evento acontece apenas no sábado, viu? Além de moda e gastronomia, a programação ainda conta com um pocket show da cantora Lilly Rodrigues, às 18h.

Selecionei algumas das novidades que vocês encontrarão por lá:

Moda casual, repleta de tendências, na estreia da rede de lojas plus size
gaúcha Mulher Bonita

mulherbonita

 

Casacos lindos, quimonos e calças em couro (estou de olho nesta da foto!) na Cozzire Plus Size, que oferece opções até o tamanho 60

cozzirte

 

Vestido, blusas e saias com muita informação de moda na multimarcas Grandiosa

grandiosa

 

Da lista de estandes que não deixarei de visitar: a marca Simone Troiano, que deve trazer os vestidos de modelagem impecável

simone

 

Procura meia-calça que sirva superbem? Vale espiar as novidades do Clube da Meia-Calça, que promete opções coloridas, em arrastão e mais

meia3

 

Lingeries babado de várias marcas na Plus Size – O Seu Tamanho – e com modelinhos até o 60!

36594179_620545254993589_4342728006641385472_n

 

A marca geek Gudamagoo traz referências mil de séries e filmes + a coleção Back to the 90’s da Gudamagoo

36667904_1033652116788788_4190562924571394048_n

 

Casacos quentinhos para os dias gelados na Dubella

dubella23

 

A nossa querida Chica Bolacha, com descontos incríveis nas coleções Clash e as novidades da Kanpai

chica

 

A moda jeanswear para lá de descolada da Alley Blue

alley

Moda street incrível, com muita cor e paetês, na Rainha Nagô, que vem direto de SP – com roupinhas em tamanhos 60+

36625762_2029966747077606_2517989890847670272_n

 

Tops, leggings e casaquinhos para malhar na Feminina Plus Size, tudo até o 60

feminina

 

Sapatilhas de vários estilos da Abafú, em tamanhos que vão do 34 ao 43:

abafu

 

 

BPSPOA Feira de Moda Plus Size

Dia 7 de julho, sábado
Das 11h às 20h
Na Associação Israelita Hebraica (Rua João Teles n. 508 – Bom Fim – Porto Alegre)
Entrada solidária: doação de um agasalho

 

Aqui no Um Plus a Mais
:: E a diversidade de corpos, hein? NENHUMA modelo gorda cruzou a passarela nesta SPFW
:: Nenhuma marca brasileira quis criar um vestido de gala para Fluvia Lacerda, modelo plus mais famosa do Brasil
:: Eu, gorda: conheça o projeto (incrível!) que retrata a beleza da mulher gorda através da fotografia
:: 10 peças com estampa xadrez em tamanho plus size para embarcar na tendência do inverno
:: É diversidade que fala? Campanha de cuecas foge dos estereótipos de “machão” e “gostosão”
:: Por que Ashley Graham não considera “mulher real” um elogio

 

Plus a Mais também no Face!

O blog ganhou sua própria página no Facebook. Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo

Como seria a vida se a gente não tivesse problemas de autoestima e confiança? É isso que o filme Sexy por Acidente, com Amy Schumer, mostra

Como seria a vida se a gente não tivesse problemas de autoestima e confiança? É isso que o filme Sexy por Acidente, com Amy Schumer, mostra

O Um Plus a Mais também está na versão impressa da Revista Donna,
sempre tratando de temas relacionados a diversidade.
A coluna abaixo será publicada na edição de 7 de julho.

