Após negra vencer o Miss EUA, top Ashley Graham pede: “agora coloquem mulheres curvilíneas”

Musa absoluta deste blog, a top Ashley Graham é, atualmente, um dos nomes mais fortes em prol das mulheres cheias de curvas e, claro, do chamado body positive. Não é à toa que ela tenha sido a escolhida para estrelar a capa da edição de moda praia da revista Sports Illustrated e até protagonizado uma das palestras mais empoderadoras do Tedx Talks – entre outros feitos que a gente te conta aqui.

ashleygrahamgifMaravilhosa sim ou com certeza?

Aqui no Um Plus A Mais
:: Jovem dá a melhor resposta a haters que criticaram seu corpo em foto de maiô
:: Levi’s lança coleção de calça jeans plus size
:: Como passei das blusas largas para a saia lápis e o top cropped (e como isso me faz bem)
:: 5 looks plus size que são a cara do outono/inverno gaúcho
:: Direto da SPFW, 7 looks plus size que dão uma lição de estilo
:: Por que uma mulher plus size ser finalista do Miss Peru é tão empoderador
:: Lojas Renner lança linha de roupas plus size
:: Modelo plus size Ashley Graham contracena com Joe Jonas em novo clipe

Pois bem, eis que a moça foi uma das convidadas para a cerimônia que elegeu a Miss Estados Unidos em Las Vegas, na noite deste domingo. Parece controverso uma modelo plus size em um concurso de beleza, que essencialmente dá lugar a mulheres magras? Faz sentido, mas talvez por isso mesmo a escolha da top seja motivo de tanta atenção: será que, finalmente, os padrões estão começando a mudar?

Antes do evento, Ashley falou à revista People sobre sua expectativa – e, claro, o que representa uma plus size estar presente naquele dia:

“Significa que há um desejo por mais diversidade de corpos, etnias e idades. Estou animada por eles estarem abertos à inclusão de diferentes tipos de beleza, porque por muito tempo olhamos apenas para um lado”, afirmou à publicação.

063_538295362Ao lado da Miss EUA 2015, Olivia Jordan, e da Miss Universo, Pia Alonso Wurtzbach

Leia mais
:: Gisele plus size, modelo Fluvia Lacerda posa de biquíni para capa de revista
:: Xô, rótulos! Melissa McCarthy explica por que não usa o termo “plus size”
:: Yes, we r fit! Porque ser gordinha não é sinônimo de ser sedentária
:: Agora é que são eles! Agência de Gisele cria divisão para modelos plus size
:: Musa! Modelo plus size Ashley Graham posa nua para capa de revista Maxim
:: Inspiração! Ensaio pré-nupcial de noiva plus size viraliza

Quer mais? Ela ainda aproveitou a oportunidade para fazer um questionamento para lá de necessário:

“O que ainda nos impede de ter uma mulher curvilínea entrar e ganhar o Miss EUA ou estar, pelo menos, entre as concorrentes?”, pergunta.

A bordo de um vestido incrível e decotadíssimo da grife St. John, Ashley fez as vezes de apresentadora direto dos bastidores e falou sobre como pode ser assustador vestir apenas um biquíni em frente a uma multidão – sentimento que ela conhece bem, aliás! Em seguida, aproveitou a deixa para pedir mais diversidade na competição, agora ao vivo:

“Agora estou esperando vocês começarem a colocar mulheres cheias de curvas e plus size em frente às câmeras”, clamou.

063_538314998

E tem como concordar menos? Vale ressaltar que, na América Latina, tivemos uma concorrente plus size no Miss Peru – que, infelizmente, não levou a coroa.

Mas destaque merecidíssimo para a vencedora da noite na terra do Tio Sam: a bela Deshauna Barber, que representou o distrito de Columbia. Mais um degrauzinho na escada da representatividade que a gente tanto fala – dessa vez, valorizando a beleza negra. Porque é isso que queremos ver: os tantos tipos de beleza que temos por aí!

063_538320854

 

UPDATE!

O blog acaba de ganhar uma página no Facebook! Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

CARD