Por que precisamos falar sobre a gordofobia contra a Miss Canadá

Siera Bearchell era uma das 85 belas mulheres que competiam pela faixa de Miss Universo na noite deste domingo (29). Estudante de Direito, empresária e atleta, a jovem de 23 anos já havia sido eleita a mulher mais bonita de seu país, o Canadá. Preenchia todos os requisitos para estar no concurso, realizado nas Filipinas, assim como as outras 84 concorrentes – tanto que passou por duas fases, e ficou entre as nove finalistas da noite. Ainda assim, a Miss Canadá foi vítima de gordofobia.

Durante a transmissão do concurso pela BandTV, dois apresentadores fizeram comentários que sintetizam o quanto os padrões de beleza ainda estão enraizados. Desde que a competição começou, o stylist Raphael Mendonça “estranhava” a presença da moça entre as concorrentes por ela ser “cheinha”.

giphy (1)

Vamos recapitular:

siera

O stylist declarou que Siera não tinha “corpo de miss”. Já o ator Cássio Reis, coapresentador do evento na Band, foi além: insinuou que a Miss Canadá estaria no concurso para “cumprir cotas”.

what

Faz algum sentido para vocês? Porque, sinceramente, para mim não – e, felizmente, para boa parte de quem se manifestou contra pelas redes sociais.

aleluia

Raphael e Cássio reproduziram em cadeia nacional a cobrança que as mulheres sofrem diariamente para estar dentro dos padrões. Estereotiparam o que deveria ser o “corpo de miss” e julgaram inadequada uma candidata que cumpria todos os requisitos para estar dentro do Miss Universo.

Mais: chamaram de “cheinha” uma mulher que não deve ter mais do que 60 e poucos quilos, SE tiver. Sabe o quão nocivo é esse tipo de comentário? O quanto chamar uma mulher magra (sim, MAGRA) de cheinha alimenta preconceitos e incentiva padrões irreais? O quanto afunila ainda mais o conceito de beleza e faz uma mulher de 60 quilos entrar em paranoia por causa do peso? E o quanto isso pode influenciar a autoestima de tantas e tantas gurias que estão acompanhando?

Já conhece nosso projeto #MeuCorpoDeVerão? Espia só
:: 10 mandamentos para deixar os padrões de lado e celebrar a beleza de ser você mesma
:: 5 leitoras compartilham sua trajetória de aceitação
:: O dia em que larguei a canga e usei biquíni sem medo

Pode não parecer – já que estamos falando de uma miss –, mas trata-se de um caso típico de gordofobia. É esse tipo de comentário que deixa as mulheres magras cada vez mais reféns da balança, já que qualquer centímetro a mais no abdômen a torna “cheinha” aos olhos da sociedade. E é também o que aumenta cada vez mais o abismo que existe entre mulheres curvilíneas, gordinhas, gordas e obesas.

Siera, de fato, tem um pouco mais de peito, bumbum e coxa do que as demais candidatas, e, ainda assim, é uma mulher linda, que merecia o título quanto qualquer outra candidata – porque ela passou por todas as eliminatórias. E, ainda que ela tivesse barriguinha (que não tem), celulite ou estrias, o que isso a impediria de ser eleita a mais bonita do mundo? Por que a mais bonita precisa ser uma mulher com o mesmo biotipo sempre? Já parou para pensar o que convencionamos ser corpo de Miss? Até quando a gente vai aplaudir essa idealização nada saudável do que é um corpo perfeito?


Aqui no Um Plus A Mais
:: Look de Fabiana Karla no Emmy Internacional quebra mitos sobre moda plus size
:: Modelos plus size desfilam na SPFW e comemoram: “As pessoas precisam saber que o gordo existe”
:: Playboy brasileira terá ensaio com plus size pela primeira vez
:: Para ficar de olho: conheça 3 novas marcas de roupas plus size cheias de estilo

:: Esporte para todas! Nike escolhe modelos plus size para nova campanha
:: Por que a música “Gordinha”, de César Menotti & Fabiano, NÃO É uma homenagem às gordas
:: Anitta se apresenta ao lado de bailarinas plus size no Criança Esperança
:: Por que essa foto de Ashley Graham andando de bike é tão inspiradora – para gordinhas ou não
:: Gorda Flor: modelos negras plus size posam para ensaio inspirador
:: Repórter do Extra é vítima de gordofobia e interrompe entrevista ao vivo para responder

Mas, infelizmente, passa longe de ser a primeira vez que Siera ouve esse tipo de comentário sobre seu corpo. Em seu Instagram, a Miss Canadá relembrou uma das primeiras ocasiões em que foi considerada “diferente” dentre as candidatas:

Como eu me sinto sendo tão maior que as outras concorrentes?’ Um jornalista acabou de me perguntar isso durante uma conferência. Eu quase fiquei sem palavras.

E a resposta dela foi apenas incrível – e, como diria minha vó, um “tapa de luva de pelica” na cara dos comentários gordofóbicos da noite deste domingo:

Eu pensei: ‘Como eu me sinto sendo eu mesma? Como eu me sinto por ser confiante comigo mesma? Como eu me sinto realizando meu sonho de representar o Canadá no palco do Miss Universo? Como eu me sinto sendo um exemplo para tantas jovens mulheres que têm dificuldades de encontrar alguém para admirar? Como eu me sinto redefinindo a beleza?’. Minha resposta: Me sinto ótima.

Para encerrar, Siera ainda falou sobre a polêmica com seu corpo com Ashley Graham, modelo considerada curvy que conquistou os holofotes – e é uma das musas aqui do Um Plus A Mais. Olha só:

“Você tem que descobrir o que você ama em você, e não o que podemos mudar em nós mesmas”.

A gente só tem uma coisa para te dizer, Siera:

kate

 

Veja também
:: Como passei das blusas largas para a saia lápis e o top cropped (e como isso me faz bem)
:: 5 looks plus size que são a cara do outono/inverno gaúcho

:: Direto da SPFW, 7 looks plus size que dão uma lição de estilo
:: Por que uma mulher plus size ser finalista do Miss Peru é tão empoderador
:: Lojas Renner lança linha de roupas plus size
:: Modelo plus size Ashley Graham contracena com Joe Jonas em novo clipe
:: Depois do Facebook, Instagram “acidentalmente” deleta foto de jovem plus size usando biquíni
:: Após negra vencer o Miss EUA, Ashley Graham pede: “agora coloquem mulheres curvilíneas”
:: Jovem dá a melhor resposta a haters que criticaram seu corpo em foto de maiô
:: Levi’s lança coleção de calça jeans plus size

 

UPDATE!

O blog ganhou sua própria página no Facebook! Clica aqui para conhecer (e dar aquele like amigo! haha)

pluscardnovo