Você já parou para pensar como seria sua vida se você não tivesse nenhum problema de autoestima? Assim, nada mesmo: achasse que está maravilhosa com qualquer roupa, não encanasse com aquela marquinha de espinha jamais e nunca, jamais, tivesse um bad hair day? Pois é exatamente essa a reflexão que o filme Sexy por Acidente propõe. Estrelado pela incrível comediante – e atriz – Amy Schumer, o longa apresenta uma mulher que poderia ser qualquer uma de nós. Renée Bennett passa horas em frente ao espelho, examinando cada parte do próprio corpo – e sempre de cara feia. Revira o YouTube em busca de tutoriais de cabelo que não têm a ver com ela. Não é gorda nem magra, mas não está satisfeita com o peso – e se mata na academia com o único propósito de conquistar o abdômen durinho das colegas. Faz o que a gente, mesmo inconscientemente, repete todo dia: se compara com outras mulheres. E sempre com uma lente de aumento, que escancara os próprios “defeitos” e coloca em um pedestal características inatingíveis que considera perfeitas nos outros.

giphy (1)

Aqui no Um Plus a Mais
:: Arrasando na gringa! Modelo plus size brasileira estrela comercial de marca nova-iorquina
:: Depois de dizer que Adele é “gorda demais”, Karl Lagerfeld anuncia coleção plus size
:: Blogueira plus size recria looks incríveis de Meghan Markle – com direito a Príncipe Harry
:: Malhação: Vidas Brasileiras faz bonito ao trazer a história de personagens gordas

:: E a diversidade de corpos? NENHUMA modelo gorda cruzou a passarela da SPFW

Tudo vai mais ou menos até que, em mais um belo dia na academia, Renée sofre um acidente na aula de spinning e bate a cabeça. Ali, sua vida muda. Depois da pancada, ela começa a se achar bonita de verdade. Aqui, uma escorregada do roteiro: a personagem passa a ver beleza em si mesma porque pensa que sua barriga agora é de tanquinho e que a bunda é perfeita. Não é uma desconstrução de pensamento, e sim um feitiço dos mais bobinhos, à la Quero Ser Grande. Mas vale perceber como o comportamento da guria muda depois que ganha confiança com a própria imagem. Finalmente, ela conquista coragem para se candidatar a uma vaga de recepcionista em uma empresa de cosméticos, função sempre desempenhada por modeletes. Na fila da lavanderia, paquera um cara, sem vergonha alguma – e dá seu telefone para o boy sem pensar duas vezes. Para de andar olhando para baixo, com medo de ser notada, sabe? Todos os aspectos da vida dela ganham um novo gás, impulsionados simplesmente por fazer as pazes com a própria imagem – que, no caso dela, faziam com que ela não enxergasse a mulher inteligente, divertida e, sim, bonita, que é.

giphy (2)

Sexy por Acidente é um misto de autoajuda com comédia que passa longe de ter sacadas inéditas e geniais – e dá umas resvaladas feministas, não custa dizer –, mas vale pela mensagem. Ajuda a perceber o quanto confiar em nós mesmas pode ser uma injeção de força para que a gente tenha coragem de desenvolver todo o nosso potencial. E lembra o quanto podemos ser nossa pior inimiga também. Pode soar piegas e até óbvio, mas foi bem bacana ouvir de novo o quanto é importante que sejamos generosas com nós mesmas, sabe? E não só se tratando de aparência: embora a reviravolta de Renée tenha a ver com beleza física, ela entende que confiança vai bem além do espelho. Dica bacana para assistir no fíndi!

giphy

 

Assista ao trailer de Sexy por Acidente 

Veja também
:: É diversidade que fala? Campanha de cuecas foge dos estereótipos de “machão” e “gostosão”
:: Por que Ashley Graham não considera “mulher real” um elogio

:: Gordas na telinha: Um Plus a Mais ganha programa semanal ao vivo
:: Por que, afinal, as pessoas estão tão preocupadas com os seios da Bruna Marquezine?
:: Beleza em dose dupla! Ashley Graham posa para campanha de biquíni ao lado da mãe
:: Barriga, celulite e estrias sem filtro: youtuber mostra seu corpo como é para inspirar outras mulheres

 

Plus a Mais também no Face!

O blog ganhou sua própria página no Facebook. Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo

Gorda nas telonas sim! Heroína plus size dos quadrinhos vai ganhar um filme

Gorda nas telonas sim! Heroína plus size dos quadrinhos vai ganhar um filme

A gente bem sabe que protagonista gorda é raridade na ficção, não é? Que não traga o tema “corpo” como foco central de sua trama, então, só aparece em ano bissexto. É por isso que é tão bacana compartilhar uma novidade como essa: a heroína plus size das HQs Faith “Zephyr” Herbert deve ganhar um filme em Hollywood. Siiim!

Segundo o site especializado Deadline, o longa será produzido pelos estúdios Sony, enquanto o roteiro ficará a cargo de Maria Melnik, roteirista da série Deusas Americanas. Ainda não há data prevista para lançamento.

Aqui no Um Plus a Mais
:: Arrasando na gringa! Modelo plus size brasileira estrela comercial de marca nova-iorquina
:: Depois de dizer que Adele é “gorda demais”, Karl Lagerfeld anuncia coleção plus size
:: Blogueira plus size recria looks incríveis de Meghan Markle – com direito a Príncipe Harry
:: Malhação: Vidas Brasileiras faz bonito ao trazer a história de personagens gordas

:: E a diversidade de corpos? NENHUMA modelo gorda cruzou a passarela da SPFW

Criada em 1992 pelos quadrinistas Jim Shooter e David Lapham, Faith é protagonista de uma série publicada pela editora Valiant Comics. E olha só que demais: a personagem tem poderes telecinéticos e capacidade de voar (chorem nessa gorda voando, haters!). O que eu amei muito também? A supergirl é uma fã de cultura pop, e adora séries, filmes sci-fi e quadrinhos. Ah, e a Faith é jornalista. Quem também já quer ser amiga dela?

Agora, a dúvida: quem será que vai viver a heroína, hein? Pelos cabelos loiros – e, claro, pela escassez de atrizes gordas no mainstream -, meu palpite é Rebel Wilson. Gosto bastante dela, mas confesso que tenho um pouco de receio porque a Rebel já fez papéis que não mostram a mulher gorda como qualquer outra, sabe? Outra opção (maravilhosa!) seria a Melissa McCarthy, que está brilhando muito nas telonas. Mas seria incrível também ver outra atriz gorda ganhando espaço, né? Na torcida!

FAITH_001_VARIANT_KANO-640x984

 

 

Veja também
:: É diversidade que fala? Campanha de cuecas foge dos estereótipos de “machão” e “gostosão”
:: Por que Ashley Graham não considera “mulher real” um elogio

:: Gordas na telinha: Um Plus a Mais ganha programa semanal ao vivo
:: Por que, afinal, as pessoas estão tão preocupadas com os seios da Bruna Marquezine?
:: Beleza em dose dupla! Ashley Graham posa para campanha de biquíni ao lado da mãe
:: Barriga, celulite e estrias sem filtro: youtuber mostra seu corpo como é para inspirar outras mulheres

 

Plus a Mais também no Face!

O blog ganhou sua própria página no Facebook. Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo

Por que concursos de beleza como o Miss não fazem sentido em pleno 2018

Por que concursos de beleza como o Miss não fazem sentido em pleno 2018

O Um Plus a Mais também está na versão impressa da Revista Donna,
sempre tratando de temas relacionados a diversidade.
A coluna abaixo será publicada na edição de 9 de junho.

Eu seria hipócrita se dissesse que nunca acompanhei um concurso de Miss com o mínimo de interesse. Já assisti ao programa acompanhada de amigos & pipoca, torcendo para nossas preferidas e comentando aqueles momentos engraçados. Fiz a cobertura de outras edições direto da redação de Donna – mais especificamente o Miss Universo em que Steve Harvey trocou as vencedoras na grande final (e ri muito, confesso!). Mas já faz bastante tempo que venho me questionando, afinal, por que um dia acompanhei – enquanto espectadora – esse tipo de programa.

missteLembra dele? Pois é!

Já parou para pensar em tudo o que há por trás de concursos como esse? Começamos pelas regras: em pleno 2018, apenas mulheres solteiras e que nunca tenham sido casadas podem participar. Não podem ser mães, nem estar grávidas. Precisam ser jovens (só jovem é bonita?), com no máximo 28 anos. Também há regras restritivas ao máximo quando se fala de corpo: altura de no mínimo 1m68cm, e medidas aproximadas de 90cm de quadril, 60cm de cintura e 90cm de busto. Ou seja: apenas mulheres com um corpo extremamente padrão, e que carregam a imagem imaculada & casadoura estão no páreo. São elas as candidatas a se tornarem a próxima “embaixadora da beleza do país e influenciadora da sua e de várias gerações”. Pois bem.

Você pode me dizer que esse é um país livre, e participa quem quer. Concordo, claro. E assiste quem quer também: é por isso que eu faço questão de não acompanhar, porque perdeu a graça pra mim há muito tempo ver mulheres sendo avaliadas principalmente por sua beleza. Me nego a dar Ibope, literalmente. Para mim, concursos de Miss não fazem sentido algum hoje: mulheres competindo pelo título de mais bela quando, fora do mundo das faixas e coroas, se luta por equiparação salarial e igualdade de direitos. Para dizer o mínimo, parece uma perda de tempo.

giphy (4)Concurso de julgamentos: quem também está cansada, hein?

Aqui no Um Plus a Mais
:: Arrasando na gringa! Modelo plus size brasileira estrela comercial de marca nova-iorquina
:: Depois de dizer que Adele é “gorda demais”, Karl Lagerfeld anuncia coleção plus size
:: Blogueira plus size recria looks incríveis de Meghan Markle – com direito a Príncipe Harry
:: Malhação: Vidas Brasileiras faz bonito ao trazer a história de personagens gordas

:: E a diversidade de corpos? NENHUMA modelo gorda cruzou a passarela da SPFW

É por isso que me causou um certo alívio quando o Miss América anunciou que vai eliminar o tradicional desfile de biquíni da versão norte-americana do concurso. Mais: agora serão aceitas candidatas de “todas as formas e tamanhos”. Até a passarela com vestidos de festa – considerados antiquados por muitos – deve sofrer uma reformulação, e agora as participantes poderão usar o que bem entenderem nesta etapa. E por que essas novidades agora? Bem, talvez tenha a ver com a mudança na organização. Depois de 97 anos, o Miss América agora é organizado apenas por mulheres, incluindo a presidente Gretchen Carlson – a saber, ex-âncora da Fox News, que acusou o então presidente da emissora de assédio sexual.

Provavelmente as mudanças de comportamento do público, que exige mais representatividade e inclusão, tenham influenciado as decisões. Ninguém é bobo, né? Mas ter mulheres na linha de frente deve ter tido seu peso também, convenhamos. Não dá para negar que o concurso de Miss continua me parecendo datado e desnecessário, mas pelo menos agora com a chance de ter um mínimo de diversidade. Quem sabe, né?

Veja também
:: É diversidade que fala? Campanha de cuecas foge dos estereótipos de “machão” e “gostosão”
:: Por que Ashley Graham não considera “mulher real” um elogio

:: Gordas na telinha: Um Plus a Mais ganha programa semanal ao vivo
:: Por que, afinal, as pessoas estão tão preocupadas com os seios da Bruna Marquezine?
:: Beleza em dose dupla! Ashley Graham posa para campanha de biquíni ao lado da mãe
:: Barriga, celulite e estrias sem filtro: youtuber mostra seu corpo como é para inspirar outras mulheres

 

Plus a Mais também no Face!

O blog ganhou sua própria página no Facebook. Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo

Arrasando na gringa! Modelo plus size brasileira estrela comercial de marca nova-iorquina

Arrasando na gringa! Modelo plus size brasileira estrela comercial de marca nova-iorquina

Quem acompanha os lançamentos (cada dia mais lindos!) das marcas plus size brasileiras provavelmente já conhece Gabriela Caroli. Dona de cabelos ruivos inconfundíveis, a modelo de 33 anos é uma das mais requisitadas da vez. No currículo, um comercial para a Budweiser, desfiles para o estilista Isaac Silva na Casa de Criadores e, claro, fotos para marcas como Vintage and Cats, Wear Ever, Bambina Beachwear (na foto em destaque!) e muito mais. Gabi, além de linda – e rainha dos carões! -, também compartilha mensagens de autoestima em seu Insta. Musa, né?

 

Pois o sucesso da Gabi é tanto por aqui que a top acaba de estrelar um comercial da Macy’s, uma das maiores lojas de departamentos dos Estados Unidos. Mais: Gabi é a única modelo plus size que aparece no vídeo, com cerca de 1 minuto.

Dá o play para conferir:

E olha só que bacana: o vídeo para a Macy’s foi o primeiro trabalho internacional de Gabi Caroli. Com o sucesso que essa guria vem fazendo, deve ser apenas o passo inicial de muitos que virão, não é? Em entrevista exclusiva para o Um Plus a Mais, ela contou um pouquinho sobre como gravar para a rede de lojas:

“Foi uma experiência incrível, eu só acreditei que realmente estava acontecendo depois que fiz. Gravamos em Buenos Aires. Eu soube que me escolheram na sexta e já viajei no domingo”, explica. “Eu gravei minha cena entre atores e modelos de outras partes do mundo, era a única plus e isso não era uma questão para eles. Fora que a dimensão do trabalho é enorme, a produção super detalhada e no final tivemos esse resultado lindo”.

gabidest

Aqui no Um Plus a Mais
:: Depois de dizer que Adele é “gorda demais”, Karl Lagerfeld anuncia coleção plus size
:: Blogueira plus size recria looks incríveis de Meghan Markle – com direito a Príncipe Harry
:: Malhação: Vidas Brasileiras faz bonito ao trazer a história de personagens gordas

:: E a diversidade de corpos? NENHUMA modelo gorda cruzou a passarela da SPFW
:: Nenhuma marca brasileira quis criar um vestido de gala para Fluvia Lacerda
:: Eu, gorda: conheça o projeto (incrível!) que retrata a beleza da mulher gorda através da fotografia
:: 10 peças com estampa xadrez em tamanho plus size para embarcar na tendência do inverno

Para além de uma conquista pessoal para lá de importante para a Gabi, ter uma modelo brasileira nesta posição de destaque só revela o quanto nosso mercado de moda para pessoas gordas é repleto de talentos. Temos maquiadoras, stylists, modelos e estilistas incríveis por aqui sim! E, ainda bem, estamos presenciando o crescimento do setor plus size. Muitas marcas independentes incríveis trazendo informação de moda e inclusão real, modelos revelando profissionalismo (além da beleza!) e, finalmente, grandes marcas começando a despertar para a necessidade de oferecer tamanhos maiores. Um tijolinho de cada vez, mas sempre em frente!

“Representa uma conquista enorme pessoal pois um trabalho internacional estava na minha listinha de sonhos! É também uma conquista para o movimento plus de nosso país, pois lá fora eles conhecem pouco sobre a gente”, reforça Gabi Caroli.

Nós amamos!

 

Veja também
:: É diversidade que fala? Campanha de cuecas foge dos estereótipos de “machão” e “gostosão”
:: Por que Ashley Graham não considera “mulher real” um elogio

:: Gordas na telinha: Um Plus a Mais ganha programa semanal ao vivo
:: Por que, afinal, as pessoas estão tão preocupadas com os seios da Bruna Marquezine?
:: Beleza em dose dupla! Ashley Graham posa para campanha de biquíni ao lado da mãe
:: Barriga, celulite e estrias sem filtro: youtuber mostra seu corpo como é para inspirar outras mulheres

 

Plus a Mais também no Face!

O blog ganhou sua própria página no Facebook. Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo